Guia completo
para conquistar
seu ape.

Baixe grátis



Cadastre-se e fique
por dentro das novidades.





O momento de sair da casa dos pais precisa ser planejado com maturidade para que você consiga dar início à construção do seu patrimônio de maneira simples, com segurança e sem comprometer o orçamento com gastos maiores do que os rendimentos. Confira nossas dicas para ajudar nessa fase tão importante! Em busca de estabilidade financeira e com maior foco no trabalho e nos estudos, a chamada geração canguru vem deixando a decisão de sair da casa dos pais para mais tarde, aproveitando o tempo prolongado no ninho familiar para poupar dinheiro. Muitas vezes, cabe ao casamento dar o estímulo de que os jovens tanto necessitam para investir no primeiro imóvel. Se você também pensa em se mudar, aproveite este artigo para se preparar para conquistar sua independência da melhor maneira possível!

Como se planejar para sair da casa dos pais?

Conciliar trabalho, estudo e afazeres domésticos não é fácil. Morar com os pais traz facilidades, porém, quando chega a hora de formar uma família, ter um cantinho para chamar de seu se torna uma necessidade.

Enquanto a hora da mudança não chega, confira 9 dicas para se planejar para sair da casa dos pais e começar uma nova vida sem passar sufoco:

1. teste a forma com a qual você lida com as despesas

Além de assumir integralmente suas despesas pessoais, experimente pagar a porcentagem que lhe é devida nas contas da casa, como gastos com supermercado, condomínio, água, luz, gás, telefone e internet.

2. viva como um "adulto de verdade"

A menos que queira morar em um antro de bagunça, comece, o quanto antes, a lavar suas próprias roupas e cuidar da faxina da casa. Se, mesmo se esforçando, não encontrar tempo, talvez ainda não seja a hora de sair da casa dos pais.

Aproveite, também, para aprender a cozinhar a comida do dia a dia. Ou você pretende viver de fast-food? Nesse caso, não há saúde nem bolso que resistam.

3. assuma os perrengues do lar

Seja proativo e assuma as tarefas que costumam ficar a cargo dos seus pais — de frequentar as reuniões de condomínio à fazer a manutenção do imóvel, como trocar lâmpadas queimadas, pintar as paredes, instalar prateleiras etc. Para isso, é importante guardar uma quantia para arcar com despesas extras.

4. cuide bem do seu dinheiro

Poupe o máximo que conseguir: revise suas despesas, substitua o que for possível por similares mais baratos e elimine gastos supérfluos.

Ao mesmo tempo, tente criar novas fontes de renda. Muitas pessoas conseguem incrementar as receitas tirando proveito de talentos até então inexplorados, como vendendo doces e salgados sob encomenda, por exemplo.

Também é importante fazer o dinheiro poupado render, seja na poupança ou investindo em aplicações de baixo risco, como no Tesouro Direto.

5. faça um bom planejamento financeiro

Conheça suas despesas e receitas e faça uma planilha — à mão, no Excel ou em um aplicativo de finanças, como preferir — para manter seu orçamento sempre sob controle.

Quando sair da casa dos pais tem a ver com a decisão de se casar, todos ganham, pois é possível compôr a renda com o companheiro e, dessa forma, dividir as despesas.

No caso de quem opta por financiar empreendimento na planta, morar com os pais enquanto aguarda o imóvel ficar pronto também é uma boa, pois evita o pesado gasto com aluguel.

6. construa uma reserva de dinheiro

Se tiver dívidas, especialmente no cartão de crédito, quite-as o quanto antes. Feito isso, comece a juntar um fundo para emergências.

A medida é importante para conseguir lidar com imprevistos, como uma demissão, sem se endividar. Para isso, especialistas em finanças recomendam juntar, pelo menos, uma quantia equivalente a três meses de gastos.

7. prepare-se psicologicamente

Para tornar o processo da mudança mais fácil para você e seus familiares, envolva-os em cada etapa.
Coloque-os a par dos seus planos, divida possíveis incertezas e converse bastante sobre como eles foram e sempre serão importantes na sua vida. Não se esqueça de demostrar que fará questão de recebê-los em sua futura casa!

8. procure ficar próximo à sua rede de apoio

Morar perto dos pais e/ou melhores amigos — aqueles que são como uma família — facilita a rotina.

Afinal, existem momentos em que é preciso contar com uma rede de apoio. Por exemplo: quando for viajar, alguém terá que olhar seu bichinho de estimação, regar as plantas etc.

Mas nem tudo são favores. Morando próximo às pessoas queridas, vocês também poderão fazer almoços e jantares aos finais de semana, combinar sessões de cinema em casa e muito mais!

9. encontre o imóvel ideal

Seu novo lar deverá atender às suas necessidades e caber no orçamento. Para evitar negativas ao solicitar um financiamento bancário, procure por construtoras que facilitem a entrada e trabalhem com imóveis do programa Minha Casa Minha Vida.

Por maior que seja a casa dos seus pais, não desconsidere morar em um apartamento pequeno. Além de serem mais acessíveis, com uma decoração simples e funcional é possível otimizar o uso dos espaços.

Além disso, as plantas com ambientes integrados ampliam as áreas internas, assim como o uso de um bom mobiliário planejado.

Já na hora de comprar os eletrodomésticos, comece pelos essenciais, como fogão e geladeira. Também vale a pena entrar na onda do faça você mesmo e fazer alguns móveis de pallet, bem como restaurar peças antigas ou adquiri-las em brechós.

Como saber se você já tem independência suficiente?

Nada de sair da casa dos pais com a expectativa de ter as mesmas mordomias. Para manter os pés no chão, lembre-se de quanto tempo eles levaram até conquistar o padrão de vida atual.

Sendo assim, seus objetivos para os próximos anos devem ser os de manter as contas em dia e continuar economizando.

Ao se mudar para o seu imóvel, você terá que lidar com uma série de gastos, como o pagamento do condomínio, do IPTU, das parcelas do financiamento, entre outros.

Por isso, faça uma projeção das despesas futuras, capriche no planejamento financeiro e veja se seu orçamento dá conta. Antes de sair da casa dos pais, certifique-se de que cumpriu todas as dicas listadas neste post. Começar a levar uma vida com mais autonomia e responsabilidades quando ainda mora com eles contribuirá tanto para a conquista da casa própria quanto para a formação da sua futura família.

Se você gostou deste post, continue navegando e veja como montar uma lista de casamento básica! Com organização, é possível conciliar todos os sonhos ao mesmo tempo!

Composição de renda: como utilizar para o financiamento imobiliário?

Composição de renda: como utilizar para o financiamento imobiliário?

Minha Casa Minha Vida

A composição de renda pode ser a solução para quem deseja financiar um imóvel! Veja como usá-la no financiamento imobiliário e entenda como ela funciona. Na hora de financiar um imóvel é preciso demonstrar a capacidade de pagamento das prestações. No entanto, dependendo dos ganhos, é difícil ter a aprovação com apenas um salário. Por isso, é comum que membros da família adotem a composição de renda.

6 passos para conquistar a casa própria antes de se aposentar

6 passos para conquistar a casa própria antes de se aposentar

Minha Casa Minha Vida

Comprar um imóvel e não depender mais de aluguel é a grande meta na vida de muitos brasileiros. Conquistar a casa própria não representa apenas a realização de um sonho, mas é, também, sinônimo de mais estabilidade financeira e segurança. Mesmo estando nos planos de muita gente, conquistar a casa própria antes de se aposentar nem sempre é fácil. Realizar esse objetivo exige disciplina, controle dos gastos, uma poupança de emergência e um planejamento financeiro em longo prazo. Além disso, é necessário que o objetivo seja adequado à sua realidade e coerente com seu salário.

Estabilidade financeira: o guia completo para conquistar

Estabilidade financeira: o guia completo para conquistar

Minha Casa Minha Vida

Quer saber como se organizar e manter seu orçamento saudável? Preparamos um guia completo, cheio de dicas para você alcançar sua estabilidade financeira. Confira!

Conheça as condições TENDA para dar entrada em um apartamento

Conheça as condições TENDA para dar entrada em um apartamento

Minha Casa Minha Vida

Uma das maiores construtoras do País, a Tenda oferece ajuda de profissionais especializados para você conseguir ter seu financiamento imobiliário aprovado pelos bancos. Saiba neste texto como driblar a burocracia!

Acabamento da obra: o que é responsabilidade do novo proprietário?

Acabamento da obra: o que é responsabilidade do novo proprietário?

Minha Casa Minha Vida

A entrega das chaves é a hora mais aguardada pelos compradores assim que fazem a aquisição do apartamento dos sonhos. Contudo, o imóvel novo não é entregue totalmente pronto para morar, por isso, uma parte do acabamento da obra se torna necessária à funcionalidade da residência.

O que está incluso no valor do condomínio? Leia e entenda!

O que está incluso no valor do condomínio? Leia e entenda!

Minha Casa Minha Vida

Adquirir uma propriedade, além de trazer mais segurança e bem-estar para a família, também significa ter alguns custos extras por mês. O principal deles é a taxa condominial. Saiba o que compõe o valor do condomínio!
Todos os direitos reservados Tenda
CPNJ: 09.625.762/0001-58