Cadastre-se e fique
por dentro das novidades.





O cartão de crédito pode passar de mocinho a vilão em dois tempos. Para que isso não aconteça com você, listamos alguns cuidados importantes para que as coisas não fiquem fora de controle.

O “dinheiro de plástico” pode ser uma mão na roda na vida das pessoas. Seja para fazer compras no supermercado, um eletrodoméstico, móvel ou até passagens aéreas. O cartão de crédito parece sempre salvar nossa vida.

No entanto, é preciso tomar muito cuidado com ele. Justamente por não “vermos” o dinheiro ser gasto, fica mais fácil passar dos limites e gastar mais do que realmente podemos pagar. Então que tal aprender de vez a usá-lo para que as coisas não virem uma bola de neve? Observando as dicas abaixo, a gente garante: você nunca mais vai se endividar.

- Decidiu que é hora de ter um cartão de crédito? Então tenha em mente que o limite deve ser 50% inferior ao seu salário.

- Sempre, sempre, sempre pague o valor total da fatura. Quando você quita só o valor mínimo, os juros sobem absurdamente. Caso você não possa arcar com esse custo, entre em contato com o seu banco para negociar.

- Pense muito bem antes de realizar qualquer compra. Pergunte a você: realmente preciso disso? Poderei bancar as parcelas sem comprometer meu orçamento? Cuidado ao realizar compras por impulso.

- Controle os parcelamentos de suas compras.

- Negocie com o seu banco a taxa de anuidade do cartão. Saiba que é possível, inclusive, pedir a sua isenção.

- Se você tem um salário fixo, o ideal é ter apenas um cartão. Se além do ganho regular, tiver outras entradas de dinheiro, o número máximo de cartões é 3. Mais que isso fica fácil se descontrolar.

- O cartão de crédito pode te oferecer algumas vantagens, como programas de fidelidade e milhagens. Procure saber quais benefícios o seu cartão oferece.

- Cuidado ao usá-lo no exterior ou em compras em sites estrangeiros. A taxa IOF de compra é alta, 6,38%.

- Limite muito alto é uma porta de entrada para o descontrole. Peça para sua operadora diminuir esse valor se não for uma pessoa muito disciplinada.

- Em hipótese alguma, atrase o pagamento das faturas. Os juros são altíssimos.

- Crie o hábito de conferir seu extrato semanalmente. Assim você sabe em que está gastando e quanto ainda tem de limite.

- Mantra para a vida: o cartão de crédito não é um complemento da sua renda.

 Não deixe de compartilhar essas dicas com os seus amigos e familiares e até a próxima.

Como economizar na conta de luz? confira 12 dicas obrigatórias!

Como economizar na conta de luz? confira 12 dicas obrigatórias!

Economia doméstica

A despesa com energia elétrica abocanha boa parte do orçamento dos brasileiros. Para não ficar refém dos reajustes e valores exorbitantes, veja 12 dicas de como economizar na conta de luz. Na hora de pagar as contas de casa, é essencial ficar de olho nos gastos. Afinal, é isso que garante que o orçamento não fique no vermelho no final do mês. Nesse processo, saber como economizar na conta de luz é fundamental. Entre 2014 e 2017, o gasto com energia elétrica subiu mais de 30%. Em 2019, o valor pode subir mais 5% graças a um reajuste já aprovado. Então, gastar menos é fundamental para poder se manter com tranquilidade. Mas como conseguir esse resultado? Leia mais sobre o assunto, confira algumas dicas de como economizar na conta de luz e conquiste um alívio no orçamento doméstico!

Metas financeiras: como definir e cumprir?

Metas financeiras: como definir e cumprir?

Economia doméstica

Não basta apenas ter um sonho: é preciso elaborar um plano para chegar até ele. Para que o orçamento viabilize esse desejo, definir e cumprir metas financeiras é indispensável Aprenda como fazer isso e chegue onde deseja! Para alcançar os sonhos, o planejamento é fundamental.

Conheça os gastos desnecessários que não deixam você conquistar nada

Conheça os gastos desnecessários que não deixam você conquistar nada

Economia doméstica

Seu dinheiro simplesmente some antes que você consiga separar alguma parte para conquistar seus sonhos? Saiba que o grande vilão das suas contas podem ser os gastos desnecessários. Confira alguns dos mais comuns e saiba se você também perde dinheiro e qualidade de vida com eles!

Móveis planejados têm um bom custo-benefício para apartamentos pequenos?

Móveis planejados têm um bom custo-benefício para apartamentos pequenos?

Economia doméstica

Móveis planejados otimizam o uso de pequenos espaços, dando utilidade a locais que, muitas vezes, seriam desperdiçados — como áreas próximas ao teto, cantos entre paredes etc. —, além de conferirem mais harmonia à decoração dos ambientes. Quer saber mais?

Parabéns para a França e bon appétit para você.

Parabéns para a França e bon appétit para você.

Economia doméstica

A França abocanhou o título mais uma vez, mas nem por isso você vai ficar com água na boca. Aprenda agora mesmo a fazer um delicioso Petit Gateau e tenha um bom motivo para comemorar essa vitória dos franceses. Nem que seja na cozinha ao invés do campo.

Finanças para autônomos: conheça 5 dicas essenciais de organização!

Finanças para autônomos: conheça 5 dicas essenciais de organização!

Economia doméstica

As finanças para autônomos têm que ser muito bem planejadas para que esses profissionais consigam realizar objetivos em médio e longo prazo — mesmo com suas rendas variando mês a mês. Muitas vezes, autônomos têm rendas maiores do que profissionais com carteira assinada. Porém, somente por meio do controle rigoroso das receitas e das despesas é possível que quem trabalha por conta própria consiga realizar grandes projetos — como adquirir a casa própria. Se você faz parte desse grupo e deseja aprender a se organizar, este artigo sobre finanças para autônomos foi feito para você. Aproveite as dicas!
Todos os direitos reservados Tenda
CPNJ: 09.625.762/0001-58