Loja Virtual Tenda

Mais de 150 mil famílias já conquistaram um apartamento Tenda com o Minha Casa Minha Vida

Marcela e Talis, proprietários de um apartamento Tenda.Marcela e Talis, proprietários de um apartamento Tenda.
Marcela e Talis, proprietários deum apartamento Tenda.
Selo Construtora Tenda | Loja Virtual Tenda | Tenda.com


O Minha Casa Minha Vida facilita a conquista do seu apartamento! Dê o primeiro passo para sair do aluguel!

Termos de Uso.
Termos de Uso

Concordo e estou ciente que após o envio da minha documentação para análise de crédito de financiamento imobiliário pela Caixa Econômica Federal, uma nova avaliação de financiamento somente poderá ocorrer após 90 dias contados a partir do envio das documentações, seja pela própria Tenda ou por outra construtora.

Declaro que tenho ciência de que os dados pessoais fornecidos para a Tenda, tem como base o fornecimento de consentimento (Art. 7º, I, Lei 13.709/2018 – Lei Geral de Proteção de Dados) e podem ser compartilhados com parceiros, com a finalidade de oferecer produtos e serviços de seu interesse, possibilitando o desenvolvimento de suas atividades.

Opa, parece que o seu DDD não é da mesma região que você quer morar.

Como podemos te ajudar?

Quer ganhar um desconto para comprar o seu apartamento?

O subsídio é o principal benefício do programa Minha Casa Minha Vida. É como se o governo pagasse uma parte do seu imóvel. Confira em qual grupo você se encaixa e veja um valor aproximado de quanto pode ganhar*.

*O valor pode variar de acordo com a renda familiar e a região do imóvel.

Faixa 1

Até R$ 55.000,00 de subsídio

Renda de até
R$2.640,00
Faixa 2

Até R$ 55.000,00 de subsídio

Renda entre
R$2.640,01 e R$4.400,00

Quer descobrir se você tem direito ao subsídio e quanto pode ganhar?

Deixe seu contato para receber todos os detalhes.

Termos de Uso.

Termos de Uso

Concordo e estou ciente que após o envio da minha documentação para análise de crédito de financiamento imobiliário pela Caixa Econômica Federal, uma nova avaliação de financiamento somente poderá ocorrer após 90 dias contados a partir do envio das documentações, seja pela própria Tenda ou por outra construtora.

Declaro que tenho ciência de que os dados pessoais fornecidos para a Tenda, tem como base o fornecimento de consentimento (Art. 7º, I, Lei 13.709/2018 – Lei Geral de Proteção de Dados) e podem ser compartilhados com parceiros, com a finalidade de oferecer produtos e serviços de seu interesse, possibilitando o desenvolvimento de suas atividades.

Opa, parece que o seu DDD não é da mesma região que você quer morar.

Como podemos te ajudar?

Quer descobrir se você tem direito ao subsídio e quanto pode ganhar?

Deixe seu contato para receber todos os detalhes.

Termos de Uso.

Termos de Uso

Concordo e estou ciente que após o envio da minha documentação para análise de crédito de financiamento imobiliário pela Caixa Econômica Federal, uma nova avaliação de financiamento somente poderá ocorrer após 90 dias contados a partir do envio das documentações, seja pela própria Tenda ou por outra construtora.

Declaro que tenho ciência de que os dados pessoais fornecidos para a Tenda, tem como base o fornecimento de consentimento (Art. 7º, I, Lei 13.709/2018 – Lei Geral de Proteção de Dados) e podem ser compartilhados com parceiros, com a finalidade de oferecer produtos e serviços de seu interesse, possibilitando o desenvolvimento de suas atividades.

Opa, parece que o seu DDD não é da mesma região que você quer morar.

Como podemos te ajudar?

LOJA VIRTUAL

Vem ver como a Loja Virtual Tenda funciona

Se você tem alguma dúvida sobre como comprar o seu apartamento, esse vídeo vai te ajudar. Confira como é fácil e seguro realizar o sonho da casa própria com a Loja Virtual Tenda.

Faça um tour pelo apartamento Tenda

Entre e sinta-se em casa! Esse tour foi feito em um apartamento Tenda de verdade, para te mostrar o espaço de cada cômodo. Visite quantas vezes quiser a cozinha, o banheiro, a sala, os quartos e a área de serviço. Aproveite para imaginar como você quer decorar cada cantinho do seu.

Crianças brincando | Como comprar um apartamento | Loja Virtual Tenda
Crianças brincando | Como comprar um apartamento | Loja Virtual Tenda

Juliana e Laura, moradoras de um Tenda

Área Comum

Muito mais do que um apartamento! Além de proporcionar segurança, com a estrutura de condomínio fechado com portaria, a Construtora Tenda também se preocupa com o seu bem-estar e qualidade de vida. Confira alguns itens da área de lazer que fazem parte dos nossos residenciais.

  • Playground: para as crianças brincarem e se divertirem com segurança dentro do condomínio.
*Os itens da área comum podem se diferenciar entre os empreendimentos.

Área comum nos condomínios da Construtora Tenda

A área de lazer do condomínio contribui para uma maior qualidade de vida dos moradores. Afinal, ter espaço para caminhar, se exercitar e socializar no dia a dia faz toda a diferença na nossa saúde e bem-estar. Mais do que isso, esses espaços da área comum trazem diversos benefícios, que vão desde segurança até a economia de gastos.

Por exemplo, com a correria da nossa rotina, muitas vezes não conseguimos dedicar momentos para a prática de exercícios físicos e cuidar da saúde. Agora, imagine a facilidade de ter itens dentro do condomínio, para conseguir se exercitar.

Além disso, a área comum dos empreendimentos da Tenda também contam com outros itens, como playground, churrasqueira, salão de festa, bicicletário, entre outros. Desse modo, você consegue incluir os momentos de diversão e bem-estar nos dias úteis e fins de semana, sem se preocupar com deslocamento, trânsito e gastos.

Apartamento em condomínio fechado

Atualmente, morar em condomínio tem se tornado um desejo cada vez mais comum entre as pessoas que querem adquirir um imóvel. Sobretudo, devido às vantagens como segurança, qualidade de vida, praticidade e infraestrutura. Se você está em busca do seu primeiro apartamento, confira os empreendimentos da Construtora Tenda , todos possuem estrutura de condomínio fechado, com muros, portaria e itens de lazer.

Com opções de plantas com 1 e 2 quartos, os apartamentos são versáteis, acomodando confortavelmente pessoas que buscam a independência de morar sozinho, casais e pessoas com filhos. Confira as opções na sua região e escolha onde você quer morar.

Vantagens de morar em condomínio fechado

Com toda a certeza, as vantagens de morar em condomínio fechado são muitas! Separamos algumas para você conhecer.

Segurança de condomínio fechado

A existência de uma portaria 24 horas é essencial para a segurança dos moradores, pois evita que pessoas estranhas transitem dentro do condomínio. Além dos próprios moradores, prestadores de serviços e visitantes precisam se identificar antes de entrar.

Lazer em condomínio fechado

A estrutura de lazer de um condomínio fechado permite que os moradores, com destaque para as famílias com crianças, vivam em apartamentos sem abrir mão da qualidade de vida. Afinal, ter espaço para caminhar, se exercitar e socializar no dia a dia, sem precisar sair de casa, faz toda a diferença.

Privacidade de condomínio fechado

A privacidade é mais uma das vantagens de morar em condomínio fechado. Graças à portaria, todas as visitas são anunciadas. Assim, você não é pego de surpresa e, caso decida recebê-las, pelo menos, tem tempo para se arrumar. Além disso, pessoas desconhecidas e vendedores, que passam de porta em porta, são atendidas pelos porteiros. Dessa forma, os moradores são incomodados o mínimo possível.

Menor preocupação com manutenção

Quem mora em um apartamento não precisa se preocupar com a manutenção de todo o condomínio, pois ela é responsabilidade do zelador. E como os gastos são divididos entre os condôminos, os custos acabam sendo menores do que para quem reside em casas.

Expansão dos círculos de amizade

As áreas de lazer compartilhadas propiciam um maior convívio entre vizinhos. Isso ajuda a expandir o círculo de amizades das famílias. Além disso, para assegurar a boa convivência, existe a convenção de condomínio. É nela que ficam estabelecidas as regras de uso das estruturas comuns. Algumas delas, por exemplo, são as determinações a respeito da lei do silêncio e da criação de animais de estimação. Adeus barulho fora de hora!

Valorização do imóvel

Ter as estruturas da área comum bem cuidadas é um dos principais aspectos de valorização do imóvel. Outro fator importante é a localização. Condomínios construídos em áreas de expansão urbana têm maior potencial de valorização, pois, conforme a rede de comércios e serviços do entorno se expande, o imóvel se valoriza.

Apartamentos Minha Casa Minha Vida

Na Construtora Tenda você encontra apartamentos Minha Casa Minha Vida com 1 e 2 quartos. Vem conferir todos os detalhes da sua próxima conquista!

Confira o passo a passo para conquistar o seu apartamento por meio da Loja Virtual Tenda.

É tudo online, fácil e muito seguro.

São apenas 4 etapas!

Envie seus documentos
Espere a aprovação de crédito
Escolha onde quer morar

Conquiste com Facilidades

Descubra como os programas habitacionais do Governo Federal podem te ajudar e facilitar a conquistar a casa própria.

Minha Casa Minha Vida
Casa Verde e Amarela
Minha Casa Minha Vida

O Minha Casa Minha Vida é o novo Casa Verde e Amarela. Apesar da mudança do nome, o objetivo principal do programa continua o mesmo: ajudar cada vez mais brasileiros a conquistarem a casa própria.

Essa atualização trouxe diversas melhorias, mas também manteve os maiores benefícios e facilidades do programa anterior, como o subsídio, a possibilidade de utilizar o FGTS e de compor renda com outras pessoas.

A Construtora Tenda é especialista e uma grande parceira do Minha Casa Minha Vida, por isso, você pode usar os benefícios que o programa oferece para conquistar um dos nossos apartamentos.

A gente sabe que essa é uma realização que parece ser inimaginável. Além da parceria com o Minha Casa Minha Vida, a Construtora Tenda oferece condições de pagamento exclusivas, que cabem no seu orçamento.

Pare de adiar o seu sonho! Nós acreditamos que você consegue e que está no caminho certo para realizá-lo. Confira com detalhes todas as informações do Minha Casa Minha Vida e como ele pode facilitar a conquista do seu apartamento.

O que é o Minha Casa Minha Vida?

O Minha Casa Minha Vida é o novo programa habitacional do Governo Federal, criado para substituir o Casa Verde e Amarela.

Como se inscrever no Minha Casa Minha Vida?

Todo brasileiro, acima de 18 anos, que se encaixe em uma das faixas de renda do programa, que não tenha casa própria e nunca participou de nenhum projeto habitacional do governo, como o Casa Verde e Amarela, pode participar do novo Minha Casa Minha Vida.

Quais são as vantagens do programa Minha Casa Minha Vida?

Entre as principais vantagens do Minha Casa Minha Vida está o subsídio, um benefício que diminui o custo do financiamento. Além disso, podemos destacar as taxas de juros, que são as menores da história do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. Há também a possibilidade de compor renda com outras pessoas, o uso do FGTS, o longo prazo de pagamento, entre outros.

Quais são as faixas de renda do Minha Casa Minha Vida?

O Minha Casa Minha Vida possui 3 faixas de renda, divididas da seguinte forma:

Faixa 1: Para famílias com renda mensal bruta de até R$ 2.640.

Faixa 2: Para famílias com renda mensal bruta de R$ 2.640,01 a R$ 4.400.

Faixa 3: Para famílias com renda mensal bruta de R$ 4.400,01 a R$ 8.000.

Quem tem direito ao subsídio no programa Minha Casa Minha Vida?

Os brasileiros com mais de 18 anos de idade, que não possuem nenhum imóvel residencial em seu nome, que nunca participaram dos programas habitacionais do Governo Federal e que possuem rendas que se encaixam nas faixas 1 e 2 do programa Minha Casa Minha Vida, podem ter direito ao subsídio.

Quanto eu posso conseguir de subsídio no programa Minha Casa Minha Vida?

Se a sua renda familiar se encaixa nas faixas 1 e 2 do programa, você pode conseguir até R$ 55.000 de subsídio.

Posso usar o FGTS no financiamento Minha Casa Minha Vida?

Sim, se você tem no mínimo 3 anos de FGTS, pode usar o saldo para comprar seu apartamento pelo financiamento do programa Minha Casa Minha Vida, o substituto do Casa Verde e Amarela. O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), pode ser usado para amortizar o custo do imóvel, diminuir o valor das parcelas ou reduzir o prazo do financiamento. Vale lembrar que esses 3 anos não precisam ser corridos ou em uma mesma empresa.

Posso financiar um apartamento Tenda pelo Minha Casa Minha Vida?

Sim, você pode usar as facilidades e benefícios do programa Minha Casa Minha Vida para financiar um apartamento Tenda. Como por exemplo o subsídio, o FGTS, a composição de renda e mais. Além disso, você conta com as condições exclusivas que a Construtora Tenda oferece para colocar essa conquista ainda mais ao seu alcance.

Posso comprar um apartamento Tenda pelo Programa Minha Casa Minha Vida?

Sim, devido à grande parceria entre a Construtora Tenda e o Minha Casa Minha Vida, o novo Casa Verde e Amarela, você pode comprar um apartamento pelo programa e usando todos os benefícios que ele oferece.

Como comprar um apartamento com composição de renda?

A composição de renda é uma das facilidades do programa Minha Casa Minha Vida, substituto do Casa Verde e Amarela. Esse recurso aumenta as suas chances de ter o financiamento aprovado e também a possibilidade de conseguir um valor mais alto. Em resumo, a composição de renda é a soma dos salários de duas ou mais pessoas. Se você tem o sonho de conquistar a sua casa própria, mas acha que a sua renda individual não é o suficiente, some o seu salário com o de até 2 pessoas. Você pode juntar a sua renda com a do seu marido, esposa, pai, mãe, filhos, tios, primos, avós, noivo ou noiva, namorado ou namorada, madrasta, padrasto, madrinha, padrinho, outros familiares e até amigos.

Como comprar um apartamento com subsídio?

Sem dúvida, um dos maiores benefícios do programa Minha Casa Minha Vida é o subsídio habitacional, um valor que o Governo Federal libera para que as famílias de baixa renda consigam conquistar a casa própria. É isso mesmo, o governo paga uma parte do imóvel para você.

O subsídio funciona como um grande desconto no valor do apartamento, diminuindo o custo total do financiamento e deixando as parcelas mais baratas e acessíveis. Desse modo, quanto menor for a sua renda familiar, maior será o valor do subsídio habitacional que você pode ter direito. Lembre-se que o valor do subsídio pode variar dependendo da sua renda e da região do imóvel.

Como comprar apartamento com FGTS?

Se você tem algum saldo de FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), saiba que pode usá-lo para comprar o seu apartamento. Essa é mais uma das vantagens do financiamento do programa Minha Casa Minha Vida, que substituiu o antigo Casa Verde e Amarela. É possível usar o FGTS como valor de entrada, para quitar ou antecipar parcelas e mais.

Simulador de financiamento

Faça uma simulação de financiamento agora mesmo!

Descubra o apartamento que cabe no seu bolso

Dados

Para te mostrar como é fácil fazer uma simulação de financiamento, preparamos um vídeo especial para você. Não deixe para mais tarde, clique no play e assista agora, é rapidinho!

O simulador de financiamento ajuda muito no planejamento da conquista da casa própria. Em poucos passos, você descobre o preço do imóvel, uma estimativa do valor das parcelas e do custo total do financiamento.

Devido à grande parceria entre a Construtora Tenda e o Minha Casa Minha Vida, substituto do Casa Verde e Amarela, o nosso simulador habitacional te ajuda a descobrir se você tem direito ao subsídio, um dos principais benefícios do programa. Você sabe o que é o subsídio? Basicamente, ele é uma quantia dada pelo governo para diminuir o custo do financiamento imobiliário, deixando as prestações ainda mais baixas. É como se o governo pagasse uma parte do apartamento para você. Muito bom, não é?

Acredite, ter o seu cantinho é possível! Não desista por achar que a sua renda é muito baixa antes mesmo de tentar. Com o nosso simulador de financiamento você verá que existe um apartamento Tenda que cabe no seu bolso. Ainda mais, você pode se surpreender com o valor das parcelas.

Para saber mais detalhes sobre o simulador de financiamento imobiliário e a importância de utilizá-lo no planejamento da compra da sua casa própria, é só conferir esse conteúdo especial que preparamos para te ajudar. Olha só!

O que é um simulador de financiamento imobiliário?

O simulador de financiamento imobiliário é uma ferramenta que mostra uma estimativa dos valores de um financiamento de uma casa ou apartamento. Você confere, por exemplo, quanto o banco financia pra você, o custo aproximado das parcelas e outros dados. É possível usar mais de uma vez e testar diferentes cenários. Tudo gratuitamente!

Como fazer uma simulação de financiamento?

Para usar o simulador de financiamento, você precisa apenas colocar algumas informações básicas como a sua idade, renda familiar, se possui FGTS e se tem algum valor para dar de entrada. Com base nesses dados, o software faz os cálculos e mostra o resultado, como o custo total do financiamento e o valor aproximado das parcelas do apartamento.

Quais são as vantagens de fazer uma simulação de financiamento?

A principal vantagem de fazer uma simulação de financiamento é descobrir qual é o valor médio que você precisará pagar mensalmente para conquistar a sua casa própria. Com essa informação, fica mais fácil fazer um planejamento financeiro e organizar esse novo custo com as contas que você já tem. Entretanto, tenha em mente que, além da mensalidade, podem existir outros custos como juros de obras, documentação, gastos com manutenção, mudança, decoração etc. Por isso, utilize o simulador quantas vezes precisar e faça um planejamento bem detalhado para evitar imprevistos.

O que é simulador Minha Casa Minha Vida?

O simulador Minha Casa Minha Vida é uma ferramenta que mostra uma estimativa dos custos do financiamento de uma casa ou apartamento financiado pelo programa. A diferença para os outros simuladores de financiamento imobiliários é que com o simulador Minha Casa Minha Vida, você descobre se tem direito ao subsídio. Em resumo, o subsídio é uma quantia fornecida pelo governo em forma de desconto, diminuindo o custo total do financiamento, deixando as parcelas mais baratas. Vale lembrar que o Minha Casa Minha Vida é o substituto do Casa Verde e Amarela, e que, além do subsídio, o programa manteve o benefício da composição de renda e a possibilidade de uso do FGTS.

O que é subsídio?

O subsídio é um valor fornecido pelo Governo Federal para famílias de baixa renda, para diminuir o custo do financiamento imobiliário. Esse benefício é dado em forma de desconto, e reduz o valor das parcelas do financiamento, deixando a conquista da casa própria ao alcance desses brasileiros. Vale lembrar que essa quantia não precisa ser quitada ou devolvida ao governo. Em resumo, é como se o governo pagasse uma parte do imóvel para você.

Qual faixa de renda do programa Minha Casa Minha Vida tem direito ao subsídio?

As faixas de renda 1 e 2 tem direito ao subsídio no programa Minha Casa Minha Vida. O grupo 1 é destinado para famílias com renda mensal bruta de até R$ 2.640. Já o grupo 2 é direcionado para famílias com renda mensal bruta de R$ 2.640,01 a R$ 4.400.

Quanto eu posso receber de subsídio?

O valor do subsídio muda de acordo com as faixas de renda do Minha Casa Minha Vida, o substituto do Casa Verde e Amarela. Mas, de forma geral, se a sua renda se encaixa nas faixas 1 e 2, você pode receber até R$ 55.000,00 de subsídio. Já a faixa 3 não tem direito ao benefício do subsídio. Para descobrir um valor estimado de quanto você pode receber, faça uma simulação de financiamento agora mesmo.

O que é composição de renda?

Você acha que o seu salário não é suficiente para um financiamento imobiliário? Não se preocupe! Nesse caso, você pode contar com a composição de renda! Ela é a soma do seu salário com o de outras pessoas da sua família (como um cônjuge, mãe ou um filho) ou mesmo até amigos.

Desse modo, você não será a única pessoa responsável pelo pagamento das parcelas e, portanto, poderá financiar um valor maior. Imagine, por exemplo, que você ganhe R$1.500,00, o seu marido ou esposa também ganhe R$1.500,00 e o seu filho (maior de idade) ganhe R$1.000,00. Desse modo, a composição de renda familiar ficaria em R$4.000,00, permitindo parcelas de financiamento de até R$1.200,00 reais.

Essa composição ajuda na etapa de avaliação de crédito pelos bancos e na aprovação do financiamento, pois ele garante uma segurança maior de que você será capaz de arcar com os pagamentos.

Com quem posso compor renda?

Cada instituição financeira adota suas regras para a composição de renda. De maneira geral, qualquer pessoa pode participar. Isso quer dizer que você pode compor a sua renda com familiares, namorado ou até com um amigo. Entretanto, há bancos que limitam a participação apenas para sogras, genros, cunhados e assim por diante.

Posso compor renda para financiar um apartamento?

Com toda a certeza! A composição de renda pode ser a solução para quem quer comprar um apartamento, mas não tem o orçamento necessário. Conte com esse benefício e realize o sonho de conquistar a casa própria!

Faça uma simulação agora mesmo!
Botão fechar formulário
Termos de Uso.

Termos de Uso

Concordo e estou ciente que após o envio da minha documentação para análise de crédito de financiamento imobiliário pela Caixa Econômica Federal, uma nova avaliação de financiamento somente poderá ocorrer após 90 dias contados a partir do envio das documentações, seja pela própria Tenda ou por outra construtora.

Declaro que tenho ciência de que os dados pessoais fornecidos para a Tenda, tem como base o fornecimento de consentimento (Art. 7º, I, Lei 13.709/2018 – Lei Geral de Proteção de Dados) e podem ser compartilhados com parceiros, com a finalidade de oferecer produtos e serviços de seu interesse, possibilitando o desenvolvimento de suas atividades.

Opas, parece que o seu DDD não é da mesma região que você quer morar.

Como podemos te ajudar?

Tenda na Midia
Tenda na Mídia

Com mais de 50 anos de história, a Tenda é a segunda maior construtora brasileira com foco em empreendimentos residenciais populares. A nossa busca pelo crescimento não para, pois queremos ajudar a realizar o sonho da casa própria de mais famílias.

Logo Infomoney | Tenda.com
“De uma certa forma, a gente entende que a Tenda deveria ser uma solução inimaginável de moradia do nosso morador. Alguém que nunca imaginou que conseguiria, dentro das próprias condições econômicas, comprar um imóvel em um lugar aprazível e fascinante, consegue comprar esse imóvel com a gente.”
Logo Forbes | Tenda.com
“Especializada no Minha Casa Minha Vida (MCMV), a Tenda tinha um “feirão online” programado para 23 de março. A campanha foi concebida para suprir o fim dos feirões da Caixa Econômica Federal. A chegada da Covid-19, porém, transformou a ferramenta em braço permanente de vendas.”
Logo Isto É Dinheiro | Tenda.com
“A tecnologia woodframe utilizada na casa-modelo é de ampla aplicação em outros países, como Alemanha, Canadá, Estados Unidos, Japão, entre outros. Diferentemente do que acontece no Brasil, no entanto, nessas nações a opção abrange também residências de alto padrão.”
Clientes Construtora Tenda | Feirão de imóveis | Como comprar um apartamento | Tenda.com
Clientes Construtora Tenda | Feirão de imóveis | Como comprar um apartamento | Tenda.com
Clientes Construtora Tenda | Feirão de imóveis | Como comprar um apartamento | Tenda.com

Não somos apenas uma construtora, somos a empresa que coloca a casa própria ao seu alcance. A gente sabe que realizar esse sonho pode parecer algo impossível, mas, acredite, não é. E nós temos certeza de que você consegue.

Há mais de 50 anos, a nossa missão é facilitar a conquista do apartamento próprio e também de uma vida melhor. Ao longo da nossa história, já comemoramos essa vitória com mais de 150 mil famílias brasileiras.

A Construtora Tenda é uma das maiores parceiras do Programa Minha Casa Minha Vida, que substituiu o antigo Casa Verde e Amarela. Por isso, você pode utilizar todos os benefícios do programa, como o subsídio, o FGTS e juntar a sua renda com a de outras pessoas. Além disso, oferecemos condições de pagamento que cabem no seu bolso, junto com um atendimento personalizado, apoio e parceria em todo o processo.

Não se sinta inseguro por achar que a sua renda não é o suficiente, venha conversar com a gente. Descubra o melhor caminho para conquistar a sua casa própria.

Construtora

Está procurando uma das melhores construtoras para realizar o sonho de conquistar a casa própria? Acabou de encontrar! Somos uma empresa premiada e reconhecida no mercado. Além disso, a Tenda integra a Bolsa de Valores de São Paulo.

Presente em 9 estados do Brasil, incluindo , a Construtora Tenda oferece condições exclusivas para você comprar o seu apartamento. Com a gente, você pode parcelar o valor de entrada em até 60 meses, ou seja, 5 anos!

1969

Tenda Engenharia e Comércio é fundada em Belo Horizonte.

Perguntas Frequentes (FAQ)

VER TODOS

O financiamento imobiliário é uma forma bastante popular para comprar um imóvel com mais facilidade. Essa linha de crédito habitacional permite que as pessoas adquiram sua casa própria, saindo do aluguel de forma mais prática.

Uma das principais alternativas é o financiamento por meio de um programa habitacional, como o Minha Casa Minha Vida (atual programa que substituiu o Casa Verde e Amarela). No caso, o Governo Federal disponibiliza um valor de subsídio para auxiliar as pessoas de baixa renda a adquirir um imóvel próprio.

Para começar, muitas pessoas acreditam que não é possível conquistar a casa própria por diversos motivos, entre eles, a renda. No entanto, se você tiver planejamento e disciplina, o sonho da casa própria pode se tornar realidade. O programa Minha Casa Minha Vida é um grande acelerador para conquista da casa própria. Substituto do Casa Verde e Amarela, o Minha Casa Minha Vida facilita o financiamento imobiliário para famílias com baixa renda. Basta se enquadrar em um dos três grupos de renda do Minha Casa Minha Vida, atender os requisitos estabelecidos pelo governo e aproveitar os benefícios do programa para comprar seu apartamento com o Minha Casa Minha Vida. Para saber mais detalhes de como comprar um apartamento com Minha Casa Minha Vida, entre em contato com nosso time de atendimento.

O subsídio é uma concessão de dinheiro feita pelo Governo com a finalidade de tornar acessível a compra de imóveis, principalmente para famílias de baixa renda. Ou seja, ele é um empurrãozinho que o Governo dá para você seguir na busca pelo seu sonho.

Cada banco faz a sua própria exigência, então as condições podem variar. Geralmente, as instituições não costumam impor restrições quanto às pessoas que estão compondo renda. Veja abaixo quem pode entrar na soma de composição de renda:

- cônjuges e namorados;

- enteado, madrasta e padrasto;

- pais, sogros e filhos;

- tios e primos;

- irmãos e amigos.

Vale lembrar que as exigências feitas pelo banco em relação às comprovações de renda valem para todas as pessoas que fizerem parte da composição de renda.

Sem dúvidas, a composição de renda facilita a aprovação do financiamento imobiliário. Porém, antes de utilizar esse recurso é necessário estar atento a todos os detalhes, inclusive algumas condições que os bancos costumam exigir para a liberação de um financiamento. Por essa razão, lembre-se:

- A análise de risco de crédito será feita para todas as pessoas que solicitarem o financiamento na modalidade composição de renda

- O imóvel escolhido deve estar localizado na mesma cidade ou região onde as pessoas que solicitaram o financiamento residem ou trabalhem há, pelo menos, um ano;

- Os solicitantes devem ser brasileiros, maiores de 18 anos e, além disso, não podem ter restrições de crédito, como CPF cadastrado no Serasa, por exemplo.

É importante destacar que o financiamento é um compromisso a longo prazo. Por isso, estar seguro em relação a quem será o outro comprador e seu grau de comprometimento com essa compra é essencial. Para saber mais detalhes, confira o vídeo.

A composição de renda é uma excelente opção para quem não tem um salário muito alto, para quem está começando uma família ou até mesmo para as famílias que queiram sair do aluguel. Veja todas as vantagens desse benefício.

- Maior facilidade na aprovação

A composição de renda aumenta a chance de aprovação do financiamento. Ao solicitar o crédito para o banco, você precisa provar que a sua renda é o suficiente para pagar as prestações. No entanto, dependendo do seu ganho, é difícil ter a aprovação de crédito com apenas um salário.

Pois o valor da parcela do financiamento não pode ocupar mais que 30% da sua renda. Ao juntar o seu ganho com o de outras pessoas, a renda se torna maior, oferecendo a segurança que o banco precisa para aprovar o seu financiamento.

- Aumento do valor financiado

Ao juntar a sua renda com a de outras pessoas, você pode conseguir financiar um valor maior. Isso amplia o seu poder de compra e permite que você conquiste um imóvel mais caro.

- Soma do FGTS

Em resumo, todas as pessoas que participam da composição de renda podem usar o saldo do FGTS. Ao somar o seu saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço com o dos seus familiares, é possível dar um valor de entrada maior. O uso do FGTS também permite diminuir o custo total do financiamento e adiantar parcelas. Tudo isso reduz o tempo de pagamento e o número de prestações. Com essa segurança extra, é mais fácil realizar o sonho da casa própria. Quer saber mais como compor renda no financiamento imobiliário? Assista o vídeo.

Quer descobrir quanto você pode ter de subsídio para conquistar o seu apartamento? Então, confira abaixo em qual grupo você se encaixa.

Faixa 1 (pessoas com renda entre R$ 2.000,00 e R$2.640,00): até R$55.000,00 de subsídio Minha Casa Minha Vida;

Faixa 2 (pessoas com renda entre R$2.640,01 e R$ 4.400,00): até R$55.000,00 de subsídio Minha Casa Minha Vida.

Aqui, é importante destacar que pode haver uma variação dependendo da renda e região do imóvel. Se você quiser saber quanto pode receber desse benefício, consulte o nosso Simulador de Financiamento. Nele, você também descobre o valor das parcelas de um financiamento de acordo com a sua renda.

Financiar um imóvel com o saldo do FGTS é uma alternativa muito buscada por trabalhadores que desejam sair do aluguel e conquistar a tão sonhada casa própria. Afinal, poucas pessoas possuem dinheiro suficiente para comprar um imóvel à vista. Desse modo, o financiamento imobiliário é uma boa opção, pois permite parcelar essa quantia em várias parcelas. Ainda mais, você pode contar com benefícios como o subsídio, composição de renda e, é claro, o uso saldo do FGTS.

Você pode usar esse recurso para pagar parte do valor de entrada do imóvel e também para reduzir o valor que será financiado pelo banco. Ou seja, você reduz o número de parcelas, o valor das prestações mensais e, o melhor de tudo, paga menos juros no processo. Além disso, se o seu saldo for superior ao mínimo exigido em uma entrada, por exemplo, você consegue até mesmo negociar taxas mais reduzidas.

Sobretudo, para usar o saldo do FGTS você precisa ter, no mínimo, três anos de trabalho com carteira assinada (em período contínuo ou não) por uma ou diversas empresas.

Do mesmo modo, você não pode ter outro financiamento em aberto (independentemente da localização do imóvel), não pode ser proprietário de outro imóvel no município onde mora ou trabalha e deve ser o titular (dono) legítimo do imóvel que será financiado.

Para usufruir desse recurso, é preciso se encaixar em determinadas regras. Antes de tudo, o benefício só pode ser usado na compra de imóveis fora das áreas rurais, em que o objetivo final seja a moradia do trabalhador e a sua melhoria de vida. Veja agora todos os requisitos necessários do imóvel:

- ser um imóvel urbano para uso residencial;

- ter como finalidade a moradia do titular do FGTS;

- ter matrícula no Registro de Imóveis e não apresentar qualquer impedimento à comercialização;

- o imóvel não pode ter sido financiado com o uso do FGTS nos últimos 3 anos;

- a propriedade precisará passar por uma vistoria de um agente da Caixa Econômica Federal para atestar a finalidade de uso do imóvel e as condições de habitabilidade antes do recurso ser liberado.

Da mesma forma, existem alguns impedimentos para o uso do saldo do FGTS. Você não pode utilizá-lo para:

- adquirir um imóvel comercial;

- reformar um imóvel próprio;

- comprar material de construção;

- comprar, ao mesmo tempo, terrenos sem construção;

- adquirir qualquer tipo de imóvel para dependentes, familiares ou outras pessoas.

Essas regras são fundamentais para garantir a eficiência do programa. Afinal, ele existe para estimular a compra da casa própria por quem vive de aluguel ou de favor.

- Para diminuir ou quitar o valor das parcelas

Em primeiro lugar, você pode usar o saldo do FGTS para o pagamento das prestações do financiamento. Dessa maneira, é possível utilizar o fundo para reduzir até 80% do valor das parcelas em até 12 meses consecutivos. Assim, se você passar por algum imprevisto ou um momento de instabilidade financeira, consegue utilizar esse dinheiro para diminuir o valor pago mensalmente e aliviar as contas.

- Para diminuir o tempo de financiamento

De modo semelhante, é possível utilizar o FGTS para diminuir o número de parcelas, mas ainda mantendo seu valor. Com isso, você reduz os valores sem sofrer com a incidência de juros ou outros custos que são cobrados pelo banco. Geralmente, essa é a melhor opção de aplicação do FGTS, mas é claro que tudo depende da sua situação financeira e objetivos.

- Pagamento total ou amortização da dívida

Outra opção é usar o saldo do FGTS para quitar totalmente a dívida do financiamento ou pagar uma parte do valor restante. Essa é uma ótima estratégia para quem espera ter maiores gastos no futuro e, por isso, se organiza para diminuir a quantidade de despesas.

- Comprar um imóvel em construção

Sem dúvida, esse é o uso mais conhecido do FGTS: adquirir um imóvel em construção. Utilizar parte ou todo esse valor para a compra de uma casa ou apartamento já é uma prática tradicional, que facilita o processo de compra para milhares de pessoas.

Durante a análise de crédito, os bancos avaliam várias coisas para ter certeza de que você pode arcar com o financiamento. Um exemplo disso é o comprometimento de renda. Normalmente, os bancos permitem que você comprometa até 30% da sua renda mensal com o pagamento das mensalidades. Por exemplo, se você ganha R$1.500,00 mensais, só pode pagar R$450,00 por parcela.

Mas e se o seu ganho não for suficiente para um financiamento? Nesse caso, você pode compor a sua renda. Com isso, você não será a única pessoa responsável pelo pagamento do imóvel e, portanto, poderá financiar um valor maior. Ou seja, é possível juntar a sua renda com a de outras pessoas da sua família (como um cônjuge ou um filho).

Imagine, por exemplo, que você ganhe R$1.500,00 e o seu cônjuge (marido ou esposa) também ganhe R$1.5000,00 e o seu filho de 21 anos ganhe R$1.000,00. Assim, a composição de renda familiar ficaria em R$4.000,00.

Além disso, uma renda familiar de R$4.000,00 oferece menos risco de inadimplência para os bancos do que uma renda de R$1.500,00, o que ajuda na aprovação do financiamento. Quer saber mais sobre composição de renda? Assista o vídeo.

O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) é um direito de todo trabalhador de carteira assinada. Todo mês, a empresa onde você atua deposita automaticamente um valor em uma conta na Caixa Econômica Federal. Em média, essa quantia corresponde a 8% do salário bruto e um salário extra por ano.

O financiamento imobiliário é um empréstimo feito em bancos ou instituições financeiras destinado a compra de um imóvel; seja casa, terreno ou apartamento. Normalmente, o financiamento de imóveis é uma linha de crédito habitacional que permite que as pessoas consigam comprar seu imóvel próprio à vista e parcelar o empréstimo a longo prazo. No entanto, como existem pessoas que não possuem a quantia suficiente para comprar o imóvel à vista, o financiamento imobiliário é uma boa opção.

Geralmente, o financiamento de imóveis funciona assim: o solicitante possui o valor de entrada do imóvel (cerca de 20% a 30% do valor total da propriedade) e pede o financiamento do custo restante do bem. Depois da aprovação do crédito habitacional, o comprador do imóvel assina o contrato de financiamento com o banco.

O banco, por sua vez, compra a propriedade e o cliente vai pagando as parcelas do financiamento com juros e seguros embutidos no valor das prestações. Vale lembrar que o financiamento é um processo que pode durar muitos anos. Para saber as principais dúvidas sobre financiamento imobiliário, assista o vídeo.

O financiamento imobiliário é um empréstimo que é feito em um banco ou financiadora para pagar à vista o valor do imóvel.

Entretanto, antes mesmo de contratar um financiamento, é preciso analisar quais os requisitos mínimos para que sua solicitação seja um sucesso. Então, se você não tem uma reserva financeira para comprar um imóvel à vista ou parcialmente, o financiamento é uma alternativa. Contudo, é preciso atender os requisitos básicos para solicitar um financiamento imobiliário. Confira abaixo as condições:

- Ter mais de 18 anos (maioridade civil);

- Não pode ter nenhuma restrição de crédito (“nome sujo”) em cadastros como SPC (Serviço de Proteção de Crédito) e Serasa;

- Comprovação de renda.

Depois da apresentação de documentos, comprovação de renda e análise de crédito, pagamento à vista do valor de entrada, o comprador do imóvel começa a pagar mensalmente o banco ou à instituição financeira o empréstimo através de parcelas com os juros e taxas embutidos. Para saber mais sobre quais são os documentos para dar errada em um financiamento imobiliário, assista o vídeo.

A documentação é uma etapa muito importante para solicitar um financiamento. Em seguida, confira a lista de documentos necessários para apresentar no financiamento imobiliário:

- Documento de identidade – RG;

- CPF;

- Certidões (nascimento, casamento, união estável ou divórcio);

- Comprovante de endereço atual;

- Extrato do FGTS (geralmente obrigatório apenas para quem usará o fundo para quitar parte do valor do apartamento) e autorização para movimentação;

- Cópia da Carteira de trabalho, se for utilizar o FGTS;

- Comprovante de renda.

Contudo, saiba que os bancos podem solicitar documentos adicionais, conforme a política de crédito de cada instituição financeira. Para saber mais sobre quais documentos você precisa apresentar no financiamento imobiliário, assista o vídeo.

A documentação é uma etapa muito importante para solicitar um financiamento. Em seguida, confira a lista de documentos necessários para apresentar no financiamento imobiliário:

- Documento de identidade – RG;

- CPF;

- Certidões (nascimento, casamento, união estável ou divórcio);

- Comprovante de endereço atual;

- Extrato do FGTS (geralmente obrigatório apenas para quem usará o fundo para quitar parte do valor do apartamento) e autorização para movimentação;

- Cópia da Carteira de trabalho, se for utilizar o FGTS;

- Comprovante de renda. Contudo, saiba que os bancos podem solicitar documentos adicionais, conforme a política de crédito de cada instituição financeira. Para saber mais sobre quais documentos você precisa apresentar no financiamento imobiliário, assista o vídeo.

No mercado imobiliário existem vários tipos de financiamento de imóveis e cada modalidade atende as necessidades de cada comprador. Confira os principais tipos de financiamento imobiliário:

- Sistema Financeiro de Habitação (SFH): é um financiamento que usa os recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e da conta poupança para compra ou construção de imóvel. Contudo, é uma modalidade de crédito que libera no máximo 80% do valor total do imóvel.

- Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI): é o financiamento que não tem muita burocracia e que facilita a compra da propriedade. Isso porque, as taxas de juros são muito favoráveis e possibilitam a negociação do financiamento diretamente com bancos. Mas, para essa modalidade não é possível utilizar o FGTS no pagamento do imóvel.

- Financiamento feito com a Construtora: em primeiro lugar, procure diretamente a construtora do seu interesse e veja quais são as condições para o financiamento direto com ela. Depois, veja quais são as regras e os requisitos para participar de um programa exclusivo. Por fim, analise a proposta da construtora. De modo geral, a proposta está relacionada a documentação, formas de pagamento, prazos, juros e muito mais.

Além dos exemplos acima, o financiamento Minha Casa Minha Vida é uma excelente opção para comprar seu apartamento. Para saber quais são os documentos necessários para financiar um imóvel, assista o vídeo.

O melhor financiamento imobiliário é aquele que oferece as melhores condições de pagamento, taxas de juros e prazos. Em especial, uma das melhores alternativas para comprar um apartamento ou uma casa é financiar com o Minha Casa Minha Vida, o substituto do Casa Verde e Amarela. Os benefícios do Programa Minha Casa Minha Vida possibilitam a conquista da casa própria por pessoas de baixa renda.

Ao comprar um imóvel financiado, existem alguns pontos importantes que fazem parte do processo de financiamento de imóveis. Na sequência, confira cada fase do financiamento:

- Entrada: o valor de entrada é cerca de 20% do preço total do imóvel no financiamento. Porém, se o solicitante do empréstimo oferecer mais do que 20%, os juros podem diminuir e o financiamento pode ficar mais em conta. Isso porque, as taxas de juros são calculadas de acordo com o saldo devedor. Ou seja, quanto maior for o valor de entrada, menor a dívida poderá ficar e menos juros você irá pagar.

- Avaliação do imóvel: a vistoria do imóvel feita pelo banco serve para conferir se o valor do imóvel está certo e define quanto o banco poderá emprestar ao comprador. Esse processo também ajuda a verificar se o financiamento solicitado se enquadra nos requisitos do SFH, permitindo que o solicitante utilize o saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) na compra.

- Garantias: na maioria dos financiamentos, o próprio imóvel é a garantia da operação. Isso pode acontecer através de uma hipoteca ou alienação fiduciária, modalidade mais utilizadas pelos bancos. Em outras palavras, a propriedade fica alienada ao banco até a quitação da dívida. Assim, caso tenha algum tipo de inadimplência, facilita ao banco tomar o imóvel. Vale lembrar que a avaliação do imóvel é um serviço cobrado, pois o avaliador do banco irá presencialmente no local da propriedade.

Para financiar um apartamento Casa Verde e Amarela, basta procurar uma construtora que seja parceira do programa, como a Tenda. Vale lembrar que o Casa Verde e Amarela foi substituído pelo novo Minha Casa Minha Vida no início de 2023, mas os benefícios do programa anterior continuam: o subsídio, a composição de renda, o FGTS no processo de financiamento imobiliário e muito mais. Para saber mais detalhes de como financiar um apartamento com Minha Casa Minha Vida (Casa Verde Amarela), entre em contato com nosso time de atendimento.

O subsídio do governo é um valor dado pelo Governo Federal para que as famílias consideradas de baixa renda consigam comprar a casa própria. O principal objetivo do subsídio do governo é diminuir o valor das parcelas do financiamento imobiliário feitos através dos programas habitacionais como o Minha Casa Minha Vida, que substituiu o Casa Verde e Amarela. Desse modo, o subsídio facilita a compra da casa própria para as pessoas que aparentemente não teriam condições de financiar um imóvel. Saiba mais detalhes sobre o subsídio do governo!

Pode sim! Subsídio é um valor que o Governo Federal disponibiliza para que famílias de baixa renda consigam um desconto no valor total do apartamento. Assim, as parcelas do financiamento imobiliário ficam mais acessíveis. Vale lembrar que o subsídio para comprar um imóvel é um benefício do Minha Casa Minha Vida, substituto do Programa Casa Verde e Amarela, e os valores variam de acordo com a renda familiar do solicitante, o local do imóvel e preço do imóvel. Saiba mais detalhes sobre o subsídio do governo!

O subsídio Casa Verde e Amarela funciona como um desconto no valor total do imóvel escolhido para compra. Os valores do subsídio variam de acordo com a faixa de renda do programa. Logo, para as pessoas das Faixas 1 e 2, o subsídio pode chegar até R$ 55.000,00. Então, depois de escolher um imóvel e contratar um financiamento através do Programa Minha Casa Minha Vida, o substituto do Casa Verde e Amarela, você poderá usufruir desse benefício. Agora, se você quer saber se tem direito ao subsídio Minha Casa Minha Vida e qual valor você pode conseguir, faça sua simulação no Simulador de Financiamento da Tenda.

Os valores concedidos de subsídio do governo são definidos de acordo com as faixas de renda do programa Minha Casa Minha Vida. Na sequência, confira qual a quantia de subsídio que cada faixa pode conseguir.

- Faixa 1 - Este grupo é composto por pessoas com renda bruta de até R$ 2.640, que podem conseguir até R$ 55.000,00 de subsídio do governo.

- Faixa 2 - Famílias que possuem uma renda de R$ 2.640,01 até R$ 4.400, também podem conseguir até R$ 55.000,00 de subsídio habitacional.

- Faixa 3 - Os brasileiros desse grupo, que contam com uma renda mensal de R$ 4.400,01 até R$ 8.000, não possuem o benefício do subsídio do governo.

Vale ressaltar que o valor de subsídio que você pode conseguir depende de alguns fatores, porém, é certo dizer que quanto menor for a renda mensal bruta da família, maior será o valor do subsídio do governo concedido.

O segredo para comprar um apartamento com salário mínimo está na composição de renda e no subsídio habitacional, que são benefícios do programa Minha Casa Minha Vida, o antigo Casa Verde e Amarela. Além disso, o Minha Casa Minha Vida (Casa Verde e Amarela) possui algumas oportunidades de financiamento imobiliário com taxas de juros mais em conta.

Para esclarecer, a composição de renda é a soma dos salários de duas ou mais pessoas que solicitam um financiamento. Nesse sentido, as pessoas que podem compor renda com você em um financiamento imobiliário pode ser um familiar, um amigo, namorado (a), noivo (a), cônjuge, entre outros. Então, para quem quer comprar uma apartamento com salário mínimo e procura aumentar as chances de aprovação num financiamento imobiliário, a composição de renda é uma excelente alternativa.

Já o subsídio habitacional é um valor que o Governo Federal libera para que as famílias de baixa renda consigam financiar a casa própria. É isso mesmo, o Governo dá aquele empurrãozinho para você que ganha um salário mínimo comprar seu imóvel!

Isso porque, o subsídio funciona como um desconto no valor total do apartamento ou casa, diminuindo o custo do financiamento e deixando as parcelas mais baratas. Desse modo, quanto menor for a renda familiar (salário mínimo, por exemplo), maior o valor do subsídio habitacional pode ser concedido. Para saber se você tem direito ao subsídio Minha Casa Minha Vida (Casa Verde e Amarela) e qual valor aproximado é possível conquistar, faça uma simulação gratuita agora mesmo!

Comprar um apartamento parcelado é um pouco diferente do que comprar qualquer outro produto comum, em que se pode pagar as prestações sem juros e divididas por meses, sem variações de preços. De modo geral, quem oferece essa possibilidade de comprar um apartamento parcelado são as construtoras. Porém, sempre junto de uma instituição financeira.

Por isso, é importante que você entenda o que compõe o valor das parcelas do financiamento imobiliário. Em resumo, você deve levar em conta três fatores: juros, amortização da dívida e taxas da operação. Os juros e condições do financiamento imobiliário são as principais cobranças no valor das parcelas. Além de obrigatórios, os juros são necessários para comprar um apartamento parcelado.

Para saber os valores aproximados das parcelas do financiamento imobiliário, se você tem direito ao subsídio do governo, qual valor você pode conseguir e o preço do imóvel, faça uma simulação gratuita no Simulador de Financiamento da Tenda. Clique e saiba mais!

O valor de entrada é uma porcentagem do custo do imóvel. Ou seja, é uma parte do preço total da propriedade. Este valor é dado à vista pelo comprador na hora de fechar o contrato de financiamento.

Geralmente, o valor de entrada é cerca de 20% do preço total do apartamento ou casa. Porém, essa porcentagem pode variar de acordo com a renda do comprador, ou se ele poupou essa quantia, entre outros fatores variáveis.

Além disso, o valor de entrada é uma garantia de pagamento ao banco e interfere também nas parcelas do financiamento imobiliário, deixando-as mais acessíveis à renda do cliente. Portanto, quanto maior for o valor de entrada oferecido, menor poderá ser o custo das parcelas do financiamento imobiliário.

O valor mínimo de entrada em um imóvel é cerca de 20% do custo total do bem. Logo, caso você esteja de olho em algum apartamento e sabe qual é o valor total, é só calcular 20% para saber qual será a quantia aproximada de entrada. Para ficar mais claro, digamos que você escolheu comprar um apartamento de R$ 200 mil, logo, 20% do valor total do imóvel é R$ 40 mil. Essa é a quantia que você precisará dar de entrada no apartamento, por exemplo. No entanto, para calcular o valor de entrada do financiamento imobiliário, os bancos, na sua maioria, baseiam-se na renda familiar do solicitante.

É muito difícil conseguir comprar um apartamento sem pagar o valor de entrada. Mas, uma boa alternativa é fazer o parcelamento do valor de entrada. Para isso, verifique junto ao banco que você vai contratar o financiamento ou consulte as condições das construtoras.

Um bom exemplo é a Construtora Tenda, que facilita o pagamento do valor de entrada, dividindo as prestações em até 60 meses (5 anos), deixando as parcelas mais acessíveis ao seu orçamento. Além disso, a Tenda conta com uma grande parceria com o Programa Minha Casa Minha Vida, o antigo Casa Verde e Amarela, que possui diversos benefícios e facilidades como subsídio do governo, uso do FGTS, composição de renda, entre outros, que vão te ajudar a conquistar seu apartamento Tenda.

Sim. Porém, é preciso verificar qual é o grupo de renda do Minha Casa Minha Vida em que você se enquadra. Depois, confirme se você tem direito ao subsídio e qual quantia pode conseguir. Após o abatimento do valor do subsídio no preço total do imóvel, você saberá qual é o valor de entrada que precisará pagar para dar segmento ao financiamento do seu apartamento. Vale lembrar que, no início de 2023, o Minha Casa Minha Vida substituiu o Casa Verde e Amarela. Apesar disso, as vantagens do programa continuam as mesmas e estão ainda melhores!

Comprar um imóvel na planta tem muitas vantagens. Então, listamos as 7 principais vantagens de comprar um apartamento na planta que vão te ajudar a fazer um bom negócio.

- Valor acessível;

- Valorização do imóvel;

- Apartamento novo;

- Possibilidade de personalizar seu apartamento na planta;

- Maior potencial de negociação;

- Tempo para se planejar;

- Infraestrutura moderna;

- Planejamento da mudança.

Com todos esses benefícios, você tem ainda a oportunidade de aumentar seu patrimônio, tendo a certeza de que você fez um ótimo investimento com retorno certo. Logo, se você está procurando um imóvel, leve em consideração todas essas vantagens ao comprar um apartamento na planta.

Para você conseguir comprar seu apartamento na planta com uma entrada facilitada e sem comprometer seu orçamento nessa conquista, conheça as dicas a seguir:

- Utilize o FGTS para dar entrada em um imóvel na planta. O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço pode ser seu grande aliado na hora de dar a entrada no seu apartamento na planta. Contudo, para usar o saldo do seu FGTS na compra de um imóvel é preciso seguir as regras estabelecidas pelo Governo Federal.

- Consulte as condições de pagamento do valor de entrada dos bancos e construtoras. Aqui na Tenda você ainda consegue parcelar o valor de entrada em até 60 meses (5 anos). Se você ainda tem alguma dúvida com relação a como comprar um apartamento na planta, entre em contato com nosso time de atendimento.

Em primeiro lugar, para solicitar um financiamento de imóveis é preciso atender os requisitos básicos que podem influenciar na liberação ou não dos recursos para a compra do seu novo lar. Então, confira as condições:

- Ter mais de 18 anos (maioridade civil);

- Não pode ter nenhuma restrição de crédito (“nome sujo”) em cadastros como SPC (Serviço de Proteção de Crédito) e Serasa;

- Comprovação de renda. Vale lembrar que a comprovação de renda é um ponto importante que pode influenciar na liberação do crédito. Para saber mais sobre financiamento de imóveis, confira o vídeo.

A comprovação de renda é um ponto importante no processo de compra de imóveis financiados, pois é uma exigência dos bancos. Além disso, é através dessa análise que o banco determina o valor do financiamento. Em suma, é a comprovação de que o solicitante do financiamento tem a capacidade de pagar a dívida. Contudo, uma das maiores dúvidas dos trabalhadores autônomos é: como faz a comprovação de renda informal num financiamento imobiliário? Diferentemente do que muitas pessoas pensam, diversos documentos podem ser aceitos para comprovar a renda. Então, confira quais são os documentos necessários que comprovam sua renda mesmo sendo autônomo.

- Extrato Bancário;

- Recibo de Pagamento de Autônomo (RPA);

- Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos (Decore);

- Comprovante de Imposto de Renda.

Entretanto, dependendo do caso e da política da instituição financeira que você está solicitando o financiamento, é possível que solicitem o documento mais recente para liberação do crédito. Quer saber mais como funciona o financiamento de imóveis para autônomos? Assista o vídeo.

Um apartamento na planta é um imóvel que é adquirido antes da construção ficar pronta. Isso quer dizer que, é um empreendimento que vai começar ou já está em obras. Normalmente, o interessado faz uma visita ao modelo do apartamento decorado, que possui o mesmo tamanho da unidade que foi escolhida.

Para este tipo de compra, o comprador escolhe adquirir a ideia do apartamento ainda na planta e começa a pagar logo depois que assina o contrato. Vale lembrar que o comprador pode receber o imóvel de 2 até 5 anos, após a aquisição. Lembrando que esse prazo de entrega depende de como foi feito o acordo de entrega das chaves no contrato.

A amortização de parcelas é a redução de dívida por meio de pagamento parcial ou gradual acertado entre as partes. Em outras palavras, é a modalidade de parcelamento do financiamento que você contrata.

Amortização é, basicamente, o valor da parcela sem contar os juros e as taxas. Quando você paga uma parcela, está amortizando a sua dívida, ou seja, está reduzindo o valor que falta para quitá-la. No programa Minha Casa Minha Vida, que substituiu o Casa Verde e Amarela, existe a opção de amortizar as prestações a partir da tabela SAC (Sistema de Amortização Constante). Isso significa que as parcelas mais caras virão no início do financiamento, e vão reduzindo a cada mês, ao longo do período do financiamento.

No site da Construtora Tenda você pode fazer uma simulação completa e personalizada para a sua renda. Através do Simulador de Financiamento você vai descobrir o custo aproximado do financiamento, uma estimativa do valor das parcelas, se você tem direito ao benefício do subsídio e o respectivo valor. Além disso, ao enviar seus documentos para uma pré-análise, você já descobre se tem crédito aprovado. O simulador Tenda é uma ferramenta essencial para planejar a conquista da casa própria.

Sim! É só apresentar os últimos extratos bancários, comprovantes de pagamentos e a Declaração do Imposto de Renda. Também é necessário comprovar o trabalho autônomo e apresentar o carnê do INSS. Por fim, você deve entregar também os documentos pessoais necessários para participar do programa Minha Casa Minha Vida, antigo Casa Verde e Amarela.

Sim! Basta apresentar os últimos extratos bancários, comprovantes de pagamentos e a Declaração do Imposto de Renda. Será necessário também comprovar o trabalho autônomo e apresentar o carnê do INSS. E para finalizar, é preciso entregar os documentos que o banco solicitar na hora de financiar um apartamento. Para saber mais detalhes como funciona o financiamento imobiliário para autônomos, assista o vídeo.

Sim! Basta apresentar alguns documentos para comprovar renda, como extratos e comprovantes de transações bancárias, assim como comprovantes de pagamentos e a declaração do Imposto de Renda. Além disso, também é necessário comprovar o trabalho autônomo e apresentar o carnê do INSS. E para finalizar, é preciso entregar os documentos pessoais necessários para participar do programa Minha Casa Minha Vida, substituto do Casa Verde e Amarela. Quer saber mais detalhes de como comprar um apartamento Minha Casa Minha Vida? Entre em contato com o nosso time de atendimento.

Criado pelo Governo Federal em 2020, o Casa Verde e Amarela foi um programa habitacional direcionado às famílias de baixa renda. No começo de 2023, o Minha Casa Minha Vida voltou, substituindo o programa anterior. Válido apenas para financiar casas ou apartamentos novos, usados, em construção, na planta, além de facilitar o uso dos recursos do financiamento imobiliário para regularização fundiária ou reformas em moradia já existentes. Isso porque, o MCMV facilita o acesso ao financiamento imobiliário para os brasileiros de baixa renda conquistem um imóvel próprio. A base de funcionamento do programa são as faixas de renda, que se diferenciam nos valores, nas taxas de juros, no prazo de pagamento, no subsídio e em outras regras. É possível compor renda com até 3 pessoas e utilizar o FGTS.

O valor da parcela de uma casa ou apartamento varia de acordo com a sua renda familiar. Entretanto, o custo mensal não pode ser maior do que 1/3 da sua renda total. Em outras palavras, isso significa que, no máximo, 30% do seu salário pode ser destinado ao financiamento do imóvel.

Assim como o valor, o número de parcelas do financiamento imobiliário de um apartamento Minha Casa Minha Vida (o novo Casa Verde e Amarela) também varia de acordo com a sua renda. Por exemplo, com uma renda de até R$ 1.800, você pode pagar no máximo em 130 parcelas. Por outro lado, para rendas com valores maiores, é possível financiar o imóvel em até 360 parcelas.

A Caixa Econômica Federal é o maior concessor de crédito imobiliário do Brasil. O financiamento da Caixa possui algumas condições, assim como nos demais bancos. Assim, uma das regras mais importantes do financiamento pela Caixa é que as parcelas não podem ser maiores que 30% da renda familiar mensal bruta. Porém, para quem é casado ou vive uma união estável, é possível fazer a composição de renda através da soma dos salários do solicitante e do cônjuge. Assim, a compra do imóvel não irá desequilibrar o orçamento familiar e facilita a liberação do financiamento da Caixa.

Entretanto, é preciso comprovar o estado civil (certidão de casamento ou união estável) e apresentar os comprovantes de renda. Além disso, você não pode estar com restrições no seu CPF, ou seja, com o “nome sujo” em serviços de proteção ao crédito, como o SPC e o Serasa. Se for o seu caso, é melhor limpar o seu CPF antes de solicitar o financiamento pela Caixa para evitar uma possível reprovação de crédito por parte do banco.

Além disso, você não pode ter utilizado o saldo do seu FGTS para outro financiamento habitacional. Aliás, falando do imóvel, a propriedade deve estar localizada na cidade onde você mora ou trabalha há pelo menos um ano. Outro ponto importante é que o bem não pode ter sido financiado com recursos do FGTS nos últimos 3 anos.

O financiamento pela Caixa é uma linha de crédito habitacional que oferece recursos para a compra de um imóvel novo ou usado à longo prazo. Sobretudo, a Caixa Econômica Federal conta com taxas de juros acessíveis e prazo de até 35 anos para o pagamento do financiamento.

O financiamento pela Caixa é um crédito habitacional acessível, principalmente para as famílias de baixa e média renda. Contudo, para solicitar um financiamento imobiliário da Caixa é preciso atender alguns requisitos. Na sequência, confira as condições para pedir o financiamento pela Caixa:

Ter mais de 18 anos;

Ser brasileiro ou naturalizado no Brasil;

Para estrangeiros, ter visto de residência permanente no Brasil;

Ter um Comprovante de renda atualizado;

Não pode ter restrições no CPF (negativado ou “nome sujo”).

Assim, atendendo os requisitos mínimos exigidos pela Caixa Econômica Federal, é possível pedir o financiamento. Então, por meio de uma análise de perfil, a Caixa vai indicar a melhor modalidade de crédito para a sua realidade financeira.

No entanto, as famílias com baixa renda recebem melhores condições do Governo Federal através de programas habitacionais, como o Minha Casa Minha Vida (substituto do Casa Verde e Amarela).

O preço de um apartamento de 2 quartos depende de algumas características como a localização, o tamanho do imóvel, o andar, a estrutura do condomínio, entre outros detalhes. Se você quer descobrir quanto custa um apartamento Tenda com 2 dormitórios, use o nosso Simulador de Financiamento. Da mesma forma que você confere o valor do imóvel, verifica também uma estimativa dos custos das parcelas do financiamento e se tem direito ao subsídio do governo e qual valor você ter.

O preço de um apartamento pequeno varia de acordo com a localização, tamanho do imóvel, a estrutura do condomínio, entre outros fatores.

Para comprar um apartamento na planta, o primeiro passo é procurar uma construtora confiável, como a Tenda. Com mais de 50 anos de experiência, a Tenda possui empreendimentos em 9 estados brasileiros. A tenda conta com apartamentos com 1 e 2 quartos, com estrutura de condomínio fechado e área de lazer. Para conquistar o seu, acesse a Loja Virtual Tenda e faça seu cadastro. Nós vamos encontrar a opção ideal para o seu orçamento e conferir se você tem direito ao subsídio, que é uma quantia dada pelo governo para quem quer comprar um apartamento na planta. Além disso, vamos te ajudar a entender todas as vantagens e benefícios do Minha Casa Minha Vida (substituto do Casa Verde e Amarela), o financiamento mais acessível e com as menores taxas do país.

Para comprar um apartamento sozinha, o primeiro passo é escolher uma empresa confiável, como a Construtora Tenda, que possui mais de 50 anos de experiência e já entregou mais de 150 mil apartamentos no Brasil. Em segundo lugar, busque um financiamento que ofereça benefícios e facilidades, como o Minha Casa Minha Vida. Substituto do Casa Verde e Amarela, esse novo programa habitacional deixou a conquista da casa própria mais acessível, pois ampliou as faixas de renda e diminuiu as taxas de juros. Em terceiro lugar, faça o seu cadastro na Loja Virtual Tenda, nós vamos te ajudar a encontrar o apartamento que cabe no seu bolso e descobrir se você tem direito ao subsídio, uma quantia que o governo fornece para quem quer comprar um imóvel.

De modo geral, para comprar um apartamento, você precisa dar um valor de entrada de cerca de 20% a 30% do preço do imóvel. Isso porque, é muito difícil os bancos financiarem o valor total. Essa porcentagem pode sofrer variações dependendo da renda familiar e do tipo de financiamento. A Construtora Tenda facilita o valor de entrada, parcelando em mais de 36 vezes. Caso você não tenha essa quantia para pagar à vista, entre em contato com a gente, com as nossas condições exclusivas, você consegue realizar o sonho da casa própria.

É possível financiar um apartamento diretamente com construtoras ou bancos. Além disso, você pode utilizar um dos programas habitacionais do Governo Federal, que facilitam a conquista da casa própria. Sem dúvidas, o Minha Casa Minha Vida, o novo Casa Verde e Amarela, é um dos mais indicados, pois oferece diversos benefícios como o subsídio, taxas de juros menores em relação ao mercado, entre outras vantagens. Em primeiro lugar, consulte as faixas de renda do programa e verifique em qual você se encaixa. Em segundo lugar, entre em contato direto com a Construtora Tenda. Nós vamos encontrar um apartamento que encaixa no seu orçamento, verificar se você tem direito ao subsídio e ajudar com todo o processo de compra.

Para conferir quanto custa um apartamento da Construtora Tenda, tanto com 1 quarto, quanto com 2 dormitórios, utilize o nosso Simulador de Financiamento. Essa ferramenta além de mostrar o preço do imóvel, também fornece uma estimativa do valor das parcelas. Além disso, você descobre se tem direito ao subsídio, um dos maiores benefícios do Minha Casa Minha Vida, o novo programa Casa Verde e Amarela.

Para comprar um apartamento Minha Casa Minha Vida, você pode entrar em contato direto com uma construtora parceira do programa, como a Tenda. Uma dica é acessar a Loja Virtual Tenda e fazer o seu cadastro. Desta forma, você descobre o apartamento que cabe no seu bolso, se tem direito ao subsídio e também como usar os benefícios do programa no seu financiamento.

Vale lembrar que o Minha Casa Minha Vida voltou no começo de 2023, substituindo o Casa Verde e Amarela. Mas as principais vantagens continuam iguais e ainda melhores. As atualizações foram mais focadas no subsídio, nas faixas de renda e taxas de juros, deixando o programa mais acessível.

Para financiar um apartamento Minha Casa Minha Vida, procure uma construtora que seja parceira do programa, como a Tenda. Dessa forma, você consegue usar todos os benefícios que o programa oferece, como o subsídio, a composição de renda, usar o saldo do FGTS, entre outros. Vale lembrar que o Minha Casa Minha Vida voltou no começo de 2023, substituindo o Casa Verde e Amarela, mas todas as vantagens do programa anterior continuam. Se cadastre na Loja Virtual Tenda para descobrir todos os detalhes do financiamento de acordo com a sua renda.

O primeiro passo antes de comprar um apartamento é escolher uma construtora experiente e de confiança, como a Tenda, uma empresa com mais de 50 anos de história, que já entregou mais de 150 mil apartamentos em diferentes estados do Brasil. Depois, analise os tipos de financiamento para conhecer qual oferece mais vantagens para o imóvel que você procura. Uma dica é conferir tudo sobre o Minha Casa Minha Vida, o novo programa do Governo Federal que foi criado para substituir o Casa Verde e Amarela. Assim como o PCVA, o Minha Casa Minha Vida é um dos financiamentos mais acessíveis do Brasil, com diversos benefícios que colocam a compra do apartamento ao seu alcance. Por fim, acesse a Loja Virtual Tenda, lá você descobre o imóvel que cabe no seu bolso.

Para comprar um apartamento Casa Verde e Amarela, você pode entrar em contato direto com uma construtora parceira do programa, como a Tenda. Uma dica é acessar a Loja Virtual Tenda e fazer o seu cadastro. Desta forma, você descobre o apartamento que cabe no seu bolso, se tem direito ao subsídio e também como usar os benefícios do programa no seu financiamento.

Vale lembrar que o Casa Verde e Amarela foi substituído pelo Minha Casa Minha Vida no começo de 2023. Mas as principais vantagens continuam iguais e ainda melhores. As atualizações foram mais focadas no subsídio, faixas de renda e taxas de juros, deixando o programa mais acessível.

Para financiar um apartamento Casa Verde e Amarela, procure uma construtora que seja parceira do programa, como a Tenda. Dessa forma, você consegue usar todos os benefícios que o programa oferece, como o subsídio, a composição de renda, usar o saldo do FGTS, entre outros. Vale lembrar que o Minha Casa Minha Vida voltou no início de 2023 e substituiu o programa Casa Verde e Amarela, mas todas essas vantagens continuam. Se cadastre na Loja Virtual Tenda para descobrir todos os detalhes do financiamento de acordo com a sua renda.

Um Feirão de Imóveis é uma oportunidade para que pessoas possam conquistar a casa própria. Normalmente, várias construtoras e imobiliárias participam de feirões de imóveis, como a Construtora Tenda.

No Feirão Imobiliário, você encontra diversas oportunidades para comprar o imóvel próprio, seja na planta, usado, pronto ou ainda em construção. Além disso, você também pode tirar suas principais dúvidas sobre financiamento imobiliário, valor de entrada, direito à benefícios e muito mais. Se você quer comprar a sua casa agora, você não precisa esperar o próximo Feirão Imobiliário acontecer, a Construtora Tenda pode te ajudar. Temos mais de 50 anos de história no mercado de imóveis e mais de 150 mil apartamentos entregues para famílias de todo o Brasil. Acesse a nossa Loja Virtual e faça o seu cadastro!

O Feirão Digital de Imóveis é um evento online focado em ajudar famílias brasileiras a comprar a casa própria de forma facilitada. No Feirão Digital de Imóveis, você poderá conhecer diversas opções de casas e apartamentos, tirar suas dúvidas sobre financiamento com os vendedores, saber mais sobre prazos de pagamento, valor de entrada e benefícios que você pode ter direito e claro, fechar o contrato de compra do imóvel. Mas, se você não quer esperar o próximo Feirão Digital de Imóveis acontecer para tirar esse sonho do papel, a Construtora Tenda pode te ajudar nessa conquista, através da nossa Loja Virtual, onde você pode conhecer os apartamentos Tenda à venda disponíveis. Acesse a nossa Loja Virtual e faça o seu cadastro!.

O Feirão da Caixa é uma oportunidade para você conquistar o imóvel próprio. Ele conta com a parceria de diversas imobiliárias e construtoras para te ajudar a realizar esse sonho, incluindo a Construtora Tenda, que possui mais de 50 anos de história e já entregou mais de 150 mil apartamentos em todo o Brasil. Com a ajuda da Construtora Tenda, você não precisa esperar o próximo Feirão da Caixa acontecer para conquistar o seu apartamento, basta clicar aqui e fazer o seu cadastro, que em breve uma equipe de especialistas vai entrar em contato com você!

No Feirão da Caixa, você vai conhecer diversas opções de ofertas de imóveis e poderá contar com facilidades que vão te ajudar a conquistar a casa própria. Além disso, você também poderá fazer uma análise de crédito, escolher o imóvel (pronto, na planta ou em construção) e tirar todas as suas dúvidas sobre financiamento. Mas, se você não quer esperar o próximo Feirão da Caixa para conquistar seu imóvel próprio, pode contar com a ajuda da Construtora Tenda. É só preencher seus dados clicando aqui e aguardar o contato do nosso time de atendimento, que vai te ajudar a realizar esse sonho!

O Feirão da Caixa normalmente acontece entre os meses de maio e julho, em agências da Caixa Econômica Federal, grandes eventos presenciais em locais específicos ou através do Feirão Digital. Mas, se você não quiser esperar o próximo feirão, pode acessar a Loja Virtual Tenda agora mesmo para conquistar o seu apartamento. A Loja Virtual fica a sua disposição durante todo o ano, com imóveis em na planta ou em construção em diferentes estados.

O Feirão de Imóveis da Caixa é um evento aberto ao público focado em facilitar a conquista da casa própria para famílias de todo o Brasil. No Feirão de Imóveis da Caixa, você poderá entender tudo o que será necessário para financiar um imóvel, saber se tem direito a benefícios, quais são os documentos que precisam ser entregues e muito mais. Mas, o Feirão de Imóveis da Caixa acontece entre os meses de maio e julho, e caso você queira comprar seu apartamento agora, pode contar com a Loja Virtual Tenda. Após fazer o seu cadastro, um de nossos especialistas vai entrar em contato com você e mostrar todas as possibilidades que cabem dentro da sua realidade financeira.

O Feirão da Caixa é um evento com o objetivo de ajudar pessoas a conquistarem a casa própria. Você poderá consultar os vendedores para tirar todas as suas dúvidas sobre taxas, prazos de pagamento, valor de entrada, benefícios, financiamento e muito mais. Mas, se você não quer esperar o próximo Feirão da Caixa acontecer, conte com a Construtora Tenda para te ajudar a realizar o sonho da casa própria. É só acessar a nossa Loja Virtual e fazer o seu cadastro.

Normalmente, o Feirão da Caixa acontece entre os meses de maio e julho, em agências da Caixa Econômica Federal, locais específicos em diferentes cidades ou no Feirão Digital. No entanto, se você deseja realizar o sonho de ter um imóvel próprio agora mesmo, a Loja Virtual da Construtora Tenda pode te ajudar. Basta selecionar a localização em que você deseja morar e preencher as informações básicas para que possamos entrar em contato com você e mostrar todas as possibilidades do seu financiamento. Acesse a nossa Loja Virtual e faça o seu cadastro!

No Feirão da Casa Própria da Caixa, diversas construtoras e imobiliárias participam vendendo seus imóveis, que podem ser novos, na planta ou ainda em construção. Com isso, você pode tirar todas as suas dúvidas sobre financiamento, condições de pagamento, valor de entrada, taxas, benefícios e muito mais. Entretanto, se você quer comprar o seu imóvel ou tirar dúvidas agora mesmo, você não precisa esperar pelo próximo Feirão da Casa Própria da Caixa, conte com a ajuda da Construtora Tenda. É só clicar aqui!

O Feirão da Caixa normalmente acontece entre maio e julho, mas se você não quer esperar o próximo evento para conquistar sua casa ou apartamento próprio, conte com a Construtora Tenda. É só acessar esse link!

Normalmente, o Feirão da Caixa começa entre os meses de maio e julho. Mas, se você não quer esperar até o próximo evento, conte com a Construtora Tenda para realizar o seu sonho o quanto antes. Faça o seu cadastro na nossa Loja Virtual para tirar todas as suas dúvidas e descobrir o apartamento que cabe no seu bolso.

O Feirão da Caixa costuma acontecer entre os meses de maio e julho, mas com a Construtora Tenda, você pode conquistar o seu apartamento a hora que quiser, através da Loja Virtual Tenda.

Normalmente, o Feirão da Caixa costuma acontecer em uma das agências da Caixa Econômica Federal ou em locais específicos das cidades participantes. Mas, caso você não queira esperar até o próximo feirão, a Construtora Tenda está a sua disposição para te ajudar a realizar o sonho da casa própria. Faça o seu cadastro na Loja Virtual Tenda para tirar todas as suas dúvidas e descobrir o apartamento que cabe no seu bolso.

O Feirão da Caixa costuma acontecer entre os meses de maio e julho, mas com a Construtora Tenda, você pode conquistar o seu apartamento a hora que quiser, basta acessar esse link e se inscrever.

Para participar do Feirão da Caixa e financiar seu imóvel, você deve ser brasileiro ou naturalizado no país e maior de idade. Saiba mais sobre como funciona o financiamento pela Caixa!

Sim, você pode contar com o financiamento Casa Verde e Amarela para conquistar seu imóvel em um feirão. Mas é necessário se encaixar nas regras do programa. Vale lembrar que o Casa Verde e Amarela foi substituído pelo Minha Casa Minha Vida no início de 2023, mas as regras continuam as mesmas. Confira elas em nosso conteúdo especial sobre o Minha Casa Minha Vida.

Caso a sua cidade não tenha o Feirão da Caixa, uma alternativa é conhecer a Loja Virtual da Construtora Tenda. Online durante todo o ano, a Loja Virtual Tenda te ajuda a conquistar o seu imóvel sem precisar sair de casa. É só clicar aqui e selecionar onde você gostaria de morar.

As vantagens do Feirão da Caixa Econômica são encontrar boas ofertas para comprar o imóvel próprio, seja usado, na planta, em construção ou já pronto para morar, além de poder tirar todas as suas dúvidas sobre financiamento, valor de entrada, benefícios que você tem direito e muito mais.

Se você trabalhou por pelo menos três anos (seguidos ou não) com carteira assinada, na mesma empresa ou em empresas diferentes, e está planejando financiar o seu primeiro imóvel, você pode usar o FGTS no Feirão da Casa Própria da Caixa. É possível usá-lo para amortizar o saldo devedor do financiamento, como valor de entrada, entre outras opções.

O Feirão da Casa Própria online costuma acontecer entre os meses de maio e julho, mas se você quer conquistar o seu imóvel próprio sem precisar esperar o próximo, acesse a Loja Virtual da Construtora Tenda e faça seu cadastro. Nós vamos te mostrar os imóveis disponíveis e tirar todas as suas dúvidas.

Para participar do Feirão da CEF, é necessário ser brasileiro, maior de idade, não possuir outro imóvel próprio registrado no nome, entre outras condições.

O Feirão da Caixa online costuma acontecer entre os meses de maio e julho, mas você pode conquistar a sua casa própria a qualquer momento, fazendo o seu cadastro na Loja Virtual da Construtora Tenda. O processo é bem simples: escolha a região onde deseja morar, preencha algumas informações básicas, como telefone, e-mail, CPF, valor da renda mensal, entre outros, e aguarde o contato de um dos nossos especialistas.

O Feirão da Caixa Econômica Federal é uma oportunidade para que famílias de todo o Brasil possam comprar um imóvel próprio. No Feirão da Caixa, você pode tirar todas as suas dúvidas sobre financiamento, entrada, benefícios e muito mais. Além disso, o Feirão conta com imobiliárias e construtoras, como a Construtora Tenda, que possui mais de 50 anos de história e já entregou mais de 150 mil apartamentos em todo o país. Com a ajuda da Construtora Tenda, você pode conquistar a sua casa própria agora mesmo, sem precisar esperar o próximo Feirão da Caixa Econômica Federal. Saiba mais sobre como funciona o financiamento pela Caixa!.

Normalmente, o Feirão da Caixa costuma acontecer entre os meses de maio e julho, em agências da Caixa Econômica Federal, onde são realizados grandes eventos presenciais em locais específicos ou através do Feirão Digital. Mas, se você não quiser esperar o próximo feirão para comprar o seu apartamento, você pode acessar a Loja Virtual Tenda, que fica a sua disposição durante o ano todo, com imóveis na planta ou em construção em diferentes estados do Brasil.

O Feirão da Caixa costuma acontecer entre os meses de maio e julho, em uma das agências da Caixa Econômica Federal, mas se você quer conquistar o seu imóvel próprio sem precisar esperar o próximo, acesse a Loja Virtual da Construtora Tenda e faça seu cadastro. Nós vamos te mostrar os imóveis disponíveis e tirar todas as suas dúvidas.

Normalmente, o Feirão da Caixa costuma acontecer em uma das agências da Caixa Econômica Federal ou em locais específicos das cidades participantes. Mas, caso você não queira esperar até o próximo feirão para comprar o seu apartamento, a Construtora Tenda está a sua disposição para te ajudar a realizar o sonho da casa própria. Faça o seu cadastro na Loja Virtual Tenda para tirar todas as suas dúvidas e descobrir o apartamento que cabe no seu bolso.

O Feirão da Caixa costuma acontecer entre os meses de maio e julho, mas com a Construtora Tenda, você pode conquistar o seu apartamento a hora que quiser, basta acessar esse link e se inscrever na nossa Loja Virtual.

O Feirão da Caixa costuma acontecer entre os meses de maio e julho, em uma das agências da Caixa Econômica Federal ou em locais específicos das cidades participantes. Caso você não queira esperar até o próximo feirão para comprar o seu apartamento, a Construtora Tenda está a sua disposição para te ajudar a realizar o sonho da casa própria. Faça o seu cadastro na Loja Virtual Tenda para tirar todas as suas dúvidas e descobrir o apartamento que cabe no seu bolso.

O financiamento Caixa é uma linha de crédito habitacional que fornece aos brasileiros a facilidade de comprar um imóvel e pagar parcelado a longo prazo. Isso porque, a Caixa Econômica Federal conta com taxas de juros acessíveis e prazo de até 35 anos para o pagamento do financiamento.

Vale lembrar que a Caixa é o banco que faz a maioria dos financiamentos dos apartamentos da Tenda. Conheça as opções de apartamentos à venda Tenda e aproveite as facilidades do financiamento Caixa.

Para entender como financiar um imóvel pela Caixa Econômica, é necessário atender os critérios do Caixa Habitação. São eles:

- Você só pode gastar no máximo 30% da sua renda na parcela do financiamento Caixa;

- Você pode escolher diferentes tipos de taxa de juros. São elas: de 8% a 9,75% (prefixado); de 6,50% a 8,50% + Taxa Referencial (TR) e de 2,95% a 4,95% + IPCA (taxa de inflação);

- A Caixa financia até 80% do imóvel para contratos de financiamento do tipo SAC e até 70% para do tipo PRICE;

- O valor máximo de financiamento é de R$ 1,5 milhão para contratos SFH. Já para o SFI não existe limite de valor;

- O prazo máximo de financiamento para contratos SAC é de 360 meses e no PRICE de 240 meses. Para saber mais detalhes de como financiar uma casa pela Caixa, acesse os canais de atendimento da Caixa ou entre em contato com nosso time de atendimento.

Em primeiro lugar, amortização de financiamento imobiliário é o mesmo que reduzir o valor original dessa dívida, ou seja, reduzir o seu débito total.

Para amortizar as parcelas do financiamento Caixa, você pode usar a Tabela SAC, na qual os reajustes são feitos de acordo com a taxa referencial, ou a Tabela Price, com parcelas fixas, porém mais altas. Então, caso você queira adiantar pagamentos, isso é perfeitamente possível.

Você pode fazer isso abatendo o saldo devedor com recursos próprios ou com o saldo do seu FGTS, conversando com o seu gerente ou fazendo diretamente os trâmites pelo Internet Banking ou pelo Aplicativo Habitação Caixa.

Normalmente, o financiamento Caixa funciona como a maioria dos empréstimos. Então, para entender como financiar imóvel pela Caixa, resumidamente, você faz uma simulação, que mostra qual a melhor opção de crédito. Depois, você escolhe o imóvel e pede o financiamento na Caixa. E para finalizar, aguarda a análise de crédito e avaliação do imóvel.

Para conseguir o financiamento Caixa, é necessário se preparar para que esse processo seja mais rápido e tranquilo. Então, confira as dicas abaixo para conseguir a aprovação do financiamento Caixa:

- Mantenha o nome limpo;

- Reúna os documentos antecipadamente;

- Tenha reservado um bom valor de entrada.

Assim, seguindo esses passos, aumenta as chances na aprovação no financiamento Caixa.

Para entender como fazer um financiamento pela Caixa você precisa seguir alguns passos. Confira:

1. Faça uma simulação de financiamento;

2. Escolha o imóvel;

3. Separe a documentação necessária para o financiamento;

4. Aguarde a análise de crédito e pré-aprovação;

5. Espere a avaliação do imóvel;

6. Assine o contrato de financiamento Caixa.

Com esse passo a passo, você saberá exatamente o que precisa para financiar um imóvel pela Caixa. Para mais informações, acesse os canais de atendimento da Caixa ou entre em contato com nosso time de atendimento.

Os tipos de financiamento da Caixa têm condições e vantagens diferentes. Confira:

- Financiamento Caixa pela poupança;

- Financiamento Caixa pela TR (Taxa Referencial);

- Financiamento Caixa com taxas de juros fixas;

- Financiamento Caixa com IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor).

Não deixe de conferir as opções de financiamentos da Caixa para comprar seu apartamento. Conheça os apartamentos à venda da Tenda e veja que é possível conquistar a casa própria com a gente!

Você pode pagar o seu financiamento Caixa em débito automático ou por boleto de cobrança.

Além disso, o boleto pode ser gerado pelo app Habitação Caixa (Google Play e App Store), onde você visualiza as prestações em aberto do seu contrato e pode copiar o código de barras para efetuar o pagamento no IBC, lotérica ou qualquer agência da Caixa.

Porém, se você financiou um apartamento Tenda, para esclarecer todas as suas dúvidas, entre em contato através do Tenda Com Você ou com nosso time de atendimento via WhatsApp.

Usar o FGTS para amortizar o financiamento Caixa do seu imóvel é uma boa estratégia caso você queira quitar logo ou reduzir o valor das parcelas mês a mês. Ou seja, você não precisa utilizar o valor apenas para a compra de uma nova casa ou apenas quando é demitido.

Quem trabalha com carteira assinada possui o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Esse direito é livre de tributação e pode ser utilizado para amortizar ou dar como entrada no financiamento na compra da casa ou apartamento próprio.

Mas poucos trabalhadores entendem de fato como usar o FGTS para amortizar financiamento. Abaixo, separamos os três momentos em que você pode utilizar a quantia para amortização:

- Quitar o saldo devedor;

- Diminuir o valor das próximas 12 parcelas;

- Reduzir o número de parcelas.

Existem alguns motivos que podem impedir a aprovação de um empréstimo. Para te ajudar a não ser reprovado no financiamento habitacional da Caixa, conheça quais são os detalhes que poderão te atrapalhar de realizar o sonho da casa própria.

- Ter restrição no nome (“nome sujo” ou CPF negativado);

- Não ter os documentos em conformidade;

- Não ter o dinheiro de entrada do imóvel;

- Não ter a renda mínima que a Caixa exige para o financiamento habitacional;

- Possuir muitas dívidas que comprometem sua renda;

- Ter atingido o limite máximo de idade para fazer o financiamento habitacional Caixa.

Para evitar que seu pedido de financiamento Caixa seja reprovado, basta seguir esses passos. Se você tem dúvidas sobre como financiar um imóvel, assista esse vídeo.

Se você pagou todo o seu financiamento imobiliário da Caixa, você precisa solicitar o Termo de Quitação pelo app Habitação Caixa ou WhatsApp Caixa: 0800 104 0 104 (para clientes com conta ativa). Porém, se você financiou um apartamento Tenda, tire todas as suas dúvidas através do Tenda Com Você ou com nosso time de atendimento.

Para financiar um apartamento pela Caixa Econômica Federal é preciso atender alguns critérios adotados pelo serviço de habitação da Caixa para ficar ciente das exigências da Caixa e evitar reprovação do pedido. Os requisitos para fazer financiar um apartamento pela Caixa são:

- o comprador pode gastar, no máximo, 30% da sua renda na parcela do financiamento do apartamento;

- você pode escolher diferentes tipos de taxa de juros. São elas: de 8% a 9,75% (prefixado); de 6,50% a 8,50% + Taxa Referencial (TR) e de 2,95% a 4,95% + IPCA (taxa de inflação);

- a Caixa financia até 80% do imóvel para contratos do tipo SAC e até 70% para do tipo PRICE;

- o valor máximo de financiamento é de R$ 1,5 milhão para contratos Sistema Financeiro de Habitação (SFH), não existindo limite para Sistema Financeiro Imobiliário (SFI);

- prazo máximo de financiamento para contratos SAC é de 360 meses (30 anos) e no PRICE de 240 meses (20 anos).

Assim, atendendo esses requisitos, fica mais fácil entender como funciona o financiamento pela Caixa e realizar o sonho da casa própria.

O Simulador da Caixa é uma ferramenta que permite você ter uma noção de qual valor ficará o financiamento da sua casa própria. Ou seja, ao fazer a simulação no Simulador de financiamento Caixa, você vai descobrir os tipos de financiamento Caixa, quais os valores das parcelas, quanto tempo você vai pagar o financiamento, entre outros detalhes.

Para saber mais detalhes, acesse o Simulador de Financiamento Caixa e faça quantas simulações quiser.

Porém, se você quer fazer uma simulação completa e conhecer o imóvel que cabe no seu orçamento, conheça o Simulador de Financiamento Tenda. Nele você vai descobrir os valores aproximados das prestações do financiamento, se você tem direito ao subsídio (benefício do programa Minha Casa Minha Vida, o substituto do Casa Verde e Amarela que funciona como um desconto no valor total do imóvel) e quanto de desconto pode conseguir, o preço do imóvel e principalmente, qual apartamento Tenda cabe no seu bolso.

Então, faça agora sua simulação no Simulador de Financiamento Tenda e descubra o imóvel que pode ser seu! Se você quer saber mais detalhes do Simulador de Financiamento Tenda, confira o vídeo.

Se você não quer mais receber nossas oportunidades para conquistar a casa própria, preencha o formulário para se descadastrar.

Você tem certeza que deseja se descadastrar?

Não

Você foi descadastrado com sucesso.

Ok, fechar