CASA VERDE AMARELA: MUDANÇAS NO PROGRAMA HABITACIONAL

Minha Casa Minha Vida

O sonho de muitos brasileiros é ter a casa própria. Todavia, parte da população não possui condições financeiras para adquirir um imóvel. Sabendo disso, o Governo Federal substituiu o programa habitacional Minha Casa Minha Vida pelo Casa Verde Amarela, que tem como objetivo facilitar a compra da casa própria por famílias de baixa renda.

Esse conteúdo também está disponível na versão podcast. Aproveite a praticidade do áudio que preparamos para você. Para ouvir é só clicar no play!

Tais, assistente virtual da Alea | Blog da Alea
Loja Virtual Tenda
Spotify Blog da Tenda

Contudo, com o passar do tempo, todo projeto precisa de ajustes e melhorias. Então, o Casa Verde Amarela sofreu algumas alterações que prometem beneficiar ainda mais os brasileiros de baixa renda na conquista do imóvel próprio. A seguir, descubra mais sobre as mudanças do programa.

O que é o Casa Verde Amarela?

O Casa Verde e Amarela é o novo programa habitacional do Governo Federal que foi desenvolvido para substituir o Minha Casa Minha Vida. Semelhantemente como no Minha Casa Minha Vida, o programa Casa Verde Amarela, do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), visa ajudar as famílias brasileiras de baixa renda a comprar a casa própria e ter uma moradia digna.

Família conhecendo o programa Casa Verde Amarela | Blog da Tenda

Além disso, a meta do Governo Federal é atender cerca de 1,6 milhão de famílias baixa renda com o financiamento habitacional até 2024, garantindo a melhoria da qualidade de vida dos brasileiros. Especialmente, o Casa Verde Amarela conta com benefícios como subsídio habitacional, utilização do FGTS e composição de renda. Depois discutiremos a fundo cada uma das vantagens do Casa Verde Amarela.

Quem pode participar do programa habitacional?

A princípio, uma das dúvidas com relação ao Casa Verde Amarela é quem pode participar do programa. Nesse sentido, se você for brasileiro ou naturalizado com mais de 18 anos, não tem nenhum apartamento ou casa próprios, não está cadastrado no Cadastro Natural de Mutuários, entre outros requisitos, você pode participar do programa. Em seguida, confira no detalhe alguns requisitos para participar do Casa Verde Amarela.

Quem pode participar do Casa Verde Amarela | Blog da Tenda

Além dessas condições, a pessoa que solicitar deverá se encaixar em um dos grupos de renda que contemplam o programa. A seguir, saiba mais quais são as faixas de renda do Casa Verde Amarela.

Faixas de renda do Casa Verde Amarela

Para começo de conversa, são três grupos de renda do programa Casa Verde Amarela. No entanto, cada grupo conta com uma faixa de renda máxima para o financiamento habitacional com as taxas de juros reduzidas. Confira a seguir os grupos de renda.

Grupos e faixas de renda do Programa Casa Verde e Amarela | Blog da Tenda

 

Anteriormente, no Minha Casa Minha Vida eram quatro faixas, porém, agora no Casa Verde Amarela são três grupos:

  • Grupo. 1 – para famílias com renda mensal bruta de até R$ 2.000.
  • Grupo 2 – para famílias com renda mensal bruta de R$2.001,00 a R$ 4.000.
  • Grupo 3 – para famílias com renda mensal bruta de R$ 4.001,00 a R$ 7.000.

Por fim, é importante frisar que você pode compor sua renda com até três pessoas. Além disso, pode contar com taxas de juros diferenciadas de acordo com cada grupo e com a localidade do imóvel que será adquirido.

Como são as taxas de juros do Casa Verde Amarela?

Antes de mais nada, para ajudar as famílias de baixa renda a conquistar a casa própria, o Casa Verde Amarela também oferece o benefício de conceder taxas menores que as convencionais do mercado. Por fim, conheça as taxas de juros do programa habitacional que variam de acordo com os grupos de renda e a localidade do imóvel.

  • Grupo 1 – renda até R$ 2.000.

Para as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste: para cotistas do FGTS – 4,5% e para não cotistas – 5%

Nas regiões Norte e Nordeste: para cotistas do FGTS – 4,25% e para não cotistas – 4,75%

  • Grupo 2 – renda de R$2.001,00 a R$ 4.000.

Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste: para cotistas do FGTS – 5% e para não cotistas – 5,50%

Regiões Norte e Nordeste: para cotistas do FGTS – 4,75% e para não cotistas – 5,25%

  • Grupo 3 – renda de R$ 4.001,00 a R$ 7.000.

Nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste: para cotistas do FGTS – 7,66% e para não cotistas – 8,16%

Para regiões Norte e Nordeste: para cotistas do FGTS – 7,66% e para não cotistas – 8,16%

Entretanto, para os moradores das regiões Norte e Nordeste as taxas de juros são menores que outras localidades. Enfim, saiba o porquê da diferenciação de taxas do programa habitacional na sequência.

Por que as taxas de juros são diferentes por região?

Acima de tudo, as regiões Norte e Nordeste possuem taxas de juros especiais nos financiamentos imobiliários que utilizam o programa Casa Verde Amarela. No entanto, essas localidades apresentam o maior déficit habitacional do Brasil. Sendo assim, o Governo Federal estabeleceu que as taxa deveriam ser diferenciadas aos moradores das regiões Norte e Nordeste de todos os grupos de renda.

Além disso, um dos objetivos do programa habitacional é que através do financiamento imobiliário, atuar com a regularização fundiária e melhoria de residências. Para esclarecer melhor, o propósito é ajudar a resolver inadequações nas residências de algumas famílias, como falta de banheiro, por exemplo. Em resumo, a meta do Governo Federal é regularizar 2 milhões de moradias e promover melhorias em 400 mil até 2024.

Qual são os documentos necessários para participar do Casa Verde Amarela?

Geralmente, para financiar um imóvel através do Casa Verde e Amarela, você precisará apresentar alguns documentos essenciais. Contudo, se utilizar o FGTS na compra, outros documentos serão exigidos, como:

  • Documentos pessoais: RG e CPF;
  • Certidões: nascimento, casamento, divórcio ou união estável;
  • Extrato original e atualizado do FGTS;
  • Cópia atual do comprovante de residência (de até 3 meses);
  • Carteira de trabalho;
  • Uma cópia da sua última declaração do Imposto de Renda (IR);
  • Xerox da última declaração do IR do parceiro, caso esteja em um casamento ou união estável.

Separe os documentos necessários para o financiamento com o Casa Verde Amarela | Blog da Tenda

Ainda assim, vale ressaltar que a relação de documentos pode variar de um banco para outro. Então, faça um levantamento de todas as exigências do banco que você irá solicitar financiamento.

Mudanças do Casa Verde Amarela

Primeiramente, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) apresentou algumas propostas de melhorias no Casa Verde Amarela que foram aprovadas.

Conquiste a casa própria com o Casa Verde Amarela | Blog da Tenda

Dentre as novas recomendações, elevaram os limites dos valores dos imóveis financiados e estabelecimento das taxas de juros cobradas das famílias que ganham até R$ 2 mil. Em síntese, descubra mais detalhes sobre as mudanças do programa habitacional.

Redução de juros

Sobretudo, uma mudança significativa no Casa Verde Amarela é o fim da diferença das taxas de juros cobradas das famílias com renda mensal de até R$ 2 mil, além das características do imóvel e a utilização dos recursos do FGTS.

Na prática, todas as pessoas que fazem parte do Grupo 1 que moram nas regiões Norte ou Nordeste pagarão 4,75% de taxa de juros. No entanto, as pessoas que residem nas regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul vão pagar 5%.

Aumento do valor máximo dos imóveis

Especialmente, um dos pontos importantes das mudanças do programa habitacional Casa Verde Amarela também é a alteração dos valores máximos dos imóveis aptos a serem financiados pelo programa. Contudo, os valores dos imóveis elegíveis para o financiamento pelo Casa Verde Amarela serão reajustados em 10%.

Por exemplo, antes você só poderia financiar um imóvel de R$ 200 mil, agora você pode optar o financiamento para um imóvel de R$ 220 mil (valor de 10% a mais que anteriormente).

Taxas de juros diferenciadas no Casa Verde Amarela | Blog da Tenda

No entanto, existe uma exceção dos imóveis construídos em cidades com população entre 50 mil e 100 mil habitantes, onde a tabela será reajustada em 15%. Em resumo, anteriormente na primeira versão do Casa Verde Amarela, você só poderia financiar um imóvel de R$ 200 mil, agora, após a mudança, você poderá escolher um imóvel de R$ 230 mil.

Se você quiser saber mais sobre os detalhes sobre as mudanças do Casa Verde Amarela para os financiamentos habitacionais, fale com a gente.

Benefícios do programa Casa Verde Amarela

A princípio, o Casa Verde Amarela conta com três principais benefícios, que além de diminuir o custo do financiamento, facilita o valor de entrada e na comprovação de renda. Além disso, sabemos que as taxas de juros são mais baixas para financiamentos feitos através do programa Casa Verde Amarela. Por fim, confira no detalhe as vantagens do Casa Verde Amarelo.

Vantagens do programa Casa Verde Amarela | Blog da Tenda

Subsídio

Basicamente, o subsídio é um valor que o Governo Federal oferece com a finalidade de tornar acessível a compra de imóveis, principalmente para famílias de baixa renda. Nesse sentido, esse benefício é concedido em forma de desconto sobre o valor do imóvel. Em outras palavras, o Governo paga uma parte da sua casa. Mas, não se preocupe, você não precisa devolver e nem quitar esse dinheiro.

Para exemplificar, funciona da seguinte forma: por exemplo, você vai comprar um imóvel de R$ 200 mil e consegue um subsídio de R$ 20 mil. Então, o valor que você terá que pagar vai ser apenas R$ 180 mil. No entanto, os valores do subsídio são concedidos de acordo com a renda familiar e o valor do total do imóvel.

Utilização do FGTS

Sobretudo, o que muitas pessoas não sabem é que é possível utilizar o FGTS para compra de imóveis. Por outro lado, caso você não tenha o valor de entrada para comprar sua casa própria, através dos financiamentos feitos pelo Casa Verde Amarela, você pode utilizar o seu saldo de FGTS para dar de entrada.

Utilize seu FGTS no financiamento imobiliário | Blog da Tenda

Todavia, existem outras maneiras de utilizar o FGTS no financiamento. Por exemplo, com seu FGTS você pode reduzir o valor das parcelas do financiamento em até 80%. De igual modo, é usar a quantia para amortizar o saldo devedor (no prazo) ou para diminuir o número de parcelas. Sendo assim, ao fazer isso, você diminui a incidência de juros cobrados ao longo das parcelas, tornando o financiamento ainda mais barato.

Entretanto, existem algumas regras para sua utilização. Neste caso, é preciso ter, no mínimo, três anos de trabalho com carteira assinada e nenhum outro financiamento ativo em seu nome vinculado ao Sistema Financeiro de Habitação (SFH).

Contudo, se você for um trabalhador autônomo, precisará demonstrar uma declaração do órgão gestor ou comprovantes de um sindicato para contar com esse benefício.

Composição de Renda

Geralmente, os bancos e financiadoras fazem uma análise de crédito da pessoa que está solicitando o financiamento imobiliário. Um ponto importante é o comprometimento da renda mensal do solicitante. Isso porque, os bancos só permitem que você comprometa até 30% da sua renda com o pagamento das mensalidades do empréstimo. Para esclarecer melhor, digamos que você ganha R$1.500,00 mensais, só pode pagar R$450,00 por parcela.

Por outro lado, caso sua renda não seja o suficiente para dar entrada num financiamento imobiliário, existe a possibilidade de você compor renda com outras pessoas.

Em outras palavras, você pode compor renda com até três pessoas que pode ser sua mãe, seu pai, filho, filha, marido, namorado, noivo, noiva, namorada, amigos, parentes, a lista é grande. Certamente, essas pessoas podem te ajudar a conquistar sua casa própria.

Benefícios do programa Casa Verde Amarela | CASA VERDE AMARELA: MUDANÇAS NO PROGRAMA HABITACIONAL | Tenda Blog

 

Além de você poder contar com a composição de renda, você pode fazer uma simulação no Simulador de Financiamento da Tenda . Nesse sentido, o simulador vai fornecer as informações te darão clareza dos valores que você precisará ter em mãos para conquistar a sua casa própria.

Ou seja, com o Simulador da Tenda você vai saber o valor aproximado de entrada, valores estimados das parcelas, se você tem direito ao subsídio e qual o valor oferecido pelo Programa do Governo Federal Casa Verde Amarela, e principalmente qual apartamento da Tenda se encaixa no seu orçamento.

Por fim, conheça os apartamentos Tenda à venda na nossa Loja Virtual e escolha já seu imóvel! E mais, temos parceria com o programa Casa Verde Amarela!

Loja Virtual Tenda
Spotify Blog da Tenda
Autor do Post | Tenda Blog
Escrito por:

Tenda

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

(0) Comentários
Este artigo ainda não possui comentário. Seja o primeiro.
Deixe seu contato

A gente quer compartilhar as novidades primeiro com você.