Cadastre-se e fique
por dentro das novidades.





A arte é uma forma que o ser humano descobriu para expressar os seus sentimentos. Assim, o uso de quadros decorativos nos projetos de decoração contribui com o visual do ambiente, além de ajudar a evidenciar a identidade dos moradores da casa.

Sejam as imagens com conceitos bem definidos ou padrões abstratos, incorporar a arte pelas paredes da casa deixa o espaço cheio de personalidade. Contudo, antes de comprar cada elemento, é fundamental considerar o tipo de decoração do local, o tamanho das paredes e a mensagem que deseja transmitir.

Provavelmente, o uso de peças contemporâneas em um projeto com estilo clássico vai destoar no ambiente. Por isso, para entender como harmonizar os quadros na sua decoração, confira as dicas que preparamos neste post!

Entenda os tipos de moldura

A moldura é uma parte essencial do quadro. Então, escolher o modelo correto é importante para valorizar tanto a obra quanto o ambiente. Considerando isso, se você pensa que esses itens devem combinar com a cor dos móveis, está enganado. A princípio, a sua função é complementar a arte. Desse modo, todo o conjunto é responsável pela harmonização.

Às vezes, a simplicidade é a melhor escolha. Por exemplo, os modelos do tipo caixa com passe-partout em branco ou bege combinam muito bem com variados estilos de decoração, destacando a arte sem chamar tanta atenção. Esse método é bastante recomendado para a composição de telas, pôsteres e pequenas gravuras, porque não deixa o visual cansativo.

Vale lembrar que o peso da moldura não está em sua largura, mas na cor escolhida. Além disso, as tonalidades não precisam ser as mesmas, ainda que sejam instalados em uma das paredes, com exceção de coleções de um mesmo artista. Nesse caso, é interessante manter um padrão para apresentar a conexão entre os quadros.

Pense no alinhamento dos quadros

Você sabia que o alinhamento dos quadros em uma parede pode influenciar o efeito que a decoração causará? Para não sair fazendo furos desnecessários, brinque com as possibilidades antes da aplicação final. Para isso, tire as medidas das peças em questão e faça composições colando-os com fita adesiva. Desse jeito, você conseguirá pré-visualizar o resultado.

No entanto, independentemente da disposição pretendida, é importante ressaltar que a distância mínima entre um quadro e outro deve ser de 5 cm. Isso contribui para que todos sejam facilmente apreciados de maneira individual.

Vale dizer que a disposição mais confortável é quando o centro do quadro está na altura média dos olhos dos brasileiros, equivalente a cerca de 1,50 m do chão. Inclusive, se a intenção é usar acima de mobílias, a linha de base deve estar entre 25 e 30 cm acima de qualquer objeto.

Alinhamento cartesiano

As disposições retas são as mais simples de serem criadas, por essa razão, são bastante utilizadas. Por exemplo, se você tem três quadros do mesmo tamanho, é possível alinhá-los na horizontal, centralizando a composição com um móvel ou no meio da parede do corredor.

Também é permitido criar um alinhamento cartesiano com itens de tamanhos variados. Nessa situação, você pode criar um retângulo ou quadrado imaginário, organizando os quadros ali dentro. Outras opções são alinhá-los de acordo com a borda inferior ou superior, deixando o lado oposto assimétrico.

Alinhamento em nuvem

Essa é a maneira mais moderna de distribuir os quadros na parede da sua casa. Embora passe a sensação de que não existe uma regra, cada elemento se alinha de forma individual, deixando as pontas mais finas.

A partir desse tipo de montagem, é possível criar uma espécie de mosaico, preenchendo uma das paredes do cômodo com um misto de elementos em formatos quadrados, retangulares e ovais. Essa ideia é excelente para criar uma atmosfera descontraída no ambiente.

Combine quadros com a decoração

A combinação entre as tonalidades das paredes com a arte escolhida para compor o ambiente é essencial para criar um visual agradável. Entretanto, tudo dependerá do efeito que você deseja causar.

É possível criar combinações a partir de cores contrastantes ou complementares. Por exemplo, quadros em tons claros sobre uma parede vibrante ou manter a mesma paleta de cores nos dois elementos para não criar um conflito.

Uma dica para quem não é tão adepto à ousadia, é agrupar quadros no lado oposto à superfície colorida. Dessa forma, você pode procurar imagens que contenham detalhes nos mesmos tons da parede. Essa solução deixa o espaço muito mais harmonioso e elegante.

Quadros na cozinha

Com a tendência das cozinhas integradas com a sala, o cuidado com a decoração desse espaço é ainda mais necessário. Por isso, uma forma de usar os quadros no projeto é dispondo as peças de uma maneira que desenvolva a união dos ambientes.

Nas cozinhas fechadas, é possível instalar pequenos quadros decorativos na parede da bancada ou mais próximos da mesa de jantar. Isso trará conforto psicológico e um ar agradável para o dia a dia da família.

Quadros na sala

A composição com vários quadros decorativos é excelente para espaços modernos ou vintage. Já no caso das decorações mais clássicas, peças maiores com temas relacionados à paisagens ou figuras humanas são interessantes.

Embora seja um clichê, a instalação de quadros atrás do sofá é sofisticada, principalmente os elementos com padrões abstratos, que harmonizam muito bem com projetos contemporâneos.

Quadros no quarto

No quarto do casal, uma das melhores formas de posicionar os quadros é sobre a cabeceira. Levar a arte para esse espaço deixa o ambiente mais leve, essencialmente quando a composição preenche toda a extensão da cama, podendo ser feito com uma ou mais peças, por exemplo, quatro quadros em formatos quadrados alinhados na horizontal.

Agora, no quarto de crianças, eles podem surgir tanto na cabeceira quanto sobre armários. Os temas devem ser mais voltados à diversão, com uma linha educativa. Desse modo, além de deixar o ambiente agradável, estimula a curiosidade e o interesse dos pequenos.

Como você pôde perceber, os quadros são peças indispensáveis em qualquer decoração. No entanto, é fundamental ser cuidadoso na hora de escolher o conteúdo das imagens, pois elas devem seguir os gostos pessoais dos moradores e, ao mesmo tempo, não constranger as visitas.

Outra questão importante são os excessos. Embora os quadros decorativos sejam ótimos aliados na decoração de um ambiente, fuja dos excessos para não deixar a composição muito carregada. Busque a harmonia entre as cores e os tamanhos para manter um equilíbrio visual.

Além disso, os quadros são ótimos para ampliar o espaço. Se a sua intenção for essa, é primordial que esse elemento não ocupe toda a extensão da parede. Esse tipo de uso cria uma atmosfera muito claustrofóbica, principalmente nos cômodos mais compactos.

Se você gostou deste post sobre como usar quadros decorativos na decoração da sua casa, aproveite para seguir as nossas páginas nas redes sociais e acompanhar todas as atualizações: estamos no Facebook, no Instagram e no YouTube!

O que você precisa saber sobre reforma de apartamentos tenda?

O que você precisa saber sobre reforma de apartamentos tenda?

Dicas Decor Tenda

Ao realizar o sonho de adquirir o imóvel próprio, é natural que algumas pessoas optem por realizar algumas adequações. Ajustar o teto para melhorar a iluminação ou instalar um armário embutido são algumas das implementações mais comuns.

Horta na cozinha é excelente opção para quem mora em apartamento

Horta na cozinha é excelente opção para quem mora em apartamento

Dicas Decor Tenda

O verde está em alta na decoração, e não é só pelo aspecto estético. Confira como uma horta na cozinha pode transformar a sua casa e o seu estilo de vida!

Como escolher as cores das paredes de um apartamento pequeno?

Como escolher as cores das paredes de um apartamento pequeno?

Dicas Decor Tenda

Definir as cores das paredes do seu imóvel pode ser uma tarefa mais fácil do você que imagina. Confira as nossas dicas e saiba como acertar nas escolhas!

Envelopamento de geladeira: o que é e por que usar na decoração?

Envelopamento de geladeira: o que é e por que usar na decoração?

Dicas Decor Tenda

Quer inovar na decoração do seu apartamento novo? Já pensou em aderir ao envelopamento de geladeira? Essa é uma técnica que está sendo muito usada e pode ser uma ótima opção para deixar a sua cozinha ainda mais estilosa. Continue lendo nosso texto e confira o passo a passo!

Decoracao-de-natal-7-dicas-faceis-para-enfeitar-sua-casa

Decoracao-de-natal-7-dicas-faceis-para-enfeitar-sua-casa

Dicas Decor Tenda

Chegou a época preferida de muita gente: com o final do ano, as festas se aproximam e já é hora de começar a preparar a decoração de Natal. A vontade é de instalar vários pisca-piscas, montar uma árvore repleta de enfeites, colocar uma guirlanda enorme na porta e encher o ambiente de detalhes temáticos para entrar no clima natalino.

Como utilizar espelhos na decoração de ambientes pequenos?

Como utilizar espelhos na decoração de ambientes pequenos?

Dicas Decor Tenda

O uso de espelhos na decoração de ambientes pequenos é uma ótima estratégia para ampliar e sofisticar o ambiente, aliando elementos funcionais a características que trazem muita personalidade ao apartamento. Não é novidade que os espelhos criam a ilusão de que os ambientes são mais amplos. Mas a técnica pode ser ainda mais bem aproveitada se você entender que ela vai além do que simplesmente colocar qualquer espelho em um lugar aleatório do cômodo. É conveniente planejar e decidir quais características do ambiente serão ressaltadas. Para ajudar você nesse processo, vamos explicar como esses objetos criam a impressão de amplitude, quais são as técnicas que geram esse efeito e como usar espelhos na decoração dos diversos cômodos da casa. Acompanhe!
Todos os direitos reservados Tenda
CPNJ: 09.625.762/0001-58