Principais regras do Minha Casa, Minha Vida

Minha Casa Minha Vida

O Minha Casa, Minha Vida é o maior programa brasileiro de financiamento de imóveis. Para acessá-lo, é importante primeiramente conhecer suas principais regras.

Pensando nisso, criamos este infográfico para mostrar quais são elas. Confira!

Loja Virtual Tenda
Spotify Blog da Tenda

Regras para usuário

Para participar, a família do usuário deve se encaixar em um dos quatro grupos divididos por faixa de renda bruta. O teto é R$ 9.000 mensais e não inclui benefícios como o Bolsa Família ou BPC. O usuário não pode ser proprietário ou cessionário de um imóvel.

Comprovação de renda

A faixa de renda será utilizada para calcular as condições de pagamento de cada usuário. Os documentos para cadastro são:

  • RG;
  • CPF
  • comprovantes de estado civil e de renda;
  • extrato do FGTS;
  • declaração atualizada do Imposto de Renda.

Caso haja um(a) cônjuge registrado(a), seus documentos também serão necessários.

Regras para o imóvel

O programa permite o financiamento de casa ou apartamento, na planta ou já construído, em área urbana ou rural. As escolhas do tipo e do local ficam por conta da família.

Teto por regiões

O valor máximo a ser financiado depende da faixa de renda do usuário e da localização do imóvel. Ele pode alcançar os R$ 240.000 em grandes cidades, como São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal. Na maior parte do Nordeste, o limite é de R$ 180.000.

Agora que você já conhece as regras para participar do Minha Casa, Minha Vida, curta a nossa página no Facebook¹ para ficar por dentro de tudo sobre o assunto!

Links:

1. https://www.facebook.com/ConstrutoraTenda

Loja Virtual Tenda
Spotify Blog da Tenda
Autor do Post | Tenda Blog
Escrito por:

Tenda

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

(0) Comentários
Este artigo ainda não possui comentário. Seja o primeiro.
Deixe seu contato

A gente quer compartilhar as novidades primeiro com você.