Ah, agosto! O mês que nunca acaba chegou ao fim. Deu tempo de aprender tudo o que ensinamos no Eu Dou Conta de 2022?

Está sem tempo para ler agora? Então, ouça este conteúdo que está dividido em 3 partes para você! Aproveite a primeira aqui e, depois, confira as próximas no decorrer do artigo! Para ouvir é só clicar no play!

Se a resposta for não, não tem problema. É só aproveitar o resumo do mês que preparamos para você. Não esqueça de pegar papel e caneta e anotar todas as nossas dicas. Boa leitura!

O que é o Eu Dou Conta de 2022?

Eu Dou Conta de 2022

Sem dúvida, 2021 não foi um ano fácil, não é? A gente se empolgou com o “só se vive uma vez”, mas esquecemos que os boletos estão bem vivos todos os meses. Ainda bem que 2022 está aí pra você dar um jeito nas contas!

E pensando em “ano novo, vida nova”, nós criamos o “Eu Dou Conta de 2022”, um projeto que tem o objetivo de te ajudar a melhorar sua saúde financeira.

Nós vamos postar dicas e conteúdos que vão te ajudar a economizar, lidar com as dívidas e realizar seus sonhos. São 365 dicas, 365 oportunidades pra você mudar de vida. É só conferir lá nos stories do Instagram. Vamos juntos?

Como limpar o seu nome

Como limpar nome sujo | Foto de um homem olhando preocupado para o notebook | Como limpar o seu nome | Eu Dou Conta

Antes de mais nada, vamos começar do começo. Quem tem o nome sujo pode encontrar dificuldades na hora de fazer compras, incluindo uma compra maior, como um financiamento imobiliário, por exemplo.

Além disso, muitas pessoas que estão negativadas não sabem como resolver essa situação, acumulando mais dívidas. Por isso, o nome sujo é um assunto que não poderia ter ficado de fora das nossas dicas de agosto, certo?

A seguir, confira tudo o que falamos sobre o tema nesse mês.

O que pode sujar o nome?

Em primeiro lugar, se você não sabe quais hábitos financeiros podem causar a negativação do CPF, vamos entender o que pode sujar o seu nome.

Para resumir, a falta de organização financeira é um dos principais motivos da negativação. Isso porque, ao perder o controle das finanças, é mais fácil se endividar e não conseguir pagar as contas.

Em resumo, você pode ficar com o nome sujo se atrasar o pagamento das suas contas, desde despesas de casa (água, luz, aluguel) até mesmo boletos do cartão de crédito e empréstimos. Com isso, seu nome poderá ser inscrito em um órgão de proteção ao crédito (SPC, Serasa e Boa Vista).

Por que é importante limpar o nome?

Com toda a certeza, existem muitos motivos para você querer limpar seu nome e ficar livre das dívidas. Quer ver só? Aqui estão alguns dos problemas que você pode ter por estar com o nome negativado:

  • Problemas com serviços bancários;
  • Crédito negado;
  • Dificuldade na renovação de matrícula;
  • Problemas de contratação de emprego;
  • Problemas para manter uma boa pontuação de score;
  • Processos judiciais;
  • Complicações na vida pessoal.

Como limpar nome sujo?

Sem sombra de dúvidas, ter o nome negativado é um problema que todos queremos evitar. Mas, se você já tem o nome sujo, não se desespere. É possível sair dessa situação!

Em primeiro lugar, é preciso descobrir quais são as dívidas, o valor delas e qual é a a empresa que você está devendo. Para isso, é só consultar o seu CPF em um site de birô de crédito, como a Serasa, SPC e Boa Vista.

Depois, é necessário entender qual o tipo de dívida que te deixou com o nome sujo. Veja a seguir:

  • Cheque sem fundo: entre em contato com a pessoa ou empresa que recebeu o cheque, pague a dívida e solicite um recibo. Em seguida, vá até o banco com o cheque e o recibo em mãos e pague as taxas pendentes;
  • Carnê atrasado: tente renegociar a dívida com a empresa que inscreveu o seu nome na lista de negativados. Ao pagar a conta, a instituição tem até 5 dias para retirar o seu CPF dos birôs de crédito;
  • Cartão de crédito ou empréstimo: renegocie com a empresa fazendo um pagamento parcelado ou total, se você puder;
  • Título protestado: vá até o cartório mais próximo e consulte quem registrou o protesto. Depois, entre em contato com o credor e negocie a dívida. Com o recibo e título em mãos, você só precisa voltar ao cartório e efetuar o pagamento de uma taxa proporcional ao valor da dívida para retirar o protesto.

Como consultar CPF

Como vimos, um dos passos mais importantes para limpar o nome é fazer uma consulta de CPF e entender quantas dívidas você tem, para quais empresas está devendo e acima de tudo, qual o valor de cada uma dessas contas.

Mas, afinal, qual é a melhor forma de consultar o CPF? Em resumo, para saber o status do seu nome, você deve procurar um órgão de crédito, que pode ser a Serasa, o SPC ou o Boa Vista, fazer um cadastro com alguns dados básicos e digitar o número do seu CPF.

Ao fazer isso, você vai poder entender quantas dívidas possui, o valor delas, entre outras informações, como a sua pontuação de score.

Como consultar CNPJ

Seja para entender o perfil financeiro da empresa ou para descobrir o status do próprio negócio, também é possível consultar um CNPJ, assim como é feito com o CPF.

Em resumo, a principal forma de consultar o CNPJ é através da Receita Federal. Basta acessar o site da instituição, digitar o número do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica e conferir as informações disponíveis.

Score de crédito

Score de crédito | Uma pessoa mexendo no celular | Como limpar o seu nome | Eu Dou Conta

Uma das formas de conseguir boas condições de crédito é ter uma pontuação de score alta. Isso porque ter um score baixo é prejudicial em muitas situações, seja para pedir um cartão de crédito ou fazer uma compra maior, como um empréstimo ou financiamento.

Por isso, em agosto, nós trouxemos algumas dicas para aumentar o score de crédito. Confira!

  • Limpe seu nome;
  • Tenha contas em seu nome;
  • Pague suas compras e contas em dia;
  • Quite as dívidas em atraso;
  • Mantenha seus dados atualizados;
  • Tenha investimentos em instituições financeiras;
  • Não comprometa mais de 30% da sua renda com dívidas;
  • Se inscreva no Cadastro Positivo para aumentar o score.

Guia das dívidas

Guia das dívidas | Uma pessoa fazendo contas na calculadora | Como limpar o seu nome | Eu Dou Conta

Está precisando de uma ajuda com as dívidas? Em agosto, nós listamos as principais dúvidas sobre dívidas e como resolver elas. Se esse é o seu caso, aproveite para aprender com as dicas do Eu Dou Conta de 2022.

Como regularizar uma dívida prescrita

A dívida prescrita é aquela conta que não foi paga no prazo e te deixou com o nome negativado. Porém, o prazo para a cobrança dessa dívida se encerrou, ou seja, prescreveu.

Logo, prescrição de dívida é o tempo necessário para que as empresas a quem você deve percam o direito de te cobrar. Assim, após esse período, o seu nome sai da lista de negativados.

Entretanto, isso não significa que você não precisa mais pagar a conta. Mesmo com a dívida prescrita, você pode perder o acesso a cartões de crédito, empréstimos ou aprovação de financiamentos.

Por isso, para resolver uma dívida prescrita, basta procurar a pessoa ou empresa que registrou a dívida e tentar uma negociação. Além disso, uma outra oportunidade é participar de um feirão de negociação de dívidas.

Como sair do cheque especial

Passando aperto por conta do cheque especial? Apesar de parecer uma boa saída, ele também é uma das principais causas de endividamento no Brasil.

Nessa linha, por ser um crédito pré-aprovado, é muito fácil se endividar ao usar o cheque especial, já que quanto mais tempo você fica sem devolver o dinheiro ao banco, mais vai ser cobrado.

Mas afinal, como se livrar dessa dívida? Veja a seguir:

  • Negocie com o banco;
  • Escolha uma opção com juros menores;
  • Reduza o limite;
  • Controle suas finanças.

Esses são bons passos para por em prática e sair do cheque especial.

Confira agora o segundo áudio do conteúdo! Assim, ao terminar de ouvir, aproveite o último trecho mais abaixo desta página!

Dicas para sair das dívidas até o final do ano

Sua meta de 2022 é quitar todas as dívidas até o dia 31 de dezembro? Olha, nós já estamos em agosto, mas com determinação e planejamento, saiba que é possível!

O primeiro passo é ter calma e entender que existem formas de sair dessa situação. A seguir, você confere as principais:

  • Anote todos os seus gastos;
  • Saiba o quanto você deve;
  • Crie metas;
  • Converse com a sua família;
  • Corte gastos desnecessários;
  • Busque uma renda extra;
  • Negocie com os credores para sair das dívidas;
  • Elimine dívidas com juros altos.

Colocando esses hábitos em prática, as suas chances de se livrar das dívidas serão maiores. Acredite!

Cuidados para evitar dívidas caras

Na mesma linha, as dívidas caras podem ser as grandes vilãs do orçamento financeiro. Por isso, em agosto nós preparamos uma lista valiosa com dicas para evitar que elas atrapalhem a sua organização. Confira:

  • Entenda as modalidades de crédito;
  • Pesquise sobre as taxas de juros;
  • Compare os juros entre bancos;
  • Passe a controlar seus gastos;
  • Busque mais conhecimento sobre educação financeira.

Assim, você vai poder entender o que avaliar antes de ter uma nova dívida.

Como evitar dívidas novas?

Vamos fechar o guia das dívidas com chave de ouro? Mesmo que você não tenha muitas dívidas, é essencial saber como evitar que elas apareçam e causem aquele estrago nas suas finanças.

Por outro lado, se você já conseguiu quitar suas contas, é mais importante ainda entender como evitar que elas te atrapalhem de novo, certo?

Então, saiba como evitar novas dívidas:

  • Tenha hábitos saudáveis;
  • Comece a poupar;
  • Evite o cartão de crédito e parcelamentos;
  • Pesquise antes de comprar;
  • Procure aprender mais sobre educação financeira.

Modalidades de crédito

Modalidades de crédito | Foto de um homem e uma mulher sorrindo para o computador | Como limpar o seu nome | Eu Dou Conta

Você tem dúvidas sobre empréstimo e financiamento? Então, a boa notícia é que em agosto nós abordamos muitos temas relacionados à essas modalidades de crédito. Em seguida, relembre o que aprendemos!

O que é um empréstimo pessoal?

Atualmente, o mercado conta com várias modalidades de empréstimo, sendo uma das mais populares o empréstimo pessoal.

Para esclarecer, esse tipo de crédito é um valor concedido por instituições financeiras de uma forma rápida e simples. Em resumo, você pega a quantia, usa como quiser e depois paga o valor para o banco ou empresa credora, sem precisar apresentar garantia.

Para conceder o empréstimo, antes o banco faz uma análise de crédito do seu perfil financeiro, avaliando suas condições e sua pontuação de score, por exemplo. Se tudo estiver certo, você será aprovado e o dinheiro será transferido para a sua conta corrente.

Mas, atenção: as taxas de juros do empréstimo pessoal podem ser muito altas, o que pode prejudicar suas finanças. Para resumir, essa categoria é indicada para emergências ou quitar dívidas, desde que você consiga arcar com o valor do empréstimo depois.

Como conseguir um empréstimo para negativado?

Nesse sentido, por ser uma linha de crédito um pouco mais fácil de conseguir aprovação, o empréstimo pode ser uma saída justamente para limpar o nome.

Para esclarecer, algumas opções podem ajudar, como o empréstimo com garantia de imóvel, empréstimo consignado para negativado e empréstimo pessoal para negativado.

Acima de tudo, qualquer empréstimo precisa ser feito com cuidado, ainda mais para quem está negativado. Por isso, sempre avalie se pegar o empréstimo vai resolver os seus problemas ou agravar a situação.

Se você perceber qualquer sinal de problema e endividamento, é melhor procurar outra opção para resolver a sua situação.

Qual score é bom para financiamento?

Você têm o sonho de comprar uma casa ou carro? O financiamento é uma modalidade de crédito que pode te ajudar nesse sentido. Afinal, é possível financiar um bem de grande valor em várias parcelas ao invés de comprar à vista.

Porém, para conseguir um financiamento, seja imobiliário, veicular ou até mesmo estudantil, é necessário ser aprovado na análise de crédito, e para isso, é indispensável ter uma boa pontuação de score.

É claro que tudo vai depender da empresa que fizer o seu financiamento. Mas de forma geral, as suas chances de conseguir esse crédito são maiores se você tiver entre 1.000 e 700 pontos.

Dicas para financiar um imóvel

Agora que você já sabe a pontuação de score ideal para o financiamento, se o seu desejo é financiar um imóvel, em agosto nós listamos as principais dicas para conseguir tirar esse plano do papel. Saiba como!

  • Faça uma simulação de financiamento imobiliário;
  • Certifique-se de que o imóvel escolhido está em dia;
  • Guarde dinheiro para a entrada;
  • Busque uma renda extra;
  • Procure limpar o seu nome e aumentar a pontuação de score.

Eu Dou Conta de 2022: Cartão de Crédito

Cartão de crédito | Foto de uma pessoa passando o cartão de crédito na maquininha | Como limpar o seu nome

Que atire a primeira pedra quem nunca ficou perdido sobre algum detalhe ou outro quando o boleto do cartão de crédito chegou no final do mês!

Se você têm dúvidas sobre a fatura do seu cartão de crédito, relembre com a gente como ela funciona:

  • Cabeçalho: é nessa parte que se encontram as informações de entrega e os principais dados, como nome, endereço, valor total da fatura e data de vencimento;
  • Linhas de crédito: é o espaço que mostra o limite total, o quanto já foi gasto e a quantia ainda disponível para uso;
  • Juros: são as taxas de juros cobradas em parcelas ou para compras específicas;
  • Descritivo de gastos: como o próprio nome já diz, são as compras que você realizou no mês. Assim, é possível ver a data, o nome do estabelecimento, o valor e a quantidade de parcelas feitas;
  • Dados da instituição: são as informações do banco responsável pelo cartão de crédito;
  • Valores: por último, mas não menos importante, são os valores mínimo e máximo para pagamento.

Lembrando que, ao pagar o valor mínimo, o restante da quantia entra no crédito rotativo, o que não é recomendado. Em resumo, agora que você já conhece os detalhes que compõem a fatura, coloque a sua organização financeira em prática para não tomar um susto toda vez que ela chegar, combinado?

Contas bancárias

Contas bancárias | Uma pessoa consultando sua conta bancária e segurando um cartão de crédito | Como limpar o seu nome | Eu Dou Conta

Outro tema importante que vimos em agosto foi sobre contas bancárias! Afinal, elas têm um papel muito importante quando o assunto é gestão financeira.

Nesse mês, nós relembramos os principais conceitos da conta digital e poupança. Confira!

Vantagens da conta digital

A conta digital é um tipo de conta bancária que possui todas as funções de uma conta tradicional, mas com a diferença que a maioria dos serviços é feito pela internet, sem a necessidade de ir até uma agência.

Com isso, você pode fazer transferências, pagamentos, gerir investimentos, acompanhar extratos, entre outros recursos online. Por isso, é considerada uma conta com muitos benefícios. Vamos relembrar os principais deles:

  • Economia;
  • Praticidade;
  • Segurança;
  • Transferências gratuitas;
  • Cartão sem anuidade;
  • Saque;
  • Rendimento;
  • Recompensas e programas de pontos;
  • Controle das finanças.

Legal, né? Então, se você está em busca de uma conta com menos burocracias e mais fácil de gerenciar, essa pode ser uma boa escolha.

Como funciona uma conta poupança

Por outro lado, a poupança é uma das contas mais populares do país, já que é mais simples e ainda rende um dinheirinho. Aliás, esse é o principal objetivo dela: poupar dinheiro. Por isso, é uma conta que não apresenta muitas funções e também não permite tanta movimentação quanto uma conta corrente, por exemplo.

Em outras palavras, ela funciona da seguinte forma: o dinheiro que você deposita recebe um rendimento mensal, desde que ele permaneça na conta durante todo o mês. Ou seja, se você tirar a sua aplicação antes dela completar um mês, você perderá qualquer ganho. Este período é conhecido como o “aniversário da poupança”.

Em resumo, a conta poupança é usada para guardar uma quantia que você não vai usar agora, como por exemplo, a sua reserva de emergência. Ela é uma opção simples e que pode te ajudar a economizar um pouquinho mais, certo?

Esta é a última parte deste conteúdo em áudio! Ouça agora!

Como funciona o FGTS

Como funciona o FGTS | Foto da Carteira de Trabalho e de um celular com o logo do FGTS | Como limpar o seu nome

Em agosto, também falamos sobre como funciona o FGTS, um dos benefícios mais populares para quem trabalha dentro do regime CLT.

O FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) é um direito de todo trabalhador de carteira assinada. Em resumo, ele foi criado para ajudar funcionários demitidos sem justa causa.

Assim, no início de cada mês, a empresa que contratou o trabalhador deposita um valor correspondente a 8% do salário seu salário em uma conta vinculada ao contrato de trabalho.

Apesar disso, a pessoa só pode usar essa quantia em algumas situações específicas, como na aposentadoria, para comprar ou construir uma casa, doenças graves, falência da empresa, entre outros.

Tudo sobre regimes de trabalho

Tudo sobre regimes de trabalho | Duas mulheres conversando | Como limpar o seu nome

Cada vez mais, novos modelos de trabalho ganham espaço no Brasil. Dessa forma, esse tema foi um dos assuntos relevantes que vimos no Eu Dou Conta de 2022.

Nesse sentido, muitas pessoas têm dúvidas sobre como funciona cada modalidade. Se essa também é uma dúvida sua, veja a seguir a diferença entre autônomo, profissional liberal e microempreendedor.

Autônomo

É a atividade do trabalhador que não tem vínculo empregatício. Ou seja, o trabalhador age por conta própria. Esse profissional pode prestar serviço a uma ou mais empresas, por exemplo.

Profissional liberal

Já o profissional liberal é o trabalhador que pode ter vínculos empregatícios com uma ou mais empresas. Porém, é preciso possuir uma licença especial fornecida pelo conselho da classe ou sindicato.

Microempreendedor

Por outro lado, também conhecido como MEI, o microempreendedor só pode ser pessoa jurídica, e deve ter um teto anual de no máximo R$ 81 mil. O microempreendedor também deve pagar algumas taxas e impostos específicos.

Quais são os benefícios do MEI?

Na mesma linha, o MEI é uma modalidade popular, pois muitos trabalhadores que decidem formalizar suas empresas optam por esse regime, já que ele possui regras menos burocráticas.

Com isso, o MEI possui alguns benefícios, e nós listamos os principais para você conferir:

  • Facilidade de abertura;
  • Acesso à crédito;
  • Declaração de renda simplificada;
  • Garantia aos direitos previdenciários.

Como se tornar uma Pessoa Jurídica?

Você tem o sonho de abrir um negócio? Ser o seu próprio chefe e gerir uma equipe? Então, o primeiro passo para conseguir um CNPJ é definir o porte da sua empresa. Em resumo, as possibilidades são:

  • Microempreendedor Individual (MEI): para profissionais autônomos que se enquadrem em alguma das atividades autorizadas e faturem até R$81 mil por ano;
  • Microempresa (ME): empresas com faturamento bruto anual de até R$360 mil;
  • Uma Empresa de Pequeno Porte (EPP): negócios que faturam entre R$360 mil e R$4,8 milhões por ano;
  • Empresa de Médio Porte: negócios que faturam entre R$4,8 milhões e R$20 milhões por ano;
  • Empresa de Grande Porte: negócios que faturam acima de R$20 milhões por ano.

Depois de definir o porte da empresa, é importante entender a natureza jurídica (Empresário Individual, Sociedade Limitada, Sociedade Anônima) e o regime tributário (Simples Nacional, Lucro Presumido, Lucro Real) que melhor se enquadram no contexto.

Por fim, não se esqueça de definir a área de atuação da sua empresa com base na Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE)

Como organizar as finanças

Como organizar as finanças | Foto de uma calculadora, um cofrinho de moedas, um caderno e um lápis | Como limpar o seu nome

Vamos lembrar como organizar as finanças? Afinal, depois de entender sobre como limpar o nome, dívidas, crédito, contas bancárias e modalidades de trabalho, é essencial saber como colocar a organização financeira em dia.

Para isso, vamos começar relembrando quais os principais erros que cometemos ao colocar as contas na ponta do lápis. Em resumo, não acompanhar os gastos, usar o cartão de crédito sem consciência e não ter disciplina são os principais motivos que podem estar fazendo as suas finanças saírem do controle.

Ou seja, se você tem um desses três hábitos (ou tem todos eles ao mesmo tempo, acontece) é hora de analisar a forma como você lida com o seu dinheiro e tentar controlar cada gasto e seguir seu plano à risca.

Tipos de metas financeiras

Metas financeiras | Como limpar o seu nome

Na mesma linha, para conseguir montar um planejamento financeiro eficiente, é importante criar metas que vão te ajudar a entender como e quanto você precisa para tirar aquele sonho do papel, por exemplo.

Por isso, em agosto nós também explicamos sobre metas de curto, médio e longo prazo. As metas de curto prazo são aquelas que você quer alcançar em até um ano, como ter uma renda extraeconomizar mais e cortar gastos desnecessários.

Por outro lado, metas de médio prazo são aquelas que precisam de um planejamento financeiro um pouco maior. Por isso, é comum que elas levem no mínimo dois anos para se realizar. Alguns exemplos são: uma viagem ou uma festa de casamento.

Em conclusão, as metas de longo prazo são aquelas cujo objetivo final vai demorar mais tempo para se concretizar, por volta de três anos ou mais. Nesse caso, podemos incluir exemplos como trocar de emprego, comprar um novo carro ou juntar dinheiro para dar entrada em um imóvel.

Economia e renda extra

Economia e renda extra | Foto de uma pessoa colocando uma moeda em um cofrinho | Como limpar o seu nome

O resumo de agosto do Eu Dou Conta de 2022 está quase chegando ao fim. Mas antes, nós vamos lembrar de dois temas importantes: economia e renda extra!

Guia para economizar em compras: Dia dos Pais 

O segundo domingo de agosto foi um dia muito especial, afinal, foi comemorado o Dia dos Pais! Nós mostramos como é possível economizar mesmo em uma data comemorativa. Quer relembrar quais foram as nossas dicas? Acompanhe:

  • Pesquise antes de comprar;
  • Evite compras parceladas;
  • Faça listas e planeje as compras;
  • Participe de programas de fidelidade;
  • Opte por lojas com frete gratuito;
  • Fique atento as promoções;
  • Use cupons de desconto;
  • Não deixe de poupar;
  • Pague as compras à vista;
  • Pesquise e compare preços;
  • Evite usar o cartão de crédito nas compras;
  • Evite compras no final de semana.

Como economizar água

Nesse mês, também falamos como economizar um pouco mais na conta de água, evitando o desperdício e ajudando o meio ambiente. Para isso, trouxemos dicas valiosas. Veja a seguir as principais:

  • Ler o hidrômetro;
  • Reduzir o tempo de banho;
  • Desligar a torneira ao escovar os dentes;
  • Ensaboar toda a louça de uma vez só;
  • Reaproveitar a água da máquina de lavar;
  • Diminuir a frequência da lavagem de roupa.

10 dicas para comprar um carro economizando

Para fechar a nossa série sobre dicas de economia, o Eu Dou Conta também ensinou alguns passos para economizar mais se o seu objetivo for a conquista de um carro próprio! Demais, né? Então, prepare papel e caneta e saiba mais:

  1. Conheça seus gastos;
  2. Estabeleça metas;
  3. Escolha o melhor momento;
  4. Considere as suas necessidades;
  5. Defina um valor para a compra;
  6. Pesquise os modelos;
  7. Faça uma avaliação do veículo;
  8. Considere os gastos depois da compra;
  9. Economize;
  10. Negocie com a concessionária.

Dicas para conseguir uma renda extra

Fala a verdade: quem não gosta de ganhar um dinheiro a mais? Aliás, esse é um dos maiores objetivos de muitas pessoas, que buscam por uma renda extra para complementar o salário.

Ter uma renda extra também é uma meta para você? Então, não deixe de conferir as dicas que relembramos para alcançar esse objetivo. Veja a seguir:

  • Faça um bazar virtual;
  • Alugue milhas;
  • Dê aulas online;
  • Produza e venda de alimentos;
  • Revenda produtos;
  • Traduza textos;
  • Faça entregas por aplicativo.

Eu Dou Conta de 2022: voltamos em setembro!

Mais um resumo concluído! Se você gosta das nossas dicas e quer continuar aprendendo sobre educação financeira, é só ficar de olho no Eu Dou Conta. Nos vemos no próximo mês!

Sobre o Eu Dou Conta

O Eu Dou Conta é uma plataforma de educação financeira que vai te ajudar a sair do vermelho, conseguir juntar uma renda extra e lidar melhor com o seu dinheiro.

Nós da Construtora Tenda criamos esse projeto para colocar ao alcance de todo brasileiro informações importantes sobre finanças. Queremos mostrar que o dinheiro não precisa ser um problema, mas sim um caminho para alcançar seus objetivos.

Por isso, nosso blog segue uma “trajetória” de conteúdos. Explicamos desde conceitos iniciais como negativação e score de crédito, até as principais dúvidas sobre dívidas, como empréstimos e cheque especial, e dicas de como economizar.

Tudo isso em uma linguagem acessível e porque não (?) divertida. Queremos que as pessoas consigam aprender, tirar suas dúvidas e, posteriormente, dar o próximo passo: talvez começar a investir, conseguir poupar ou então realizar sonhos, como o da casa própria.

A Tenda é uma grande parceira dos programas habitacionais do Governo Federal, como o Casa Verde e Amarela, substituto do Minha Casa Minha Vida. Isso quer dizer que, com a gente, o sonho da casa própria está mais próximo do que você imagina.

Pode acreditar, nós já ajudamos mais de 120 mil famílias brasileiras a conquistarem a casa própria por meio das nossas parcerias. Com mais de 50 anos de história, a Construtora Tenda está presente em 9 estados e até mesmo na B3, a Bolsa de Valores do Brasil. Aproveite para conhecer a nossa Loja Virtual e encontrar um apartamento pertinho de você.