Aluguel: como o valor a ser pago é estipulado – Tenda



Cadastre-se e fique
por dentro das novidades.





Há muitas pessoas que não saíram do aluguel por acharem que não podem pagar as parcelas de um financiamento imobiliário. Mas será que é realmente mais econômico?

Há muitas pessoas que não saíram do aluguel por acharem que não podem pagar as parcelas de um financiamento imobiliário. Mas será que é realmente mais econômico?

O preço de um aluguel é definido pelo dono do imóvel. Geralmente, ele é cerca de 0,6% a 0,7% do valor de venda.
Por exemplo: se um apartamento custa R$ 250.000,00, seu aluguel será de R$ 1.750,00 por mês.

Outro detalhe importante é que o preço do aluguel sofre alterações anuais, que ocorrem sempre perto da data do vencimento do contrato. Esse reajuste é feito com base na Lei do Inquilinato, que determina que o aluguel deve ser negociado entre proprietário e locatário. Existe também outro parâmetro para corrigir o aluguel, que é o Índice Geral de Preços, o IGP-M.

Além do IGP-M, outros índices também são utilizados: INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), IGP-DI (Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna) entre outros. No entanto, o mais comum mesmo é que se tome como base o IGP-M, já que ele é divulgado sempre antes do fim de cada mês.

Se você tem uma boa relação com o dono do imóvel que mora, pode tentar negociar diretamente com ele de quanto será o reajuste anual.

No entanto, coloque na ponta do lápis quanto você paga mensalmente de aluguel, quanto sairia um financiamento imobiliário e veja o que vale a pena para você e sua família. 

"




Todos os direitos reservados Tenda 2019
CPNJ: 09.625.762/0001-58