11 dicas para obter a aprovação de financiamento imobiliário

Guia da Tenda

Comprar um imóvel é o objetivo de muita gente. Mas, antes de encarar um financiamento imobiliário e comprar a casa dos seus sonhos, é preciso ter atenção a alguns pontos — confira as nossas dicas para ser aprovado!

Sair do aluguel e conquistar a casa própria é o sonho de muita gente. Por isso, uma excelente opção para realizá-lo pode por meio da aprovação de financiamento imobiliário, que é um tipo de contrato muito utilizado no Brasil. 

Loja Virtual Tenda
Spotify Blog da Tenda

Existem diferentes modalidades, requisitos e condições para aderir a um financiamento. Por se tratar de um processo um tanto complexo, que envolve diferentes fatores, é preciso ter alguns cuidados para conseguir a aprovação de financiamento imobiliário.

Para ser aprovado, o seu pedido de financiamento vai passar por determinadas avaliações e você precisará providenciar algumas coisas, como a documentação e os comprovantes da sua renda e do seu orçamento familiar. Além disso, existem alguns passos que podem evitar problemas e atrasos nesse processo. Vamos explicar isso melhor nas dicas a seguir. Confira!

1. Informe-se e encontre o melhor financiamento para você

Existem diferentes tipos de financiamento, oferecidos por diversas instituições. Algumas cláusulas e condições até são gerais para todos esses modelos, mas também existem questões flexíveis e específicas de cada financiamento.

É preciso se informar e conhecer os detalhes de todas as suas opções. Assim, você conseguirá avaliar qual é a melhor para o seu caso. Vá aos bancos ou às instituições conversar e tirar as suas dúvidas com profissionais. Além disso, converse com amigos que entendem do assunto e faça pesquisas em fontes confiáveis na internet. 

Você pode, inclusive, consultar um site especializado em financiamento, onde será possível colocar os seus dados e conferir algumas propostas — basta verificar a segurança das suas fontes.

2. Abra uma conta no banco que vai financiar o seu imóvel e mantenha uma boa relação com essa instituição

Homem e mulher sorriem enquanto o homem aperta a mão de outro | Dicas para financiamento imobiliário | Guia da Tenda | Blog da Tenda

No caso da Caixa Econômica Federal, o fato de ter uma conta-corrente na instituição facilita muito na hora da aprovação do crédito. Além disso, as taxas de juros são bem mais atraentes do que para os não correntistas.

Mantenha os pagamentos em dia e dê preferência a essa conta, de modo que ela permaneça em movimento. Assim, o gerente saberá que você é bom pagador e quitará as parcelas do financiamento em dia. Como é indicado que essa passe a ser a sua conta bancária preferencial, é fundamental escolher um banco que seja bom para você. Para isso, informe-se sobre as condições oferecidas pela instituição.

3. Separe os comprovantes de renda

Deixe tudo à mão: declaração de Imposto de Renda, holerites e extratos bancários dos últimos três meses. Com tudo organizado, as suas chances de ter o financiamento aprovado aumentam, já que esses são alguns dos documentos que costumam ser analisados pelos bancos e por outras instituições financiadoras.

4. Passe a depositar o que você ganha na nova conta

Opte por fazer os seus depósitos nessa nova conta, aberta no banco em que você fará o seu financiamento. Isso vai ajudar a comprovar o seu orçamento, principalmente se for um profissional liberal ou tiver mais de uma fonte de renda. Com o extrato da movimentação bancária, fica fácil comprovar que você recebe o dinheiro que declarou quando fez o pedido do financiamento.

5. Se você é trabalhador informal, abra a sua empresa no formato MEI

Podem existir algumas dificuldades para quem não trabalha com carteira assinada, já que essas pessoas recebem uma “renda informal”, que não consta no Imposto de Renda. 

Para lidar com esse problema, uma ideia é abrir uma empresa no formato de MEI (Microempreendedor Individual). Isso ajuda a regularizar a sua situação, formalizando os seus serviços, justificando a sua renda e facilitando a análise de crédito por parte do banco.

6. Conheça bem as exigências para o financiamento escolhido

Como explicamos no primeiro tópico deste post, cada financiamento tem as suas particularidades — isso inclui as exigências e condições para que você seja aprovado. Assim, é importante procurar saber sobre os requisitos e a documentação que você vai precisar. Isso vai ajudar na identificação de possíveis pendências que devem ser resolvidas e na preparação para quando você for pedir o financiamento.

7. Consiga todos os documentos necessários

Seja qual for o financiamento que você escolher, muitos documentos vão ser pedidos, incluindo cópias e vias originais. Parte da documentação é padrão para todos os bancos e instituições, mas outras são específicas. Por isso, é importante se informar e confirmar tudo o que é necessário.

Algumas coisas que costumam ser pedidas são: 

  • cópia dos seus documentos pessoais (RG, CPF e certidão de casamento) e do seu cônjuge, se houver;
  • cópia do seu comprovante de residência;
  • cópia do comprovante de renda (holerites, extratos bancários e recibos);
  • cópia da declaração de Imposto de Renda. 

Mesmo depois de separar esses documentos, certifique-se de que não é necessário apresentar algum comprovante que não está nessa lista.

Agilize esse processo, consiga os documentos e tenha tudo providenciado quando for solicitar a abertura do financiamento.

8. Pague as suas dívidas antes de pedir o financiamento

Para não ter problemas com o financiamento, é muito importante manter o seu nome limpo. Por isso, antes de fazer a sua solicitação, foque em pagar todas as suas dívidas em aberto e se organize financeiramente para não ter mais esse tipo de imprevisto.

Manter o seu CPF regular, sem pagamentos atrasados, é um quesito importante não apenas para conseguir o financiamento, mas para pedir qualquer tipo de crédito. É importante verificar, ainda, o seu Score, já que algumas instituições também avaliam isso.

Confira se tudo está regularizado consultando o SPC/SERASA. Vale lembrar que manter as dívidas em dia não ajuda apenas na sua aprovação, mas no seu orçamento de maneira geral. Se estiver devendo, você estará acumulando mais despesas para pagar enquanto lida com as parcelas do financiamento.

9. Faça o seu cadastro positivo

Homem e mulher apertam as mãos | Dicas para financiamento imobiliário | Guia da Tenda | Blog da Tenda

A partir do SERASA Experian é possível fazer um cadastro e consultar uma lista de todos os devedores que estão com os pagamentos em dia. Essa é, inclusive, uma ferramenta utilizada por bancos e instituições na hora de avaliar a aprovação do pedido de financiamento. Alguns deles até conseguem benefícios para clientes que tenham esse cadastro, como juros mais baixos, por exemplo.

10. Faça simulações antes de fechar o negócio

Uma simulação é uma ferramenta que permite ter uma ideia mais concreta de alguns pontos do financiamento, como as parcelas, as taxas de juros e o prazo de pagamento. Assim, você consegue avaliar se está escolhendo a opção mais adequada e ter uma base para criar um planejamento financeiro que ajudará na sua organização.

É importante fazer as simulações antes de pedir o financiamento para garantir que você já estará mais seguro quando isso acontecer. Vale lembrar, ainda, que é possível realizar essa etapa presencialmente ou por meio dos sites das instituições financiadoras.

11. Junte uma boa quantia para dar de entrada

É comum as instituições financiadoras pedirem um valor de entrada — que pode variar de uma para a outra. É importante atentar-se a esse ponto e economizar para juntar uma quantia considerável.

No programa Minha Casa, Minha Vida, por exemplo, a entrada mínima é um percentual de 10% sobre o custo do imóvel, mas existem instituições em que esse valor chega a 30%.

Essas são algumas dicas para ajudar a conseguir a aprovação de financiamento imobiliário, seja qual for a modalidade que você escolher. Assim fica bem mais fácil realizar o sonho da casa própria, não é mesmo?

O que você achou das nossas sugestões para adquirir a aprovação de financiamento imobiliário? Que tal continuar com o assunto? Deixe um comentário neste post e participe da conversa!

Loja Virtual Tenda
Spotify Blog da Tenda
Autor do Post | Tenda Blog
Escrito por:

Tenda

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

(0) Comentários
Este artigo ainda não possui comentário. Seja o primeiro.
Deixe seu contato

A gente quer compartilhar as novidades primeiro com você.