Guia completo
para conquistar
seu ape.

Baixe grátis



Cadastre-se e fique
por dentro das novidades.





Ter um companheiro de quatro patas é imprescindível para muita gente. Aprenda as melhores práticas para criar um pet em apartamento, evitando possíveis problemas e contratempos!

Ter um ou mais animais de estimação é a realidade de muita gente e o desejo de outras tantas que veem neles grandes e fiéis companheiros. Porém, quem nunca foi tutor e mora em condomínio sempre se questiona a mesma coisa: é ou não possível, de acordo com a lei, criar pet em apartamento? Afinal, ninguém quer adotar um bichinho em vão, muito menos entrar em conflitos com os vizinhos, não é mesmo?

Por isso, saiba que não há absolutamente nada na legislação brasileira que restrinja o seu direito de ter um animal no seu imóvel. Contudo, é essencial ficar atento às normas internas do edifício a respeito da circulação de cães, gatos, aves, roedores, répteis e afins em áreas comuns, como elevadores, corredores, playgrounds etc.

Além disso, é preciso tomar alguns cuidados e fazer algumas modificações no seu lar para proporcionar conforto, segurança e qualidade de vida ao seu pet. Preparamos este post justamente para falar sobre isso. Acompanhe!

Quais cuidados ter em relação à segurança do pet em apartamento?

Agora que você já sabe que é possível, sim, ter um amigo de quatro patas no seu imóvel, deve estar se questionando sobre quais são os cuidados indispensáveis para garantir que o seu lar seja seguro para o animal, não é mesmo? Por essa razão, reunimos, logo abaixo, alguns dos mais importantes.

Instale telas de segurança no imóvel

O primeiro deles é instalar telas de segurança nas janelas do imóvel. Afinal, animais de médio e grande porte podem alcançá-las facilmente e, por curiosidade, escaparem por elas — algo que pode ser fatal, especialmente se você morar em um andar muito alto.

Essa providência se torna ainda mais necessária e urgente caso você adote uma espécie que goste de altura, como é o caso dos gatos, das aves e dos lagartos. Portanto, não marque bobeira!

Não deixe exposta a fiação dos aparelhos

Outra importante medida de segurança é não deixar os fios dos seus aparelhos elétricos expostos ao longo do piso do apartamento. Tenha em mente que esse descuido abre brecha para que o seu pet roa e/ou mastigue os cabos, o que pode não apenas danificá-los, como também causar choques.

Além disso, caso o bichinho se enrosque e fique preso na fiação, é provável que ele se afobe ao tentar se livrar e acabe arrastando o equipamento, derrubando-o no chão — e dependendo da gravidade do impacto e do aparelho em questão, você pode ter grandes prejuízos!

Armazene os produtos de limpeza em uma área isolada

Também é necessário que você esteja atento à maneira que armazena os produtos de limpeza utilizados no seu lar. É comum que eles sejam mantidos em locais de fácil acesso, justamente porque são usados com frequência, como é o caso de detergente, sabão, água sanitária, amaciante. Contudo, ter um pet em apartamento exige a mudança desse hábito.

Lembre-se de que os animais são curiosos e podem facilmente abrir embalagens e consumir o conteúdo, o que pode causar intoxicações, diarreias, vômitos, problemas respiratórios e outras complicações. Por isso, o indicado é guardar todos os produtos de limpeza dentro de armários e manter as portas do móvel sempre fechadas, ok?

Cuidado com o cultivo de plantas tóxicas para animais

Por último, fique esperto quanto ao cultivo de plantas no imóvel. Essa é uma tendência que tem crescido muito nos últimos anos por trazer originalidade e vida à decoração de apartamentos — mas também pode representar riscos aos animais.

Algumas espécies são tóxicas para os pets (como babosa, samambaia, antúrio e espada-de-são-jorge) e podem provocar desde simples alergias na pele até graves hemorragias e convulsões. Portanto, antes de comprar qualquer planta, busque se informar se é possível cultivá-la sem riscos ao animal de estimação.

Quais cuidados ter em relação ao bem-estar do pet em apartamento?

Nos tópicos anteriores, falamos dos cuidados necessários para que você evite acidentes envolvendo o seu bichinho. Agora, vamos destacar outros pontos importantes que merecem a sua atenção para garantir que o pet tenha uma boa qualidade de vida.

Reserve um local para que ele faça as necessidades

Deixe bem definido o local em que o pet vai fazer as necessidades dele, seja utilizando um tapete higiênico ou uma caixa de areia, por exemplo — um bom ambiente para isso é a área de serviço. Dessa forma, ele pode ser adestrado e se acostumar facilmente a urinar e defecar todos os dias no mesmo lugar.

Esse cuidado simples evita que o animal permaneça em contato com os próprios dejetos, que a comida e a água que ele consome sejam contaminadas e, principalmente, que o seu lar fique com odores desagradáveis.

Conte com uma área reservada para ele dormir

Fora o espaço reservado para o bichinho fazer as necessidades, é fundamental que você também defina um local onde ele possa descansar sem ser incomodado por barulhos ou fluxo constante de pessoas. Afinal, muitos animais gostam de dormir durante a manhã e a tarde, e isso pode ser dificultado, por exemplo, caso você receba visitas de amigos e conhecidos com os quais eles não estão habituados.

Invista em brinquedos para distraí-lo

Com a rotina corrida e cheia de compromissos, é natural que você passe mais tempo fora do que dentro de casa, não é verdade? Por essa razão, vale a pena adquirir brinquedos para divertir e entreter o animal. Assim, ele não só se distrai como também se exercita, o que o ajuda a reduzir o tédio.

Faça passeios regulares com o animal

Para encerrar, crie uma rotina de passeios diários com o seu pet. Isso é importante para que ele possa relaxar e reduzir tanto o estresse quanto a ansiedade por passar boa parte do dia dentro de casa e sem a sua companhia. Além disso, mesmo que durem poucos minutos, esses passeios contribuem para deixá-lo mais sociável, melhorar o condicionamento físico e aumentar os laços entre vocês.

Como você viu, ter pet em apartamento requer algumas adaptações no lar e até mesmo na sua rotina. São mudanças simples e fáceis de colocar em prática e que asseguram que o seu companheiro de quatro patas tenha uma vida longa e tranquila ao seu lado. Por isso, não deixe de segui-las, certo?

 

E se os seus amigos também planejam se tornar tutores, mas ainda estão confusos sobre o que é preciso fazer no apartamento, já sabe: compartilhe este post com eles por meio das redes sociais!

invista em brinquedos para distraí-lo

 

É possível comprar imóvel sem entrada?

É possível comprar imóvel sem entrada?

Minha Casa Minha Vida

Conquistar a casa própria é um sonho que tem se tornado realidade para muitas famílias brasileiras. Por isso, saber como funciona o financiamento da casa própria e entender se é possível comprar um imóvel sem entrada pode ser o que faltava para que você consiga alcançar esse sonho! Quer ver só?

7 dicas para comprar apartamento com o noivo

7 dicas para comprar apartamento com o noivo

Minha Casa Minha Vida

Conquistar a casa própria costuma ser um dos primeiros objetivos de qualquer recém-casado, não é mesmo? Pois para facilitar ainda mais a realização desse sonho, nada melhor que começar um financiamento conjunto para comprar apartamento com o noivo!

Entenda agora como funciona a garantia para apartamento novo

Entenda agora como funciona a garantia para apartamento novo

Minha Casa Minha Vida

A conquista da tão sonhada casa própria é um marco de independência na vida de qualquer pessoa. No entanto, é importante estar sempre atento aos detalhes da negociação para que corra tudo bem nessa nova fase.

Construir ou comprar pronto: aprenda como escolher entre eles

Construir ou comprar pronto: aprenda como escolher entre eles

Minha Casa Minha Vida

O que você precisa levar em consideração para decidir com mais certeza entre comprar imóvel pronto ou construir a própria casa? Leia este post e tire suas dúvidas!

Você sabe quais são os tipos de financiamento imobiliário?

Você sabe quais são os tipos de financiamento imobiliário?

Minha Casa Minha Vida

Com o aumento da renda média dos brasileiros, adquirir o próprio imóvel tem sido um objetivo mais fácil de ser alcançado. Embora muitas pessoas ainda tenham receio de financiar a casa ou o apartamento dos sonhos, o primeiro passo é conhecer os tipos de financiamento imobiliário.

Casa própria no brasil: sonho ou realidade? confira como conquistar a sua também!

Casa própria no brasil: sonho ou realidade? confira como conquistar a sua também!

Minha Casa Minha Vida

A casa própria é um dos sonhos mais desejados pela população brasileira. Centenas de famílias ainda vivem de aluguel ou em moradias precárias, mas essa realidade está mudando drasticamente e o acesso à casa própria já não é tão difícil como antes!
Todos os direitos reservados Tenda
CPNJ: 09.625.762/0001-58