Como planejar um casamento e a compra de um imóvel ao mesmo tempo? – Tenda



Cadastre-se e fique
por dentro das novidades.





Quando se trata de planejar um casamento e uma compra de imóvel ao mesmo tempo, os gastos excessivos podem desequilibrar a vida financeira do casal: por isso, é importante estabelecer prioridades e evitar tudo que não seja realmente necessário.

Quem casa quer casa, diz o ditado. Mas, para não pesar demais no orçamento, os pombinhos precisam tomar cuidado ao fazer tudo de forma sincronizada. Apesar da ansiedade de planejar um casamento dos sonhos, uma compra de imóvel jamais deve ficar em segundo plano. Afinal, começar a vida de casados morando em uma casa própria, sem pagar aluguel, é o primeiro passo rumo à construção do patrimônio familiar.

Por isso, antes de fazer uma lista interminável de preparativos para a festa, é preciso descobrir como conciliar os desejos à realidade financeira do casal.

Acompanhe nossas dicas essenciais e se prepare para começar esta nova etapa com o pé direito!

O que é mais importante: dar uma festa ou ter um apartamento só para vocês?

O raciocínio é simples: enquanto uma festa de casamento, por mais incrível que seja, dura apenas um dia, um apartamento é um bem para a vida toda. Além disso, os imóveis tendem a se valorizar com o passar dos anos, o que os tornam ótimos investimentos.

Essa reflexão é necessária porque, muitas vezes, o valor do casamento é mais do que suficiente para dar entrada na casa própria — ainda mais se tratando de imóveis do programa Minha Casa Minha Vida.

A boa notícia é que, com algumas estratégias, é possível conciliar a realização desses dois grandes sonhos ao mesmo tempo e sem comprometer o orçamento familiar. Ou seja, dá para comprar um apartamento e se casar na igreja — com direito a uma bela festa — como manda a tradição! Confira:

  • conheça sua saúde financeira e a do seu parceiro: é necessário saber o que cada um ganha e gasta mensalmente (eliminando despesas supérfluas);
  • encontre uma construtora que facilite a entrada — a Tenda permite parcelá-la em 60 vezes — e, se possível, use seu FGTS;
  •  preveja os gastos após se casarem: para fazer um financiamento, é necessário que as parcelas caibam no orçamento doméstico (no qual já existe uma série de contas, como água, luz, taxa de condomínio, gastos com alimentação, transporte etc.);
  • estabeleça as prioridades do casal: para isso, pensem se desejam ter filhos (para definir o número de quartos), quais infraestruturas são desejáveis (como salão de festas e churrasqueira), em qual região da cidade preferem morar etc.;
  •  determine um prazo comum: se o casamento estiver agendado para uma data próxima, a única saída é se mudar para um imóvel pronto; se não, é possível procurar um imóvel na planta ou em obras e programar o casamento para depois da entrega das chaves;
  • planeje o orçamento: conhecendo as possibilidades financeiras atuais e prevendo os gastos futuros, calcule o quanto pode ser investido na compra do imóvel e quanto sobra para realizar o casamento sem desequilibrar o orçamento do casal;
  •  encontre o imóvel ideal: não perca tempo com visitas infrutíferas e opte por uma construtora de renome no mercado — isso garante a entrega do apartamento em boas condições e dentro do prazo combinado.

Como planejar um casamento em tempos de contenção de gastos?

Primeiramente, lembre-se de que o mais importante é a compra do apartamento. Isso ajuda a manter o equilíbrio na tomada de decisões, principalmente enquanto estiverem pagando o financiamento imobiliário.

Dito isso, saiba que, com um bom planejamento financeiro, é possível casar no civil e no religioso, bem como se organizar para oferecer uma comemoração simples. Hoje em dia, diversos blogs ensinam como preparar uma festa bonita e econômica — no melhor estilo faça você mesmo.

Assim, ainda que seja preciso arcar com os custos do cartório, igreja e salão de festas, pode-se economizar no bufê (comes e bebes), na decoração (mobiliário, louças, arranjos florais e papelaria), entre outros itens.

Outro segredo é não exagerar no tamanho da lista de convidados! Além disso, enquanto o grande dia não chega, trace diferentes estratégias para poupar dinheiro.

Por exemplo: veja se vocês conhecem alguém que possa assumir o papel de DJ; alguém que tenha se casado recentemente e possa emprestar o traje do noivo etc. Convoquem os amigos para ajudá-los!

O bacana é que, quanto mais pessoas se sentirem parte da organização, maior será a felicidade na hora de compartilhar a realização de mais uma etapa tão importante na vida do casal. Assim, o clima da festa — por mais simples que seja — será simplesmente inesquecível!

Qual é a melhor maneira de realizar uma boa compra de imóvel?

Em vez de se guiar pela empolgação do casamento, mantenha o foco no orçamento e procure um apartamento que atenda aos desejos e às necessidades reais do casal.

Para quem quer evitar burocracias, a compra de imóveis novos tende a ser menos demorada, a começar pela documentação mais simples (visto que não existem pendências em cartório deixadas por antigos moradores). Ao mesmo tempo, geralmente não há necessidade de fazer grandes reformas antes da mudança.

Além disso, quanto mais distante estiver o prazo para a entrega da obra, mais baixo será o valor do imóvel. Por isso, tantas pessoas preferem adquirir apartamentos na planta.

Se possível, antes de fechar o negócio conheça histórias de clientes e converse com pessoas que já tenham adquirido imóveis pela construtora do seu interesse.

Por fim, na hora da vistoria fique de olho na qualidade e confira se os acabamentos estão de acordo com o descrito no Memorial Construtivo. Caso contrário, a construtora deve se encarregar de fazer os ajustes necessários.

Na hora de planejar um casamento e, ao mesmo tempo, uma compra de imóvel, basta comparar os retornos dos investimentos (festa versus apartamento) para saber em que vale a pena investir mais. Com planejamento, todos os sonhos serão realizados e vocês poderão curtir muito mais cada momento!

Se você também está passando por essa fase e deseja tirar dúvidas, deixe seu comentário no post! Teremos prazer em ajudar!




Todos os direitos reservados Tenda 2019
CPNJ: 09.625.762/0001-58