COMO COMPRAR UM APARTAMENTO SOZINHA? PASSO A PASSO PARA ADQUIRIR SEU IMÓVEL

Guia da Tenda

Conquistar a independência é uma sensação incrível. Um marco importante de quem está se tornando independente é a compra do primeiro imóvel. Porém, muitas pessoas não acreditam que seja possível realizar o sonho da casa própria, principalmente se ela já mora sozinha. Além disso, muitas dúvidas surgem com relação a como comprar um apartamento sozinha.

Loja Virtual Tenda
Spotify Blog da Tenda

Esse conteúdo também está disponível na versão podcast. Aproveite a praticidade do áudio que preparamos para você. Para ouvir é só clicar no play!

 

Questionamentos como: Quanto preciso ter para comprar um apartamento sozinha? Qual apartamento comprar? Quanto custa um apartamento? O que é preciso para comprar um apartamento? O que é um financiamento? Entre outras questões, acabam inibindo muitas pessoas a seguirem no plano de conquistar seu apartamento.

Mulher pesquisando como comprar apartamento sozinha | Blog da Tenda

Pesquise e avalie cada detalhe na hora de comprar seu apartamento sozinha.

Mas, tenha calma! Neste artigo, vamos te dar um guia completo para você comprar um apartamento sozinha com muita segurança, além de sanar todas as dúvidas que podem estar te impedindo de realizar o sonho da casa própria.

Dicas de como comprar um apartamento sozinha

Comprar um apartamento sozinha não é um sonho impossível. Por ser um grande desafio, é normal surgirem muitas dúvidas com relação a essa importante aquisição. Por isso, confira neste passo a passo como conquistar seu primeiro imóvel. Vamos lá?!

Avalie a possibilidade de comprar um apartamento na planta

Para começar, comprar um apartamento na planta possui muitas vantagens. Além de receber um imóvel novinho em folhas, você encontra outros benefícios como:

  • Possibilidade de pagar mais barato pelo imóvel;
  • Melhores condições de pagamento e juros;
  • Um imóvel novo não vai acarretar em manutenções de imediato;
  • Ter tempo para se organizar e economizar (o tempo que a construtora leva para concluir as obras);
  • Um imóvel novo tem muito potencial de valorização;
  • Personalizar cada acabamento;
  • Tempo para planejar a mudança;
  • Economizar para comprar os móveis planejados e itens de decoração;
  • Decorar do jeito que você quiser, entre outras vantagens.

Pesquise sobre a reputação da construtora do imóvel

Primeiramente, é importante saber a reputação da construtora que você pretende comprar seu apartamento. Pesquise na internet sobre o histórico de entregas e a qualidade de outros condomínios já construídos. Verifique também se a construtora possui processos judiciais devido a atrasos ou problemas com consumidores. Para isso, faça uma consulta através do CNPJ da construtora.

Encargos de obras | Guia da Tenda | Blog da Tenda

A Tenda está há mais de 50 anos contribuindo na realização do sonho da casa própria de milhares de brasileiros. Já realizou o sonho de mais de 120 mil famílias, provando que ter uma casa ou um apartamento próprio é possível.

Confira o depoimento da jovem Evelyn, que conseguiu conquistar seu apartamento próprio sozinha com uma renda a partir de R$1.600,00, através do auxílio da Construtora Tenda.

Reserve o valor de entrada

Antes de pesquisar qual local você deseja morar, saiba que será preciso oferecer um sinal, um valor de entrada  para o início da aquisição do apartamento.

Reservar o valor de entrada do imóvel | Blog da Tenda

É de suma importância reservar uma quantia para a entrada da compra do imóvel.

Então, antes de contratar um financiamento, é importante se preparar financeiramente para entregar o valor de entrada. Quanto maior for a quantia oferecida, menor será o valor financiado, o número de parcelas e os juros do financiamento.

Como calcular o valor de entrada do seu apartamento?

Normalmente, o valor de entrada varia de acordo com o preço do imóvel e a renda familiar. Entretanto, boa parte dos bancos e financeiras pedem uma quantia de 10% do valor do imóvel.

Por exemplo, digamos que você escolheu um apartamento de R$300 mil, então o valor mínimo de entrada será de R$30 mil.

Calcule o valor de entrada do apartamento | Blog da Tenda

Saiba como calcular o valor de entrada do seu imóvel.

Contudo, a recomendação é que você se prepare com 20% do valor do imóvel para quitar a entrada. Num primeiro momento, pode parecer um tanto difícil, porém vale a pena investir seu tempo e recursos para dar o primeiro passo para comprar seu apartamento.

É aí que entra a importância do planejamento financeiro. Mas tenha calma, existem outras opções que facilitam a entrada do seu imóvel.

Utilize o seu FGTS para dar entrada em um apartamento

O FGTS pode ser seu grande aliado na hora de dar entrada na compra do seu apartamento. Para utilizar o saldo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, é preciso cumprir alguns requisitos estabelecidos pelo Governo Federal:

  • Ter trabalhado no mínimo três anos, consecutivos ou não, em qualquer emprego no regime do FGTS;
  • Não possuir nenhum financiamento ativo no Sistema Financeiro de Habitação (SHF);
  • Ter utilizado os recursos do FGTS há mais de três anos. Em outras palavras, não ter movimentado o FGTS no período mínimo de três anos;
  • Não ter nenhum imóvel em seu nome na cidade onde você reside ou trabalha.

Sendo assim, se você atender todos os requisitos, você pode utilizar seu FGTS para dar entrada no seu apartamento e financiar o restante do valor do imóvel.

Conheça mais opções de entrada

A Tenda desenvolveu um programa que facilita o processo no valor de entrada no financiamento dos apartamentos da construtora. Você pode dar um valor de sinal e parcelar sua entrada em até 60 meses (cinco anos).

Conheça mais possibilidades para dar o valor de entrada do seu novo imóvel | Blog da Tenda

Descubra mais possibilidades para dar o valor de entrada do seu novo apartamento.

Contudo, o programa foi criado porque sabemos que o valor de entrada é uma questão delicada para muitas pessoas, principalmente para quem está adquirindo seu primeiro imóvel sozinho. Por isso, também temos parceria com o programa habitacional Casa Verde Amarela do Governo Federal, para facilitar ainda mais a conquista do seu apartamento próprio.

Então, confira os apartamentos Tenda à venda e dê o primeiro passo em direção ao seu novo cantinho.

Considere fazer um financiamento

Se você não tem uma reserva financeira para comprar um apartamento à vista ou parcialmente, é recomendável avaliar a possibilidade de financiar o tão sonhado imóvel.

Antes de mais nada, o financiamento imobiliário é a compra à vista com dinheiro de terceiros. Em resumo, é um empréstimo bancário e a forma mais comum de adquirir imóveis no Brasil.

Em outras palavras, o comprador dá um valor de entrada para o vendedor do imóvel e pede emprestado o valor restante para uma instituição financeira (bancos, financiadoras, etc.) . É possível conseguir o financiamento de até 80% do valor do imóvel.

Contudo, é importante saber quais são as condições para solicitar um financiamento para comprar um apartamento. Confira a seguir os requisitos para solicitar um financiamento imobiliário:

  • Ter mais de 18 anos (maioridade civil);
  • Não pode ter nenhuma restrição de crédito (“nome sujo”) em cadastros como SPC (Serviço de Proteção de Crédito) e Serasa;
  • Comprovação de renda.
Como amortizar parcelas | Amortização de parcelas | Guia da Tenda | Blog da Tenda

Financiamento imobiliário é a forma mais comum de adquirir imóveis no Brasil.

Nesse sentido, é importante destacar como você pode comprovar sua renda . Se você trabalha como CLT (trabalhador com carteira profissional registrada), conheça a lista de documentos necessários para comprovar sua renda:

  • Holerite dos últimos meses trabalhados;
  • Carteira de trabalho;
  • Declaração do Imposto de renda.

Do mesmo modo, se você trabalha como autônomo, saiba quais documentos que podem ser apresentados para a comprovação de renda:

  • Extratos bancários;
  • Decore (comprovante utilizado para quem trabalha com empresas públicas e privadas e emitido por contadores profissionais);
  • Recibo de pagamento de autônomo (RPA).

Porém, depois do financiamento ser aprovado, é preciso passar por uma avaliação de crédito. Nesta avaliação, o banco ou instituição financeira analisa a possibilidade do comprador pagar o empréstimo solicitado.

Outros documentos importantes para o financiamento imobiliário

Para que a solicitação do financiamento imobiliário seja um sucesso, é preciso apresentar outros documentos que o banco pode solicitar para aprovação do crédito. Confira abaixo a lista da documentação:

  • Documentos pessoais como RG e CPF;
  • Certidões (nascimento, casamento, união estável ou divórcio);
  • Comprovante de residência atual;
  • E se for utilizar o FGTS, cópia da carteira profissional com extrato do FGTS e a autorização para movimentação.

Seja como for, comprovar sua renda para solicitar um financiamento imobiliário não é um bicho de sete cabeças. Basta levantar as documentações, manter seu nome limpo, ter um bom relacionamento com os bancos e reunir os registros de pagamentos de extras. Assim, você conseguirá dar os primeiros passos para conquistar seu apartamento sozinha.

Composição de renda

No entanto, caso sua renda ainda não seja o suficiente para dar entrada num financiamento imobiliário, existe a possibilidade de você compor renda com outras pessoas.

Você pode compor rendas com mais três pessoas | Blog da Tenda

Você pode compor sua renda com mais três pessoas.

Ou seja, você pode compor renda com até três pessoas. Pode ser mãe, pai, filho, filha, marido, namorado, noivo, noiva, namorada, amigos, parentes, a lista é grande. Assim, essas pessoas podem te ajudar a conquistar o seu sonho da casa própria.

Aproveite o Programa Casa Verde Amarela

Antes de mais nada, o Casa Verde Amarela é o novo programa habitacional criado pelo Governo Federal, o substituto do programa Minha Casa, Minha Vida. O objetivo é facilitar a compra da casa própria e melhorar a qualidade de vida dos brasileiros de renda baixa.

Contudo, mesmo que sua renda não seja o suficiente para comprar seu apartamento sozinha, confira todos os detalhes e as principais vantagens do Casa Verde Amarela:

  • Subsídio: é um valor dado pelo Governo Federal para facilitar a compra do imóvel. Esse valor é fornecido em forma de desconto na hora da compra do imóvel, deixando o financiamento e as parcelas mais baratas. O valor não precisa ser quitado ou devolvido ao Governo Federal.
  • Composição de Renda: é a soma dos salários de suas ou mais pessoas, sejam familiares ou amigos, para financiar um imóvel. Essa vantagem aumenta a chance de aprovação do financiamento.
  • FGTS: O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço pode ser utilizado como valor de entrada do imóvel, amortizar parcelas e auxiliar na negociação e condições do financiamento.

Além das vantagens, saiba mais sobre subsídio e confira abaixo qual a faixa de renda do programa Casa Verde Amarela é a ideal para você.

O que é o subsídio?

Primeiramente, subsídio  é uma concessão de dinheiro feita pelo Governo Federal para tornar acessível a compra de imóveis para brasileiros de baixa renda. Ou seja, o Governo Federal te ajuda pagando uma parte do seu apartamento. Mas, não se preocupe, você não precisará devolver esse dinheiro.

Porém, você deve estar se perguntando: mas como funciona o subsídio habitacional? Para simplificar, confira o exemplo: digamos que você vai comprar um apartamento de R$100 mil e consegue um subsídio de R$20 mil. Isso quer dizer que, você pagará apenas R$80 mil. Incrível, não é mesmo?

Acima de tudo, é importante destacar que no programa habitacional Casa Verde Amarela, o subsídio é concedido de acordo com a faixa de renda. Confira abaixo as faixas de renda do Casa Verde Amarela e saiba qual é a que se adequa melhor para às suas condições.

Grupos e faixas de renda do Programa Casa Verde e Amarela | Blog da Tenda

 

Além das faixas de renda, conheça as taxas que você poderá pagar com relação ao financiamento imobiliário do seu novo apartamento.

Taxas de juros do programa Casa Verde e Amarela | Blog da TendaEntretanto, é importante ressaltar que as taxas de juros do programa Casa Verde e Amarela são de acordo com a localidade do imóvel que você deseja adquirir. A Tenda tem parceria com o Casa Verde e Amarela e está presente em nove estados do Brasil. Visite nossa Loja Virtual , conheça os empreendimentos do seu estado e aproveite as vantagens do programa Casa Verde e Amarela

Além disso, quer descobrir quanto você pode ganhar de subsídio e de quanto vai precisar para conquistar seu apartamento? Então, conheça o Simulador de Financiamento da Construtora Tenda.

Depois disso tudo, é só seguir o passo a passo desse guia de como comprar seu apartamento sozinha. Conte com a Tenda para dar o passo inicial para conquistar seu cantinho com toda a segurança que você precisa.

Loja Virtual Tenda
Spotify Blog da Tenda
Autor do Post | Tenda Blog
Escrito por:

Tenda

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

(0) Comentários
Este artigo ainda não possui comentário. Seja o primeiro.
Deixe seu contato

A gente quer compartilhar as novidades primeiro com você.