Com a chegada do final de ano, muitas pessoas já começam a se preparar para uma das datas mais esperadas: a Black Friday 2022. Neste ano, o evento vai acontecer no dia 25 de novembro, e promete trazer muitas oportunidades para lojistas e boas ofertas para os consumidores.

Porém, enquanto os varejistas estão focados em vender mais, quem pretende fazer compras na Black Friday deve se planejar e tomar cuidado com os excessos, que podem causar dívidas e complicar as finanças.

Pensando nisso, separamos algumas dicas valiosas para você economizar na Black Friday e aproveitar essa data sem prejudicar o bolso. Vamos nessa?

Black Friday 2022: confira 20 dicas para economizar

Como economizar na Black Friday 2022 | Foto de um rapaz pesquisando ofertas na Black Friday | Economia e renda extra | Eu Dou Conta

A Black Friday está chegando! Presente desde 2010 no comércio brasileiro, com o passar dos anos o evento foi se popularizando e hoje se tornou uma das datas mais importantes do segundo semestre.

Acima de tudo, a Black Friday é uma oportunidade para fazer compras com boas ofertas antes das festas de fim de ano.

Porém, na pressa para garantir os melhores descontos, muitos consumidores acabam comprando mais do que deveriam, atrapalhando as finanças no final do ano. Além disso, é muito importante tomar cuidado com golpes e pegadinhas que podem causar um prejuízo daqueles.

Por isso, se você já quer começar a se preparar para a Black Friday, confira as melhores dicas para economizar!

1. Faça uma lista

Faça uma lista | Foto de uma mulher fazendo anotações | Economia e renda extra | Eu Dou Conta

Atualmente, a Black Friday já é considerada uma das melhores oportunidades para empresas venderem seus produtos e fidelizarem clientes. Com isso, quem deseja comprar algum produto pode se deparar com muitas promoções tentadoras e acabar comprando tudo de uma vez só, acumulando contas que não pode pagar.

Portanto, é muito importante saber exatamente quais produtos ou serviços você deseja comprar e qual é a ordem de importância delas na sua vida. Por isso, fazer uma lista vai te ajudar a manter o foco na hora de pesquisar e comprar esses produtos, evitando uma surpresa negativa no caminho.

2. Estabeleça uma meta de gastos

Com a sua lista de compras em mão, o segundo passo é já começar a pesquisar o preço atual dos produtos para ter uma ideia do desconto que você pode conseguir na Black Friday 2022.

Depois de fazer isso, você vai definir um limite do quanto quer gastar, considerando o preço dos produtos pesquisados. Fácil, não é mesmo? Para finalizar, opte sempre por gastar menos do que o previsto. Assim, você garante que vai cumprir a sua meta sem correr o risco de ultrapassar o limite.

Porém, caso você encontre uma boa oportunidade que está fora da sua meta, é sempre importante avaliar qual é a necessidade do que você vai comprar e como o produto vai funcionar para você. Acima de tudo, o importante é se planejar.

3. Compare os preços entre as lojas

Compare os preços entre as lojas | Foto de uma mulher pesquisando no computador e fazendo anotações | Economia e renda extra | Eu Dou Conta

Você já ouviu falar em “Black Fraude”? Ou em “tudo pela metade do dobro”? Pois é, muitas empresas que atuam de má fé colocam o preço atual do produto como mais caro para criar uma oferta muito atrativa, sendo que na verdade, elas estão vendendo pelo mesmo valor de sempre.

Daí surge a importância de já começar a pesquisar o preço dos produtos e fazer comparações entre lojas. Assim, você consegue verificar se houve um aumento repentino de preço seguido de uma queda na semana da Black Friday.

Para isso, você pode contar com a ajuda de sites que fazem a comparação de preços, como:

  • Zoom e Buscapé: comparam preços de eletrônicos e eletrodomésticos, móveis, roupas e decoração;
  • Voopter: faz a comparação de preços de passagens aéreas;
  • Melhor Plano: compara planos de celular, TV por assinatura, internet e mais.

4. Tenha cuidado com produtos muito baratos

Na mesma linha do tópico anterior, muitas empresas falsas aproveitam o sucesso da Black Friday para aplicar golpes financeiros, que vão desde descontos impossíveis até a estratégia de fraude. Por isso, é essencial que antes de comprar em uma loja, você tenha certeza quanto a sua reputação.

Você pode acessar o Reclame Aqui, um site focado em atender as reclamações de clientes onde é possível conferir se essas pessoas estão sendo atendidas e se o problema está sendo resolvido. Assim, é mais seguro comprar em lojas confiáveis.

5. Conheça o produto que você vai comprar

Você já viu que comprar por impulso na Black Friday não é uma boa ideia. Da mesma forma, comprar um produto sem ao menos conhecê-lo também pode ser uma furada.

Por isso, antes de comprar um produto, pesquise mais sobre ele: veja avaliações de outros clientes, detalhes técnicos e informações sobre a garantia. Assim, você evita as chances de se arrepender e sentir que o seu dinheiro foi gasto à toa.

6. Se atente aos detalhes da compra de celulares

Compra de celulares na Black Friday | Foto de um cliente comprando um celular em uma loja | Economia e renda extra | Eu Dou Conta

Essa dica também serve para quem deseja comprar demais eletrônicos e eletrodomésticos. Isso porque celulares e televisores são focos de quem compra na Black Friday.

Dessa forma, leia todas as informações técnicas do produto e tenha certeza de que a versão ou modelo é realmente aquela que você quer. Essa dica é importante principalmente para os smartphones, que podem mudar de processador, memória e câmera de um modelo para o outro, por exemplo.

Confira todos esses detalhes antes de fechar a compra. Caso você veja um modelo diferente que esteja mais em conta, vale a pena procurar por opiniões de quem já comprou.

7. Use cupons de desconto

Se o assunto é desconto, então a Black Friday é uma grande oportunidade para fazer compras pagando menos. Algumas marcas oferecem descontos que podem ser aplicados na hora da compra, que podem cobrir o frete, por exemplo.

Por isso, a dica é sempre priorizar as lojas que oferecem desconto. Além disso, também é possível encontrar cupons em sites dedicados para isso, como Méliuz, Meu Cupom e Cupomania.

Certamente, é uma ótima dica para economizar na Black Friday 2022.

8. Fique de olho nas redes sociais

Seguir os perfis nas redes sociais das marcas que você tem interesse é uma ótima forma de conseguir ofertas especiais. Assim, você já vai ficar sabendo de promoções que vão acontecer na semana da Black Friday e que podem ter uma duração curta, se preparando com antecedência.

9. Confira o que outras pessoas estão falando

Além de ficar de olho nas redes sociais das suas marcas prediletas, uma outra dica é conferir a opinião de quem já comprou, entendendo se as promoções estão mesmo valendo a pena.

Você pode fazer isso também através do Reclame Aqui ou buscando a opinião de um amigo que já tenha comprado. Portais de notícia também são válidos, afinal, em casos de irregularidades eles são os primeiros a comunicar.

10. Antecipe as compras de natal

Compras de Natal | Foto de presentes de Natal embaixo da árvore | Economia e renda extra | Eu Dou Conta

Acima de tudo, a Black Friday tem como finalidade iniciar as compras de fim de ano, principalmente tudo o que está relacionado com o natal.

Em outras palavras, é uma ótima oportunidade para já comprar os presentes da família, entre outras compras. Vale lembrar que quanto mais próximo da data estamos, mais os preços aumentam. Então, programe-se para aproveitar a Black Friday 2022.

11. Tome cuidado com venda casada

Se você ver alguma oferta de um produto que só pode ser comprado em conjunto com outro produto ou serviço, tome muito cuidado: estamos falando de venda casada, o que inclusive é crime.

Por exemplo, se você quer contratar um novo plano de celular, e a operadora oferecer um novo aparelho junto desconfie, pois nem sempre essa é a melhor opção, principalmente se você já possui um celular.

12. Confira o frete antes de comprar

Você encontrou um produto que precisa, conferiu a reputação da loja e se planejou para comprá-lo? Maravilha, mas antes de tudo, você deve checar qual vai ser o valor do frete para a sua casa.

Afinal, caso o centro de distribuição seja muito longe de onde você mora, o frete pode sair mais caro, e a economia que você fez sai por água abaixo. Portanto, sempre faça o cálculo do frete quando for planejar uma compra.

13. Faça as compras de madrugada

Faça compras de madrugada | Foto de uma mulher pesquisando na internet de madrugada | Economia e renda extra | Eu Dou Conta

Você sabia que entre o final da madrugada e o começo da manhã são os melhores horários para conseguir condições especiais na Black Friday? Isso porque é uma tendência que os descontos sejam melhores no começo do dia.

Logo, se você ver uma oportunidade muito boa, não hesite em deixar para depois. Pode ser que “mais tarde” vai ser tarde demais!

14. Cuidado com o parcelamento

Parcelar uma compra parece uma ótima ideia na hora, mas lá na frente pode comprometer o pagamento da fatura de cartão de crédito.

Ou seja, antes de parcelar em suaves prestações, tenha a certeza de que você pode pagar essa conta no futuro.

15. Sempre peça a nota fiscal

Nota fiscal na Black Friday | Foto de uma cliente recebendo a nota fiscal em uma loja | Economia e renda extra | Eu Dou Conta

A nota fiscal comprova que o vendedor está legalizado e é fundamental para a compra de qualquer produto. Por isso, quando o assunto é promoção ou descontos, é ainda mais importante pedir a nota fiscal.

Além disso, em casos de trocas ou reembolsos, a nota fiscal é o documento que você vai apresentar. Mais ainda, ela é muito importante para declarar o Imposto de Renda. Por isso, sempre peça a nota fiscal quando fizer qualquer compra.

16. Cuidado com o cartão de crédito

Se você pretende usar o seu cartão de crédito para as compras da Black Friday 2022, é sempre muito importante tomar cuidado com o tipo de informação selecionada, como senhas e dados pessoais.

Na mesma linha, não deixe de verificar se o valor para as compras feitas com o cartão de crédito é o mesmo do que à vista, e caso existam diferenças, quais são as taxas e o mais importante: o impacto no valor final.

17. Tire prints

Registrar todas as etapas da sua compra online é mais uma forma de se prevenir e evitar golpes. Por exemplo, pode acontecer dos valores mudarem no meio da compra e você acabar pagando mais.

Por isso, tire print da tela e salve todas as imagens. Assim, caso o valor final seja maior ou se o produto não chegar como prometido, os prints serão uma prova que você vai ter.

18. Não se esqueça do cashback

Cashback Black Friday | Foto de uma pessoa segurando um celular em uma tela de cashback | Economia e renda extra | Eu Dou Conta

O cashback (ou “dinheiro de volta” em português) oferece a possibilidade de ter uma porcentagem do que gastou em um produto para utilizar em compras futuras ou até mesmo para transformá-lo em saldo na sua conta.

Alguns exemplos de marcas que contam com opções de cashback são Magazine Luiza, PicPay, Ame Digital e muito mais. Então, se ver o selo de cashback em uma compra, aproveite!

19. Pesquise sobre políticas de troca e devolução

Ninguém compra um produto pensando em devolvê-lo, mas imprevistos acontecem e pode ser que seja necessário fazer uma troca ou até mesmo a devolução. Ou seja, além de pesquisar sobre a reputação da empresa e detalhes do produto, se informe também sobre essas políticas.

Trocas e devoluções estão previstas no Código de Defesa do Consumidor (CDC), no entanto, nem toda troca é assegurada pela lei. Portanto, sempre fique atento as condições da empresa.

20. Evite agir por impulso

O barato pode sair caro se você perder o foco e sair por aí gastando mais do que o planejado. Por isso, a dica final é que após fazer a lista de prioridades, definir um limite de gastos, comparar preços e considerar o frete, cupons, entre outros, lembre-se de avaliar o momento certo para comprar e principalmente se você precisa mesmo de um produto ou serviço.

Assim, você terá uma visão mais clara da sua compra e poderá participar da Black Friday sabendo que está fazendo um bom negócio.

O que é Black Friday?

O que é a Black Friday | Foto de uma loja com ofertas de Black Friday | Economia e renda extra | Eu Dou Conta

A Black Friday foi criada nos Estados Unidos, entre as décadas de 80 e 90 como uma forma de estimular o comércio e alavancar as vendas no final do ano. De início, a Black Friday acontecia logo após o feriado de Thanksgiving, que no Brasil é conhecido como Dia de Ação de Graças.

Em outras palavras, a data foi criada para funcionar como uma tradição de compras. A ideia de vender produtos à preços acessíveis logo se tornou popular pelo país, despertando o interesse de outros países como Canadá, México e Brasil.

No Brasil, a primeira Black Friday foi realizada em 2010, com foco nas compras online, mas teve pouca adesão por parte dos lojistas. No entanto, com o passar dos anos, cada vez mais novas marcas foram adotando o evento, incluindo as lojas físicas, o que tornou a data muito conhecida entre os consumidores brasileiros.

Para isso, o crescimento do comércio eletrônico e das compras online foram partes essenciais, especialmente dos últimos anos em diante. Como resultado, atualmente as grandes marcas do mercado brasileiro apostam todas as suas fichas na Black Friday, aderindo não somente ao dia da Black Friday, mas a Black Week e a Black November, ofertando durante todo o mês de novembro.

Quando é a Black Friday 2022?

Cyber Monday | Calendário do mês de novembro | Economia e renda extra | Eu Dou Conta

Se você já quer começar a se planejar para as compras de final de ano, anota aí para não esquecer: a Black Friday será no dia 25 de novembro de 2022, a última sexta-feira do mês.

Diferente dos Estados Unidos, a Black Friday no Brasil não é um evento restrito a apenas um dia de duração, e as promoções e ofertas podem começar até mesmo no início do mês de novembro ou no primeiro dia da semana da Black Friday.

Além disso, vale destacar a Cyber Monday, focada na venda de eletrônicos e que acontece logo na primeira segunda-feira após a Black Friday. Normalmente, a data acontece exclusivamente para o varejo online.

O que comprar na Black Friday 2022?

O que comprar na Black Friday 2022 | Foto de uma moça pesquisando na internet após fazer compras | Economia e renda extra | Eu Dou Conta

Muitas pessoas acreditam que só porque a Black Friday chegou elas precisam comprar alguma coisa. Tenha cuidado! Nem sempre os produtos que você deseja comprar terão uma oferta que valha a pena.

A seguir, conheça quais setores oferecem mais descontos para acompanhar durante o mês:

Supermercados

Geralmente, as grandes redes de supermercado participam da Black Friday, oferecendo diversos produtos com boas ofertas.

Neste caso, o ideal é que você fique de olho nas promoções e consulte as redes de supermercado que mais gosta para não perder nenhum desconto importante. Dependendo dos produtos, você pode comprar em quantidades maiores para estocar em casa, como produtos de limpeza e higiene, por exemplo.

Varejo

Sem sombra de dúvidas, as grandes empresas do varejo são as mais procuradas quando o assunto é Black Friday. Nessa linha, é muito comum encontrar ofertas de eletrônicos, como televisores e celulares e também de eletrodomésticos, como fogão, geladeira, batedeira e por aí vai.

Telefonia

É claro que os smartphones não poderiam ficar de fora dessa lista, afinal, a Black Friday é uma ótima oportunidade para trocar de celular ou comprar um modelo mais atual.

Nesse sentido, algumas operadoras de telefonia aproveitam para fazer ofertas em seus serviços, como em planos de dados e de internet. Por isso, é uma boa ideia ficar de olho para encontrar promoções.

Cosméticos

Marcas de cosméticos também costumam participar da Black Friday e criar promoções exclusivas. Dessa forma, você pode aproveitar a data para comprar produtos de maquiagem, higiene pessoal, perfumes, hidratantes e muito mais.

Roupas

Muitas lojas também ofertam peças variadas durante a Black Friday. Ou seja, se você está precisando de roupas novas ou quer mudar o seu guarda-roupa, essa é uma ótima chance. Mas, cuidado para não sair comprando tudo de uma vez e não usar nada, ok?

Vale se atentar também ao uso do cartão de crédito, para não ficar com dívidas que você não pode pagar e acabar com o nome negativado.

Passagens aéreas

Por último, mas não menos importante, se você está planejando uma viagem, a Black Friday é uma ótima oportunidade para comprar passagens aéreas por preços mais em conta. Porém, sempre analise as condições atentamente, como as datas em que a promoção é válida e se é necessário pagar o despacho da bagagem, por exemplo.

E aí, preparado para a Black Friday 2022? Agora você já sabe como economizar nessa data e aproveitar os descontos da melhor forma! Gostou desse conteúdo? Então, continue acessando os posts do Eu Dou Conta para ficar por dentro de todas as nossas dicas. Até mais!

Sobre o Eu Dou Conta

O Eu Dou Conta é uma plataforma de educação financeira que vai te ajudar a sair do vermelho, conseguir juntar uma renda extra e lidar melhor com o seu dinheiro.

Nós da Construtora Tenda criamos esse projeto para colocar ao alcance de todo brasileiro informações importantes sobre finanças. Queremos mostrar que o dinheiro não precisa ser um problema, mas sim um caminho para alcançar seus objetivos.

Por isso, nosso blog segue uma “trajetória” de conteúdos. Explicamos desde conceitos iniciais como negativação e score de crédito, até as principais dúvidas sobre dívidas, como empréstimos e cheque especial, e dicas de como economizar.

Tudo isso em uma linguagem acessível e porque não (?) divertida. Queremos que as pessoas consigam aprender, tirar suas dúvidas e, posteriormente, dar o próximo passo: talvez começar a investir, conseguir poupar ou então realizar sonhos, como o da casa própria.

A Tenda é uma grande parceira dos programas habitacionais do Governo Federal, como o Casa Verde e Amarela, substituto do Minha Casa Minha Vida. Isso quer dizer que, com a gente, o sonho da casa própria está mais próximo do que você imagina.

Pode acreditar, nós já ajudamos mais de 120 mil famílias brasileiras a conquistarem a casa própria por meio das nossas parcerias. Com mais de 50 anos de história, a Construtora Tenda está presente em 9 estados e até mesmo na B3, a Bolsa de Valores do Brasil. Aproveite para conhecer a nossa Loja Virtual e encontrar um apartamento pertinho de você.