SIMULADOR MINHA CASA MINHA VIDA: O QUE É E COMO FUNCIONA

Minha Casa Minha Vida

Se assim como milhares de brasileiros, você sonha em sair do aluguel e comprar a casa própria, em algum momento você vai se deparar com o simulador Minha Casa Minha Vida, uma ferramenta para que as pessoas que possuem interesse em comprar uma casa ou apartamento pelo programa possam visualizar o valor e quantidade das parcelas que pagariam.

Esse conteúdo também está disponível na versão podcast. Aproveite a praticidade do áudio que preparamos para você. Para ouvir é só clicar no play!

Tais, assistente virtual da Alea | Blog da Alea
Loja Virtual Tenda
Spotify Blog da Tenda

Preparamos um conteúdo completo para te explicar como usar o simulador Minha Casa Minha Vida e um pouco mais sobre a atualização do programa para o Casa Verde e Amarela. Por isso, confira agora como essa ferramenta funciona e conheça todas as vantagens que vão te deixar mais próximo dessa conquista!

Como funciona o financiamento imobiliário?

O que é financiamento imobiliário | Minha Casa Minha Vida | Blog da Tenda

Apesar da conquista da casa própria ser o sonho de muitas pessoas, são poucos os brasileiros que conseguem pagar um imóvel à vista ou em poucas prestações. O financiamento imobiliário, uma modalidade de crédito na qual é possível pagar o imóvel em parcelas mais baixas, é a solução para esse problema. Neste caso, os responsáveis pelo pagamento serão as empresas credoras.

O prazo máximo para financiar um imóvel é de 420 meses, ou seja, 35 anos. Ao aderir o financiamento, você fica muito mais perto da casa própria: pode se mudar assim que o apartamento estiver pronto enquanto vai pagando as parcelas.

Por outro lado, para pagar o financiamento à longo prazo, é preciso ter compromisso e planejamento financeiro. Não é atoa que as construtoras ou bancos que irão financiar o imóvel para você exigem até 30% do valor na entrada, ou seja, à vista.

Mas, para que você saiba o quanto a sua casa custaria por mês, se teria direito à benefícios como o subsídio e uso do FGTS e para planejar a sua vida de casa nova e sem pagar o aluguel, foi criado o simulador Minha Casa Minha Vida, que considera o pagamento das parcelas neste tipo de financiamento.

Vantagens do financiamento de imóveis

Ao escolher o financiamento para poder comprar um apartamento, a principal vantagem que você ganha logo de cara é a possibilidade de poder sair do aluguel imediatamente. Acima de tudo, você estará investindo em um patrimônio próprio, sendo o financiamento muito mais vantajoso do que morar de aluguel.

Em segundo lugar, está o benefício do pagamento à longo prazo. Com o parcelamento do valor, é mais fácil planejar seus ganhos e gastos mensais e destinar a quantia necessária para o pagamento do financiamento.

Em conclusão, escolhendo a modalidade de financiamento mais vantajosa, como o Casa Verde e Amarela, substituto do Minha Casa Minha Vida, você pode usar o saldo do FGTS para diminuir o valor das parcelas, compor renda com amigos e familiares para aumentar as chances de aprovação e se estiver em um dos grupos de renda que tem direito, conseguir um subsídio habitacional.

O que é o simulador Minha Casa Minha Vida?

Mulher fazendo pesquisa em seu computador | Simulador Minha Casa Minha Vida | Minha Casa Minha Vida | Blog da Tenda

O simulador Minha Casa Minha Vida é uma ferramenta disponibilizada online para que aqueles que queiram comprar um imóvel possam ter uma ideia de como ficarão as parcelas. Com isso, fica muito mais fácil se planejar para o financiamento.

Além disso, ele ajuda quem ainda está na dúvida sobre o impacto financeiro de um investimento como esse, que pode se estender por alguns anos.

Por fim, se você fizer uma simulação pelo programa Minha Casa Minha Vida, atual Casa Verde e Amarela, poderá descobrir se tem direito ao subsídio e qual o valor que você pagaria.

Vantagens de utilizar o simulador

Como você já sabe, o simulador Minha Casa Minha Vida facilita o processo de compra de um imóvel. Da mesma forma, a principal vantagem dessa ferramenta é a visualização do valor das parcelas com o passar do tempo, além da evolução do abatimento do saldo devedor.

Afinal, quem pretende fazer esse investimento precisa entender quanto do seu rendimento mensal pode ser comprometido com as parcelas. Desse modo, a pessoa confere uma projeção dos valores em uma escala de anos. Ter esse conhecimento ajuda na organização das despesas mensais e evita surpresas com custos não previstos.

Outra vantagem do simulador Minha Casa Minha Vida é a facilidade em acessá-lo. Antigamente, era necessário que você descobrisse pessoalmente o quanto poderia pagar. Mas, com os avanços da tecnologia, o processo se tornou mais fácil, e você pode fazer a consulta de casa pelo site da Tenda.

Além disso, com o simulador você descobre quais serão as taxas de juros aplicadas e o valor que poderá receber de subsídio do programa Minha Casa Minha Vida.

Por que usar o Simulador Minha Casa Minha Vida?

Usar o simulador Minha Casa Minha Vida é muito importante, afinal, a compra de um apartamento é um passo que exige planejamento financeiro. No Minha Casa Minha Vida, que agora é Casa Verde e Amarela, você possui até 30 anos para quitar o valor das parcelas. Em 360 meses, pode acontecer muita coisa, né?

É por isso também que as empresas credoras exigem o valor da entrada, como uma forma de garantir que você cumprirá o acordo futuramente. Com isso, é através do simulador Minha Casa Minha Vida que você poderá calcular o valor de cada parcela, as taxas de juros cobradas, e especialmente, o valor subsidiado pelo Governo Federal.

Como funciona o simulador Minha Casa Minha Vida?

Pessoa fazendo pesquisa no computador | Simulador Imobiliário | Minha Casa Minha Vida | Blog da Tenda

Para usar o simulador Minha Casa Minha Vida, você precisa preencher os campos com algumas informações básicas, como em qual estado pretende morar, a sua idade, renda, entre outros. Assim, de acordo com os dados coletados, o software faz o cálculo e mostra o resultado para você, contando o custo total do financiamento, valor de parcelas mensais e a quantia que você teria de subsídio.

Para entender melhor, confira o passo a passo de como usar o simulador Minha Casa Minha Vida:

1. Preencha seus dados iniciais

Os primeiros dados são sobre as suas condições de pagamento para o financiamento. Aqui, você deve informar qual é o estado em que você deseja adquirir o apartamento, a sua data de nascimento, renda e o valor estimado do imóvel em que está interessado.

Nessa etapa, lembre de prestar atenção para evitar erros no processo. Em outras palavras, a Tenda avalia todas as informações, por isso, os dados precisam ser exatos e verdadeiros.

2. Informe se você tem direito ao FGTS

Depois, é preciso informar se você possui FGTS há mais de três anos, qual o valor que você possui, quanto você pode pagar de entrada e por fim, se você possui algum imóvel em seu nome. Esses dados são necessários para calcular o tempo e as parcelas do financiamento. A partir daí, iremos avaliar em qual faixa você se encaixa, definindo o valor concedido para o financiamento.

3. Confira os resultados

Por fim, a última parte da simulação é a apresentação dos resultados. O sistema mostrará uma tabela na qual você pode visualizar o valor de cada uma das parcelas para cada um dos meses que durar o financiamento.

Com os resultados, também é possível conferir qual é o peso dos juros sobre a parcela. Nesse sentido, vale ressaltar que há diferença entre juros para as regiões Norte e Nordeste do Brasil.

Outra consideração importante é que o resultado da simulação não é uma proposta. Contudo, para saber quais são os termos exatos do financiamento, é preciso contatar a Caixa Econômica Federal.

Finalmente, para ter a simulação completa e entrar em contato com um dos especialistas da Tenda, é preciso preencher os campos com o seu nome completo, número de um telefone celular, e-mail e cidade aonde deseja morar.

Agora, com essas informações, é só preparar a documentação e dar entrada no processo de compra do seu apartamento!

O que é o programa Minha Casa Minha Vida?

Mulher sentada sorrindo com computador na mão | O que é o Minha Casa Minha Vida | Blog da Tenda

O Minha Casa Minha Vida é um programa do Governo Federal que tem como objetivo promover o direito à moradia para pessoas de todo o Brasil. Entretanto, desde 2020, o projeto foi atualizado para o chamado programa Casa Verde e Amarela. Apesar da mudança, o propósito continua o mesmo, e suas vantagens também.

Principais benefícios

Sem dúvida, as principais vantagens do programa são o direito ao subsídio, ao uso do FGTS, a composição de renda e o longo prazo de pagamento. Isso porque o Casa Verde e Amarela possui as menores taxas de juros do mercado e a composição de renda permite que as pessoas combinem seus rendimentos com os de até outros três familiares ou amigos para facilitar o financiamento.

O que é subsídio?

Outro grande benefício é o subsídio. Em resumo, ele é uma quantia concedida pelo governo para as famílias de baixa renda para diminuir o custo do financiamento, deixando as parcelas mais baratas e acessíveis. Com toda a certeza, esse desconto coloca você ainda mais perto da realização do sonho da casa própria.

O que é o programa Casa Verde e Amarela, atualização do Minha Casa Minha Vida?

O que é o Casa Verde e Amarela | Blog da Tenda

O Minha Casa Minha Vida passou por algumas mudanças nos últimos tempos, com o intuito de levar melhorias para os beneficiários do programa. Com isso, as principais alterações do Minha Casa Minha Vida para o Casa Verde e Amarela foram a redução nas taxas de juros, que agora também são diferentes dependendo da região em que você morar e nas faixas de renda, que agora são divididas em três grupos, incluindo mais pessoas do que era antigamente.

No programa, você tem à disposição uma série de benefícios para facilitar a sua compra: subsídio habitacional pago pelo Governo, uso do valor do FGTS no pagamento da entrada e das parcelas do financiamento, composição de renda com familiares e amigos para aumentar as chances de aprovação e ainda conta com taxas de juros menores do que as do Minha Casa Minha Vida. Demais, né?

Como funciona o Casa Verde e Amarela?

O programa funciona com base nos grupos de renda em que cada interessado se encaixa. Em outras palavras, você precisa estar incluso em uma dessas divisões para participar, além de seguir mais algumas regras, que são:

  • Não possuir nenhum imóvel próprio registrado em seu nome;
  • Ter mais de 18 anos de idade;
  • Não ter financiado nenhum imóvel anteriormente, assim como nunca ter participado de outro programa habitacional do Governo Federal;
  • Você precisa ser brasileiro ou naturalizado no país;
  • Não estar registrado no Cadastro Nacional de Mutuários (CADMUT).

Além de se encaixar em todas essas regras, você precisa estar em um dos grupos de renda, que possibilitará o seu acesso a alguns benefícios, como o subsídio. Vamos descobrir quais são as faixas de renda do programa?

Entenda as faixas de renda do programa

No Minha Casa Minha Vida, as faixas eram divididas em quatro grupos. Entretanto, para tornar essa divisão mais abrangente, uma das mudanças no programa Casa Verde e Amarela foi reduzir o número para três grupos, de forma que incluísse outros valores de renda.

Você deve ter em mente que quanto menor a renda mensal bruta, maiores são os valores de subsídio. A seguir, confira quais são os novos grupos de renda do Casa Verde e Amarela:

Grupo 1

Para famílias com renda de até R$2.000.

Grupo 2

Para famílias com renda de R$2.000,01 até R$4.000.

Grupo 3

Para famílias com renda de R$4.000,01 a R$7.000.

Se desejar visualizar melhor, confira essa mudança em uma imagem que preparamos para você:

Quais são os grupos de renda do Casa Verde e Amarela | Minha Casa Minha Vida | Blog da Tenda

Diferenças entre as faixas de renda do Minha Casa Minha Vida e os grupos do Casa Verde e Amarela

Como dito, uma das mudanças na reformulação do programa foi em relação as faixas de renda. Agora, com os novos grupos do Casa Verde e Amarela, as taxas de juros também são menores. Para entender melhor, confira a diferença entre as faixas de renda do MCMV e os grupos do PCVA:

Minha Casa Minha Vida

Faixa 1

Para famílias com renda de até R$1.800.

Faixa 1,5

Para famílias com renda de R$1.800,01 até R$ 2.600.

Faixa 2

Para famílias com renda de R$2.600,01 até R$4.000.

Faixa 3

Para famílias com renda de R$4.000,01 até R$7.000.

Casa Verde e Amarela

Grupo 1

Para famílias com renda de até R$2.000.

Grupo 2

Para famílias com renda de R$2.000,01 até R$4.000.

Grupo 3

Para famílias com renda de R$4.000,01 a R$7.000.

Confira a mudança neste modelo também:

Faixas de renda Minha Casa Minha Vida | Minha Casa Minha Vida | Blog da Tenda

Quais são as taxas de juros do Casa Verde e Amarela?

Agora que você já sabe qual o grupo de renda do Casa Verde e Amarela que você faz parte, você pode calcular qual seria o valor pago nas taxas de juros considerando a região em que você mora. De qualquer forma, tenha em mente que as taxas do programa são as menores em relação ao restante do mercado imobiliário.

A atualização das taxas de juros também é uma das principais mudanças entre o Casa Verde e Amarela e o Minha Casa Minha Vida. Anteriormente, as taxas mudavam apenas de uma faixa para a outra. Agora, essa alteração inclui também as regiões, beneficiando o Norte e Nordeste do Brasil.

Essa decisão do Governo tem como objetivo melhorar a qualidade de vida e oportunidade de moradia para pessoas que moram nessas regiões, e com isso, os juros cobrados são menores nesses locais. Em conclusão, veja só como eram as taxas de juros do Minha Casa Minha Vida e como ficaram com a implementação dessa mudança:

Minha Casa Minha Vida

Faixa 1 e 1,5

  • Para todo o Brasil

Cotista: 4,50%

Não cotista: 5,00%

Faixa 2

  • Para todo o Brasil

Cotista: 5,00% a 6,50%

Não cotista: 5,00% a 7,00%

Faixa 3

  • Para todo o Brasil

Cotista: 7,66%

Não cotista: 8,16%

Casa Verde e Amarela

Grupo 1

  • Região Sul, Sudeste e Centro-Oeste

Cotista: 4,50% a 4,75%

Não cotista: 5,00% a 5,25%

  • Região Norte e Nordeste

Cotista: 4,25% a 4,50%

Não cotista: 4,75% a 5,00%

Grupo 2

  • Região Sul, Sudeste e Centro-Oeste

Cotista: 5,00% a 6,50%

Não cotista: 5,50% a 7,00%

  • Região Norte e Nordeste

Cotista: 4,75% a 6,50%

Não cotista: 5,25% a 7,00%

Grupo 3

  • Região Sul, Sudeste e Centro-Oeste

Cotista: 7,66%

Não cotista: 8,16%

  • Região Norte e Nordeste

Cotista: 7,66%

Não cotista: 8,16%

Para facilitar a sua visualização, preparamos um comparativo entre as taxas de juros dos dois programas:

Taxas de juros do Casa Verde e Amarela | Minha Casa Minha Vida | Blog da Tenda

O que significa cotista e não cotista?

Cotista é toda pessoa que trabalhou sob recolhimento do FGTS. Não cotista é quem não trabalhou nessas condições pelo tempo necessário.

Os benefícios continuam os mesmos?

Sim! Todas as mudanças do Minha Casa Minha Vida para o Casa Verde e Amarela foram pensadas para melhorar ainda mais as vantagens do programa, e com isso, elas continuam as mesmas, incluindo as baixas taxas de juros e os grupos de renda.

Por outro lado, como foram feitas alterações nos grupos de renda e, consequentemente nas taxas de juros, os valores do subsídio também mudaram.

Subsídio

Assim como no Minha Casa Minha Vida, o subsídio do programa Casa Verde e Amarela é uma quantia paga pelo Governo para diminuir o valor das parcelas do financiamento. Dessa forma, você não precisa devolver ou quitar o valor. Entretanto, para ter direito ao subsídio Casa Verde e Amarela, é necessário se encaixar nos grupos 1 e 2. Abaixo, confira quais são os valores de subsídio disponibilizados para cada grupo:

Grupo 1

As famílias que possuem renda mensal bruta de até R$ 2.000,00 tem direito a um subsídio de até R$ 47.500,00.

Grupo 2

As famílias que possuem renda mensal bruta de R$ 2.000,01 a R$ 4.000,00 tem direito a um subsídio de até R$ 29.000,00

Grupo 3

As famílias que possuem renda mensal bruta de R$ 4.000,01 a R$ 7.000,00 não tem direito ao subsídio.

Subsídio Casa Verde e Amarela | Minha Casa Minha Vida | Blog da Tenda

FGTS

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) pode ser utilizado no financiamento do programa Casa Verde e Amarela sendo muito vantajoso, afinal, diminui o valor total do financiamento e das parcelas mensais e até mesmo o número de prestações total. Em outras palavras, você também vai pagar menos na sua casa própria se puder usar o saque do FGTS.

Para poder usar a quantia do FGTS nas parcelas e na entrada do financiamento, você precisa seguir alguns requisitos, que são:

  • Não ser proprietário de outro imóvel na cidade que você trabalha ou mora;
  • Ter no mínimo 3 anos de carteira assinada (podem ser corridos ou com intervalo, e na mesma empresa ou em empresas diferentes);
  • Não ter nenhum financiamento no Sistema Financeiro de Habitação (SFH).

Seguindo essas condições, você pode usar o FGTS no seu financiamento e contar com as vantagens que ele proporciona.

Composição de renda

Composição de renda | Minha Casa Minha Vida | Blog da Tenda

Já a composição de renda é uma forma de aumentar as suas chances no financiamento, caso a sua renda não seja suficiente para participar. Para esclarecer, se a sua renda mensal bruta, isso é, o total que você recebe de salário por mês, estiver abaixo das rendas aceitas pelo PCVA, e caso você more com outra pessoa, como seu esposo ou a sua mãe, vocês podem somar as rendas e se inscreverem no programa Casa Verde e Amarela com o valor total adicionado.

A grande vantagem de compor renda é que você pode somar seus rendimentos com até mais 3 pessoas, que podem ser seu pai, mãe, esposa, marido, filhos, avós, tios, primos, sobrinhos, noivo, noiva, namorado, namorada, madrinha, padrinho, madrasta, padrasto entre outros familiares. Além disso, é permitido compor renda com amigos, se esse for a sua preferência.

Em suma, vocês também podem usar o valor do FGTS de vocês, caso se encaixem nos requisitos para utilizá-lo no financiamento. Entretanto, lembre-se que ao aderir a composição de renda, todas as pessoas inscritas serão responsáveis pelo pagamento das parcelas, assim como o restante das decisões que vocês tomarem sobre a casa ou apartamento. Acima de tudo, garanta que as pessoas que você somar a sua renda sejam de confiança e que não irão abandonar esse projeto no futuro.

Financiamento com a Tenda

Financiamento imobiliário | Guia da Tenda | Blog da Tenda

O Minha Casa Minha Vida pode ser uma excelente alternativa para alcançar o sonho da casa própria, pois conta com condições especiais de acordo com o orçamento de cada um, seja para comprar um apartamento na planta ou finalizado.

A Tenda é uma grande parceira do programa, e também quer ajudar todos que queiram conquistar um apartamento! Por isso, temos também o nosso Simulador de Financiamento. Ainda mais, prático, fácil e seguro, o simulador da Tenda oferece uma análise completa.

Depois de preencher os campos necessários, a gente te mostra todas as possibilidades que você tem de conquistar seu apartamento. Após, é só aguardar o nosso contato com o resultado da simulação completa, incluindo uma pré-análise de crédito.

Faça agora a sua simulação e dê o primeiro passo em direção a essa conquista. Pode ter certeza que temos um apartamento que cabe no seu bolso!

Sobre a Tenda

A Tenda é uma das maiores construtoras do Brasil e uma das empresas que integram a Bolsa de Valores de São Paulo. Listada no Novo Mercado da B3, a companhia tem o mais alto nível de governança corporativa do país.

Com mais de 50 anos de experiência no mercado imobiliário, a gente sabe que comprar um apartamento muitas vezes parece ser algo impossível para muitos brasileiros. Por isso, a nossa missão é colocar a conquista da casa própria ao seu alcance.

Acredite, com as nossas condições exclusivas somadas a grande parceria que temos com o programa Casa Verde e Amarela, o substituto do Minha Casa Minha Vida, você consegue ter o seu cantinho.

Nós já realizamos o sonho de mais de 120 mil famílias, provando que ter um imóvel próprio é possível. Para ajudar cada vez mais brasileiros, estamos presentes em capitais e regiões metropolitanas de nove estados do país. Existem apartamento à venda em São Paulo, Bahia, Ceará, Pernambuco, apartamentos à venda no Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná, Goiás e Minas Gerais.

Além de mais de 50 lojas físicas nos nove estados em que atuamos, também oferecemos a comodidade da Loja Virtual Tenda, um ambiente seguro e com todas as informações que você precisa para conquistar o seu imóvel. No nosso site, você também encontra ferramentas como o Simulador de Financiamento e a Calculadora dos Sonhos que te ajudam no planejamento da compra.

Conte com a gente para realizar o sonho de ter o seu apartamento! Estamos prontos para tirar as suas dúvidas e te acompanhar durante todo o processo.

Loja Virtual Tenda
Spotify Blog da Tenda
Autor do Post | Tenda Blog
Escrito por:

Tenda

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

(0) Comentários
Este artigo ainda não possui comentário. Seja o primeiro.
Deixe seu contato

A gente quer compartilhar as novidades primeiro com você.