COMPROVANTE DE RENDA: QUAIS DOCUMENTOS PODEM SER ACEITOS?

Guia da Tenda

A comprovação de renda é uma etapa muito importante para quem deseja comprar a casa própria. Porém, dúvidas surgem no meio do processo sobre quais documentos são aceitos como comprovante de renda no financiamento imobiliário.

Esse conteúdo também está disponível na versão podcast. Aproveite a praticidade do áudio que preparamos para você. Para ouvir é só clicar no play!

Tais, assistente virtual da Alea | Blog da Alea
Loja Virtual Tenda
Spotify Blog da Tenda

A seguir, saiba mais o que é e quais são os documentos que você pode utilizar na comprovação de renda de um financiamento de imóveis. Vamos lá!?

O que é comprovante de renda?

A princípio, um comprovante de renda nada mais é que um documento que demonstra suas movimentações financeiras e seus rendimentos mensais, sejam eles fixos ou variáveis.

O que é comprovante de renda? | Blog da Tenda

Sobretudo, é através dessa documentação que os bancos e instituições financeiras, estabelecem o limite de crédito a ser oferecido ao solicitante. No entanto, o banco consulta a renda do cliente para saber se ele vai honrar com as prestações do empréstimo mensalmente.

Para que serve o comprovante de renda?

Inicialmente, os comprovantes de renda são importantes para algumas situações, como nas operações de solicitação de crédito. Em outras palavras, na solicitação de empréstimo financeiro. Na sequência, confira algumas ocasiões que você vai precisar comprovar sua renda:

  • Aumentar o limite de crédito – o comprovante de renda é muito utilizado para a solicitação ou o aumento do limite do cartão ou do cheque especial. Contudo, o banco faz uma análise da sua renda, baseado na sua renda para liberar o limite.
  • Contratar financiamentos e empréstimos – do mesmo modo, para a contratação de qualquer tipo de financiamento ou empréstimos, é feita a solicitação dos comprovantes de renda obrigatória.
  • Locação de imóveis – também existe essa exigência por parte dos proprietários e imobiliárias. No entanto, o documento serve como garantia para o dono do imóvel, provando que você vai conseguir pagar o valor do aluguel mensalmente.

Importância de comprovar renda no financiamento imobiliário | Blog da Tenda

Todavia, é importante ressaltar que nas instituições financeiras e nos bancos, existe uma regra que o valor das parcelas do financiamento ou empréstimo não pode ultrapassar mais do que 30% do valor da renda mensal do solicitante.

Quais são os principais documentos para comprovação de renda?

Nesse sentido, para comprovar renda é indispensável a apresentação da lista de documentos aceitos, tanto para trabalhadores com carteira assinada (CLT), como para profissionais autônomos. A seguir, descubra quais os documentos servem como comprovante de renda.

Tipos de comprovantes de renda | Blog da Tenda

Comprovante de renda para trabalhadores em regime CLT

Holerite

Para começo de conversa, o holerite é um documento que todo o trabalhador de carteira assinada (CLT) recebe junto com o pagamento do salário. Sobretudo, no documento está registrado os dados detalhados sobre o salário bruto e líquido, além de bônus, descontos e demais ganhos extras. Normalmente, toda empresa é obrigada a emitir o documento aos seus funcionários de acordo com o artigo 464 da CLT. 

Sobretudo, para a comprovação de renda num financiamento imobiliário, é solicitado o holerite mais recente e os últimos dos três meses anteriores.

Declaração de Imposto de renda para pessoa física (DIRPF)

Primeiramente, a Declaração de Imposto de Renda para pessoa física (DIRPF), é o documento que precisa ser enviado anualmente à Receita Federal, por cada contribuinte que se encaixa em algumas normas pré-estabelecidas. Justamente, o documento serve para prestar contas à Receita Federal, apurando o imposto de renda devido segundo as normas do Regulamento do Imposto de Renda.

Declaração de Imposto de Renda como comprovante de renda | Blog da Tenda

Contudo, a declaração é um relatório que demonstra toda a atividade financeira do cidadão. Por fim, através da análise desses dados, o imposto a ser pago é calculado em função do total da receita de cada pessoa.

Carteira de trabalho

Antes de mais nada, a Carteira de Trabalho (CTPS) é o documento obrigatório para toda aquele que  venha prestar algum serviço para diversas áreas do mercado de trabalho.

Em alguns casos, a Carteira de Trabalho é aceita como comprovante de renda | Blog da Tenda

Sobretudo, a Carteira de Trabalho e Previdência Social foi criada pelo decreto-lei n.º 926, de 10 de outubro de 1969. Além disso, é o documento que conta com o tempo da vida funcional do trabalhador, o valor do salário inicial do trabalhado, período de férias requisitadas anualmente e outras anotações.  Desse modo, a CTPS garante alguns dos principais direitos trabalhistas, como seguro-desemprego, benefícios previdenciários e FGTS.

Porém, para os financiamentos imobiliários, a Carteira Profissional não é considerada um comprovante de renda.

Comprovante de renda para autônomos

Decore

Geralmente, a DECORE é a sigla para Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos, é um documento que funciona como uma comprovação de renda de empresários e trabalhadores autônomos, porém somente para pessoas físicas. Para esclarecer melhor, a Decore equivale ao holerite dos trabalhadores autônomos.

Decore - Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos | Blog da Tenda

Contudo, esse documento é utilizado para obtenção de crédito em instituições financeiras e os bancos, para consórcio, abertura de conta bancária, financiamento imobiliário, etc. Do mesmo modo, a apresentação da Decore é para que as instituições tenham mais segurança na hora de conceder crédito para os profissionais autônomos, empresários e empreendedores.

Além disso, esta declaração pode ser concedida sem muita burocracia pelo contador devidamente registrado no Conselho Federal de Contabilidade (CFC).

Recibo de Pagamento de Autônomo (RPA)

Acima de tudo, o Recibo de Pagamento de Autônomo, famoso RPA, é um documento legal que comprova o pagamento do trabalho autônomo. Além disso, o documento é ideal para o pagamento de prestações de serviços de curta duração, e permite o pagamento de pessoas físicas sem o vínculo relacionado à CLT.

Todavia, este documento que deve ser emitido obrigatoriamente pela empresa que contrata os serviços do trabalhador. Por isso, fique atento e solicite-o sempre que possível, pois o mesmo pode ser utilizado como comprovante de renda.

Extrato Bancário

De antemão, o Extrato Bancário é um documento que comprova todas as suas movimentações bancárias do mês feitas ou de qualquer outro período, em alguma conta bancária. Especialmente, existem diversas formas de consultar e emitir o extrato bancário, como pela internet, caixa eletrônico do banco, pelo telefone ou o extrato impresso.

Extrato bancário pode ser comprovante de renda | Blog da Tenda

No entanto, o extrato fornece exatamente a informação dos valores que entraram e saíram da sua conta. Assim, com ele é possível analisar a sua situação bancária.  Além disso, existem pelo menos três tipos de extratos:

  • Extrato Comum: permite que você analise um período determinado, e pode ser consultado pela internet e/ou caixa eletrônico;
  • Mensal Consolidado: é uma versão impressa normalmente enviada pelos bancos;
  • Anual Consolidado: geralmente o envio é obrigatório pelos bancos e não pode ser cobrado.

Sendo assim, o extrato bancário é um recurso muito utilizado pelos trabalhadores autônomos para comprovação de renda, principalmente em financiamento de imóveis. Então, é preciso apresentar o extrato mais recente e dos últimos três meses para comprovação de renda.

Pró-labore

Antes de mais nada, o pró-labore é a remuneração, o salário, dos sócios que trabalham na empresa e deve ser calculado e retirado obrigatoriamente. Ou seja, é o pagamento do salário do dono ou dos donos da empresa.

Para exemplificar melhor: digamos que o seu sócio que trabalha na empresa como sócio administrador. Então, ele tem direito a um salário por este serviço. É com este salário que o empreendedor ou empresário pode, por exemplo, contribuir para a previdência.

Pró-labore é comprovante de renda para empresários e empreendedores | Blog da Tenda

Diferentemente do salário de um empregado, o empresário ou empreendedor não recebe um Holerite mensal. Contudo, para comprovar o pró-labore, o dono ou sócio da empresa deverá solicitar uma declaração de pró-labore ao seu escritório de contabilidade.

6 dicas para facilitar a comprovação de renda

Para começar, percebeu que comprovação de renda não é um bicho de sete cabeças. Ademais, para que essa etapa importante seja um sucesso, preparamos algumas dicas para facilitar na separação da documentação seja de maneira mais simples.

  • Em primeiro lugar, organize todos os documentos. Todavia, saiba antecipadamente de todos os documentos necessários que o banco vai exigir na hora da contratação do seu financiamento.
  • Em segundo lugar, guarde sempre os extratos da sua conta corrente. Do mesmo modo, os extratos bancários é um comprovante comum para os trabalhadores autônomos comprovar renda.
  • Em terceiro lugar, invista no relacionamento com o banco. Isso se dá através da sua movimentação da sua conta e do pagamento em dia das suas dívidas.
  • Em quarto lugar, mantenha seu nome limpo. Entretanto, caso você tenha algum restrição, procure sempre renegociar e quitar suas dívidas.
  • Em seguida, evite fazer novas dívidas. Especialmente, fuja de despesas que pode comprometer sua renda. Além do mais, esses débitos podem influenciar na análise de crédito e, por consequência, na liberação do financiamento.
  • Por último, reúna todos os seus registros de pagamentos extras. Todavia, principalmente se você tiver alguns trabalhos temporários, bônus, participação nos lucros etc.

Seja como for, essas atitudes podem aumentar suas chances de conseguir o crédito do financiamento.

A importância da comprovação de renda no financiamento imobiliário

A princípio, a comprovação de renda no financiamento imobiliário é uma etapa de muita importância. Isso porque, é através das informações da renda mensal do solicitante, é definido a liberação do crédito e os valores das parcelas do financiamento.

Comprovação de renda para financiamento | Blog da Tenda

Todavia, se sua renda mensal não é o suficiente para contratar um financiamento, através do programa habitacional Casa Verde Amarela, você pode compor renda com mais três pessoas e contar com os demais benefícios do programa como o subsídio, taxas de juros menores que do mercado, entre outras vantagens.

Outros documentos importantes para o financiamento de imóveis

Especialmente, não é somente os comprovantes de renda que são solicitados no processo de financiamento de imóveis. A seguir, confira os demais documentos que são solicitados no financiamento imobiliário:

  • Documentos pessoais originais  como RG e CPF;
  • Certidões de nascimento, de casamento, de união estável ou divórcio;
  • Comprovante de residência atual;
  • Se for usar o FGTS: cópia de carteira da carteira de trabalho, extrato do FGTS e autorização para movimentação.

Documentos para financiamento imobiliário | Blog da Tenda

Contudo, é importante frisar que os demais documentos podem variar de banco para banco.

Agora que você já conhece quais documentos são aceitos na comprovação de renda, dê início a compra do seu apartamento. Em outras palavras, aproveite os financiamentos que possuem parceria com o programa do Governo Federal, o Casa Verde e Amarela.

E mais, se você quer conquistar a casa própria, a dica é encontrar uma construtora de confiança. A Construtora Tenda é uma das principais parceiras do Casa Verde Amarela, o substituto do Minha Casa Minha Vida.

Por fim, saiba que o sonho da casa própria está ao seu alcance. Então, aproveite para conhecer nossos apartamentos à venda ou acesse a nossa Loja Virtual e dê o primeiro passo em direção a essa conquista!

Loja Virtual Tenda
Spotify Blog da Tenda
Autor do Post | Tenda Blog
Escrito por:

Tenda

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

(0) Comentários
Este artigo ainda não possui comentário. Seja o primeiro.
Deixe seu contato

A gente quer compartilhar as novidades primeiro com você.