Saiba os perigos de comprar imóvel direto do proprietário – Tenda



Cadastre-se e fique
por dentro das novidades.





Comprar imóvel diretamente com o proprietário parece uma opção econômica em um primeiro momento. Mas já ouviu aquele ditado "o barato sai caro"? Os golpes e a falta de proteção podem aumentar os custos e ainda provocar muita dor de cabeça. Entenda! Comprar imóvel direto do proprietário já foi uma opção muito popular no Brasil. No entanto, vendo o crescimento dessa fatia do mercado, começaram a surgir diversos golpes que aproveitavam o sonho da casa própria para tirar vantagem dos compradores.  Além disso, o surgimento das compras diretamente com a construtora permitiu uma redução de custos nos imóveis novos. Com a eliminação de intermediários nessa transação, o preço caiu razoavelmente. Desse modo, podem-se evitar os perigos de operações entre pessoas físicas. Quer saber mais? Acompanhe!

Quais são as vantagens de comprar um apartamento direto do proprietário? 

Comprar direto do proprietário não apresenta muitas vantagens atualmente, visto que é uma operação com diversos riscos e inconvenientes. Algumas pessoas buscam essa opção pois acreditam que ela trará mais economia. Teoricamente, eliminando intermediários, como as imobiliárias, elas podem acabar conquistando uma redução de 5% a 10% no preço. Além disso, a possibilidade de negociar diretamente com quem tem o poder de decisão é uma ideia tentadora.  Entretanto, na prática, não é isso que vemos no mercado. Hoje em dia, diversas construtoras também oferecem opções de venda de imóveis e, até mesmo, de financiamentos sem intermediação de terceiros. Então, é possível adquirir seu apartamento próprio por um preço muito atrativo e com uma boa margem de negociação. 

Quais são as desvantagens de comprar um imóvel direto do proprietário? 

Apesar de parecer uma opção inicialmente interessante, esse tipo de transação pode trazer bastante dor de cabeça para você. Afinal, há muitas pessoas com má intenção que a utilizam para aplicar golpes ou prejudicar o comprador.

Custos ocultos

Comprar imóvel diretamente com o proprietário parece uma opção econômica em um primeiro momento. Mas já ouviu aquele ditado "o barato sai caro"? Os golpes e a falta de proteção podem aumentar os custos e ainda provocar muita dor de cabeça. Entenda! Comprar imóvel direto do proprietário já foi uma opção muito popular no Brasil. No entanto, vendo o crescimento dessa fatia do mercado, começaram a surgir diversos golpes que aproveitavam o sonho da casa própria para tirar vantagem dos compradores.  Além disso, o surgimento das compras diretamente com a construtora permitiu uma redução de custos nos imóveis novos. Com a eliminação de intermediários nessa transação, o preço caiu razoavelmente. Desse modo, podem-se evitar os perigos de operações entre pessoas físicas. Quer saber mais? Acompanhe!

Quais são as vantagens de comprar um apartamento direto do proprietário? 

Comprar direto do proprietário não apresenta muitas vantagens atualmente, visto que é uma operação com diversos riscos e inconvenientes. Algumas pessoas buscam essa opção pois acreditam que ela trará mais economia. Teoricamente, eliminando intermediários, como as imobiliárias, elas podem acabar conquistando uma redução de 5% a 10% no preço. Além disso, a possibilidade de negociar diretamente com quem tem o poder de decisão é uma ideia tentadora.  Entretanto, na prática, não é isso que vemos no mercado. Hoje em dia, diversas construtoras também oferecem opções de venda de imóveis e, até mesmo, de financiamentos sem intermediação de terceiros. Então, é possível adquirir seu apartamento próprio por um preço muito atrativo e com uma boa margem de negociação. 

Quais são as desvantagens de comprar um imóvel direto do proprietário? 

Apesar de parecer uma opção inicialmente interessante, esse tipo de transação pode trazer bastante dor de cabeça para você. Afinal, há muitas pessoas com má intenção que a utilizam para aplicar golpes ou prejudicar o comprador.

Custos ocultos

Negociar diretamente com o proprietário apresenta diversos custos ocultos. Quando você compra com uma imobiliária ou com uma construtora, elas ficam responsáveis por uma boa parte dos procedimentos burocráticos da operação. Além de não pagar algumas taxas, você não precisa perder horas cuidando de detalhes exaustivos. Muitas vezes, para resolvê-los, precisará perder alguns dias de trabalho, o que reduz sua renda mensal. Por exemplo, a avaliação do imóvel é exigida por grande parte das instituições bancárias. Isso evita que fraudes financeiras sejam feitas. Para isso, um profissional devidamente habilitado, como um corretor de imóveis, deverá fazer um estudo que leva em consideração a localização, a área e as características da construção.  Nas transações feitas diretamente com o proprietário, provavelmente você será o responsável por arcar com esse custo ou ele também será embutido no valor da oferta. Por sua vez, as construtoras e as imobiliárias já incluem esse serviço no preço do imóvel. Então, ficará muito mais fácil para você conquistar um financiamento, sendo desnecessário se preocupar em contratar um serviço especializado por um preço justo.  Da mesma forma, as instituições oficiais de venda de imóvel podem oferecer condições especiais para conquistar clientes. Essas ações podem incluir descontos significativos nas taxas e documentação necessárias para a compra e transferência de propriedade do imóvel. 

Possibilidade de golpes

Há uma quantidade muito grande de golpes relacionados aos contratos de compra e venda de imóveis. Nos mais frequentes, o possuidor da propriedade não é seu verdadeiro proprietário. Todo o negócio é feito com base em documentos falsos ou desatualizados.  Para ludibriar a outra parte, o estelionatário oferece um imóvel por um preço bastante tentador, muito abaixo do valor de mercado. Todavia ele pede um valor à vista para reservá-lo antes de concluir a transação. Quando você tentar fazer a transferência de propriedade ou registrar a promessa de compra e venda no cartório, descobrirá que ele pertence a outra pessoa.  Outro golpe muito comum é a venda dupla do imóvel para dois compradores simultaneamente. Nessa situação, o primeiro que registrá-lo conseguirá transferir a propriedade.

Avaliação inadequada

As avaliações de imóveis feitas por profissionais do ramo levam em consideração diversos fatores. Eles pesquisam diversas informações no mercado e nos órgãos governamentais antes de estabelecer um preço. Com isso, podem descobrir informações sobre obras públicas, novos empreendimentos autorizados no entorno e, até mesmo, índice de segurança nos últimos anos.  Não é incomum uma pessoa tentar transferir um imóvel quando descobre algum fator que pode diminuir bastante o seu valor, como obras ao redor ou instalação de um comércio barulhento. Os corretores têm informação privilegiada a esse respeito e, portanto, podem fazer avaliações mais precisas para não prejudicar os seus clientes. As construtoras e incorporadoras também contam com especialistas em seu time para trazer o máximo de satisfação para você.

Compra de imóveis com dívidas

Há determinadas dívidas, como os impostos e garantias reais, que acompanham o imóvel mesmo que a propriedade seja transferida. Nesses casos, se houver a execução judicial da dívida, para que o imóvel não seja sequestrado ou leiloado, você deverá pagá-la. 

Falta de suporte

Quando você efetua o pagamento para o proprietário, há um risco de ele sumir e dificultar a resolução de eventuais problemas. Há imóveis com vícios ocultos importantes e que só aparecem depois que você já está morando no local. Nesse caso, o vendedor deve ser responsabilizado por esses problemas e executar os serviços de reparação. No entanto, pode acontecer de os consertos não serem realizados e ser necessário recorrer à Justiça para que os danos sejam reparados.  Já as construtoras têm uma imagem a zelar no mercado. Portanto, para que conquistem mais clientes, o suporte oferecido deve ser impecável. Então, você ficará completamente assistido em caso de qualquer dúvida ou problema. Não será somente o seu dinheiro que importa, mas a sua satisfação. 

Então, realmente, o barato sai caro?

Sim! Com tantos riscos, é provável que os custos finais de um imóvel comprado diretamente com o proprietário tornem-se volumosos. Então, certamente, sairia muito mais barato ter negociado com uma construtora ou uma imobiliária desde o princípio.  Portanto, se você estava pensando em comprar imóvel direto do proprietário, pense muito bem antes de prosseguir com essa opção. Infelizmente, algumas pessoas podem aproveitar da sua boa-fé para aplicar golpes. Além disso, se a questão é o preço, há opções igualmente econômicas no mercado, mas muito mais seguras — como a compra diretamente com as construtoras e incorporadoras.  Quer saber mais sobre os benefícios de negociar com a Tenda? Então, não deixe de entrar em contato com a gente



Todos os direitos reservados Tenda 2019
CPNJ: 09.625.762/0001-58