COMO SAIR DA CASA DOS PAIS E COMPRAR UM APARTAMENTO PRÓPRIO

Guia da Tenda

O sonho da independência de muitos jovens, normalmente, é marcado pela saída da casa dos pais. Contudo, ao tomar essa decisão, é preciso ter muito planejamento, organização e controle financeiro e emocional. Então, para te ajudar a se planejar para sair da casa dos pais com segurança, comprando um apartamento, listamos dicas valiosas para você dar esse passo importante na sua vida.

Loja Virtual Tenda
Spotify Blog da Tenda

Como saber se é o momento certo de sair da casa dos pais?

Foto de moça negra com dúvida | Como sair da casa dos pais e comprar apartamento próprio | Guia da Tenda | Blog da Tenda

Não existe uma regra para decidir se é o momento certo para sair da casa dos pais. Isso porque, cada pessoa e família é diferente. Todavia, quando a hora chega, é muito importante estar preparado emocionalmente e financeiramente para essa nova fase.

Em primeiro lugar, você deve refletir sobre sua situação financeira. Não tem como querer ser independente sem ter um planejamento financeiro. Uma vez que, será preciso arcar com os custos fixos de uma casa, como: pagar um financiamento, quitar as contas de consumo (água, luz, internet, gás, etc.), condomínio, enfim, liquidar as despesas desse tipo.

Outro ponto importante para refletir é: você sabe se cuidar e cuidar do seu espaço? Por exemplo, como fazer a compra de mercado, cozinhar uma boa refeição, marcar seus próprios médicos, fazer uma faxina básica em casa?

Por último, analise se você tem autonomia emocional e psicológica para essa decisão. É importante saber lidar com a saudade da casa dos pais e ter uma nova rotina sozinho (a). Analise se suas emoções não estão fragilizadas para esse passo importante.

Contudo, se ao verificar esses pontos você ainda se sentir inseguro, tenha calma. Aproveite o tempo que você ainda mora com seus pais para se organizar e treinar essas habilidades. Além disso, busque também sua independência financeira, emocional e psicológica. Assim, você vai conseguir ter seu cantinho com tranquilidade e segurança.

Necessidade de liberdade e independência

Foto de uma moça morena sorrindo na mesa de trabalho | Como ter independência financeira | Guia da Tenda | Blog da Tenda

A maioria dos jovens adultos precisam de uma certa liberdade e independência para resolver a própria vida. Esse processo faz parte do amadurecimento pessoal.

Entretanto, alguns pais, mesmo com os filhos adultos, continuam se preocupando de forma exagerada. Algumas vezes, aquela cobrança de horário de saída e chegada, entre outras situações, acabam desgastando a relação familiar. Se este é o seu caso, sair da casa dos pais pode ser um passo libertador na sua vida.

Porém, mesmo com alguns conflitos familiares, é de suma importância ir em busca do seu novo lar de forma planejada e organizada. Só assim, você poderá sair da casa dos seus pais e não precisará voltar, caso o plano não dê certo.

Mudança de estilo de vida

Foto de uma moça comendo salada | Como mudar os hábitos alimentares para morar sozinho | Guia da Tenda | Blog da Tenda

Inicialmente, um ponto comum entre pais e filhos é com relação ao estilo de vida. Pois, cada um conta com muitas diferenças.

Por exemplo, você cresceu, tem sua personalidade formada e possui uma visão de como viver sua própria vida. Mas, seu estilo de vida pode não combinar mais com a maneira de como seus pais vivem. É nesses casos que conflitos podem surgir e desgastar a relação.

Isso pode ocorrer caso você tenha optado por um dieta diferente, uma religião distinta ou qualquer outra coisa. No entanto, se o estilos de vida não combinam mais, isso pode ser um indicativo que você deve sair debaixo das asas dos seus pais e seguir em frente para ter uma vida mais independente.

Relacionamento sério à vista

Foto de um casal, moça negra e rapaz branco | Como comprar um apartamento para casar | Guia da Tenda | Blog da Tenda

Todo inicio de relacionamento conta com muitas expectativas, e uma delas é de tornar mais séria a relação. Desenvolver um relacionamento sério com outra pessoa é um dos maiores motivos que impulsionam a saída dos jovens da casa dos pais.

Isso não quer dizer que você precisa casar-se literalmente, uma vez que, hoje em dia é muito comum a união estável entre casais. Porém, para iniciar uma vida a dois, seja através da celebração de casamento ou não, é preciso ter o seu próprio espaço. Desse modo, muitos jovens casais saem em busca do cantinho próprio para iniciar uma vida juntos com seus próprios desafios.

O que deve ser levado em conta antes de sair da casa dos pais?

Foto de um rapaz com dúvida pesquisando na internet | Qual momento para sair da casa dos pais | Guia da Tenda | Blog da Tenda

Para evitar uma experiência traumática ao morar sozinho, tenha em mente que é preciso estar preparado financeiramente e psicologicamente para essa mudança radical na sua vida. Então, para te ajudar a se organizar e se preparar para sair da casa dos seus pais, confira algumas dicas do que se deve levar em conta antes de conquistar sua casa própria. Vamos lá?!

Avalie suas condições financeiras

De modo geral, muitas pessoas acreditam que ao conseguir o primeiro emprego, esse já pode lhe dar condições para viver sua própria vida. Porém, não é porque você consegue pagar um carro e uma conta de internet, que é uma referência para sair da casa dos pais com segurança financeira. Isso porque, morar sozinho requer que você arque com outras despesas das quais não existiam antes no seu orçamento, como pagar sua moradia e alimentação.

Por isso, antes de fazer qualquer mudança, coloque todos os custos fixos e variáveis que você terá ao sair da casa dos seus pais. Ou seja, calcule o quanto será gasto com sua moradia, o valor do financiamento imobiliário, despesas com transporte, o custo das contas de consumo (luz, água, gás, internet, condomínio), etc. Além disso, preveja os gastos variáveis com alimentação, diversão, entre outros.

Não deixe de analisar se você vai conseguir manter o mesmo padrão de vida que tinha quando morava com seus pais. Por fim, caso necessário, avalie a possiblidade de descer alguns degraus no seu estilo de vida para manter sua independência.

Analise o estágio da sua carreira

Foto de uma moça pesquisando na internet | Como comprar um apartamento ainda jovem | Guia da Tenda | Blog da Tenda

Normalmente, todos nós desejamos melhorar nosso estilo de vida. Isso também acontece na área profissional, pois o trabalhador deseja receber promoções e aumentos salariais na empresa que atua. Por isso, ao decidir sair da casa dos pais, é importante avaliar como está sua carreira. Justamente, porque é através da sua renda mensal que você vai conseguir sustentar sua nova fase de vida.

No entanto, não é fácil conciliar os estudos e as obrigações do trabalho, caso ainda esteja na faculdade ou fazendo alguma pós graduação. Então, avalie se você já tem todos os cursos de especializações necessárias para alcançar o cargo ou remuneração desejados. Portanto, caso precise investir em seus estudos, verifique se suas condições financeiras são necessárias para arcar com essa despesa e quitar os custos de uma moradia.

Prepare-se psicologicamente para sair da casa dos pais

Primeiramente, é preciso ter o preparo psicológico para sair da casa dos pais e deixar a convivência diária com eles. Por vezes, a distância pode gerar incertezas, ansiedade e outros sentimentos que podem ser difíceis de lidar num primeiro momento.

Contudo, embarcar na jornada do amadurecimento conta com muito aprendizado e crescimento pessoal. Por isso, faça seu planejamento e tome todos os cuidados possíveis, para que você possa tomar essa decisão tranquilamente.

Além disso, avalie se você tem alguma dificuldade de lidar com mudanças, ainda mais quando elas transformam completamente sua forma de viver. Saiba que será necessário lidar com os sentimentos da saudade, e por vezes da solidão. Visto que, são emoções bem comuns para quem mora sozinho. Sendo assim, considere que é uma etapa de crescimento pessoal, pois será preciso entender seus limites e aprender novas habilidades.

Converse com seus pais

Foto de mãe e filha negras conversando e sorrindo | Como conversar com os pais para sair de casa e morar sozinho | Guia da Tenda | Blog da Tenda

Acima de tudo, ter um dialogo transparente, honesto e amigável com seus pais é fundamental. Logo, diga a eles os motivos pelos quais você está tomando essa decisão, e principalmente, que mesmo com sua saída de casa, você continua fazendo parte da família.

Além do mais, deixe claro que sua saída não é um rompimento familiar, apenas um passo na construção de uma vida independente. Então, a dica para tornar esse momento mais prazeroso para todos, é incluir seus pais em algumas atividades, como visitar a casa nova, comprar os móveis ou planejar a decoração, etc.

Procure um bom imóvel para morar

Foto de uma moça negra pesquisando no computador | Como sair da casa dos pais | Guia da Tenda | Blog da Tenda

Num primeiro momento, é normal não ter condições de manter o padrão de moradia com o qual está acostumado. Isso porque, seus pais levaram muito tempo para construir o patrimônio deles e te oferecer esse estilo de vida.

Para que a sua experiência ao sair da casa dos pais não seja ruim ou traumática, é fundamental escolher bem onde você vai morar sozinho. Neste caso, tenha em mente qual é o seu orçamento mensal, que será destinado para manter as despesas da sua nova moradia. No entanto, esse custo do seu novo imóvel é influenciado pela localização, tamanho e características da propriedade.

Vale ressaltar, que ao escolher a região onde você deseja morar, considere que o seu novo lar esteja próximo ao seu trabalho ou até mesmo perto de onde você estuda. Assim, você não vai ficar perdendo tempo no trânsito para chegar até sua casa no dia a dia. Por fim, prefira bairros com uma boa infraestrutura de serviços e comércios para facilitar sua rotina diária.

Considere a possibilidade de comprar um apartamento na planta

Foto de uma planta de apartamento | Como comprar um apartamento na planta e morar sozinho | Guia da Tenda | Blog da Tenda

 

Comprar um apartamento na planta é muito vantajoso para quem está se preparando para sair da casa dos pais. Porque, além de receber um imóvel novo, é possível aproveitar o tempo que ainda está na casa dos seus pais para planejar e economizar. A seguir, confira os principais benefícios de comprar um apartamento na planta:

  • O valor do imóvel é mais barato;
  • A compra desse imóvel conta com melhores condições de pagamento e taxas juros;
  • É uma propriedade nova, então, não terá manutenções de imediato;
  • Te oferece tempo para se organizar e economizar (o tempo que a construtora leva para concluir o empreendimento);
  • Um apartamento novo tem alto potencial de valorização;
  • Oferece a possiblidade de personalizar cada acabamento;
  • Conta com mais tempo para planejar a mudança;
  • Possibilidade de economizar para comprar os móveis planejados e itens de decoração;
  • É possível decorar do jeito que você quiser, entre outras vantagens.

Divida as despesas caso queira economizar

Morar sozinho é um desafio, além de ser muito bom ter um lugar somente para você. Todavia, outras pessoas veem com bons olhos a possibilidade de dividir um apartamento para reduzir as despesas mensais.

Em especial, é uma estratégia inteligente para quem quer sair da casa dos pais e não tem os recursos suficientes para se manter sozinho. Assim, rateando as principais contas com outra pessoa, a tendência é reduzir essas despesas no seu orçamento.

Na hora de comprar um apartamento junto com outra pessoa, você pode utilizar um dos benefícios do programa Casa Verde e Amarela, a composição de renda. Em outras palavras, compor renda é somar o seu salário e de mais três pessoas para aumentar as chances de conseguir o financiamento imobiliário. No vídeo abaixo, você vai descobrir mais detalhes sobre a composição de renda.

Lembre-se que para ter uma boa convivência entre todas as pessoas que vão morar no imóvel, crie regras claras. Um bom exemplo é: fazer uma divisão de tarefas, como será feita a limpeza da residência, quais horários das refeições, etc. Por fim, o mais importante é escolher bem com quem você vai dividir as contas, já que é muito fácil ter conflitos no dia a dia, justamente por serem pessoas diferentes convivendo num mesmo espaço.

10 dicas de como sair da casa dos pais da melhor forma

A princípio, decidir ter sua casa própria e morar sozinha representa um grande passo na vida de qualquer jovem. Ainda mais que o impacto não é somente pessoal, mas também profissional. Afinal, um dos principais desafios são ligados à área financeira. Na sequência, selecionamos 10 dicas para você sair da casa dos seus pais da melhor forma. Confira!

Aproveite o tempo que você está na casa dos seus pais para se organizar

É normal gerar aquela ansiedade para sair da casa dos pais. Porém, a principal dica é: aproveite bem esse tempo na casa deles para se organizar, principalmente, financeiramente. Sobretudo, avalie bem sua situação financeira, considere as suas perspectivas futuras e analise as despesas que você terá na compra do seu imóvel. Além disso, uma forma de comprar um apartamento com muitas facilidades é através do financiamento Casa Verde e Amarela.

O Casa Verde e Amarela é novo programa habitacional do Governo Federal, o substituto do Minha Casa Minha Vida. O programa tem vantagens incríveis que facilitam o financiamento imobiliário para pessoas com baixa renda. Além do mais, o principal benefício do Casa Verde e Amarela é o subsídio. Ele funciona como um desconto no valor total do imóvel, deixando o valor das parcelas do financiamento menores que um aluguel, por exemplo.

Então, tenha paciência para fazer sua organização financeira e faça uma reserva de dinheiro. Assim, você poderá arcar com todos os custos quando comprar seu imóvel próprio e sair da casa dos seus pais com segurança. Quer saber mais como funciona o subsídio Casa Verde e Amarela? Assista o vídeo abaixo.

Conheça seus gastos e onde pode poupar

Antes de mais nada, para evitar possíveis dívidas, comece a cortar gastos desnecessários e tenha um dinheiro guardado. Por essa razão, faça isso antes de sair da casa dos seus pais, porque assim você terá mais tempo para poupar e criar uma reserva financeira para os futuros gastos com seu novo lar.

Isso porque, comprar um apartamento próprio é uma conquista muito grande que exige um esforço maior também. Para tanto, corte os gastos desnecessários que estão consumindo seu dinheiro. Um bom exemplo de gastos supérfluos é aquela assinatura no streaming que você não assiste, ou o pagamento daquela academia que você não vai, despesas com delivery constantes, etc.

Assim, essas ações servem como teste, para quando você estiver na sua casa própria, os gastos essenciais vão aumentar e será preciso fazer escolhas com o que se deve gastar.

Tenha um planejamento financeiro de verdade

Foto de uma moça fazendo as contas | Como fazer um planejamento financeiro para comprar um apartamento | Guia da Tenda | Blog da Tenda

De modo geral, se você não tiver um plano para sair da casa dos seus pais com segurança, certamente o processo será muito estressante. Para tanto, o ideal é ter bem claro o que você quer, quando e de qual forma. Para esclarecer, talvez você queira morar perto dos seus lugares favoritos, ou perto do seu trabalho ou faculdade. Ou talvez você queira somente um canto só seu, independente de onde seja.

Acima de tudo, tenha em mente no seu momento de vida, nas coisas que precisará fazer na sua rotina diária, e o quanto poderá arcar. Assim, você vai encontrar um caminho realista entre o que se tem e o que quer.

Faça um bom levantamento de todos os custos fixos que você terá ao comprar seu apartamento. Assim, você terá uma boa visão das suas finanças e de quanto em média será preciso para se manter bem sozinho. Em resumo, é dessa forma que se faz um planejamento financeiro para sair da casa dos seus pais com mais tranquilidade.

Faça uma reserva financeira para sair com segurança da casa dos pais

Em primeiro lugar, para ter mais tranquilidade para sair da casa dos pais e comprar seu apartamento para morar sozinho, tenha uma reserva financeira de emergência que vai te atender em possíveis imprevistos. Desse modo, na hora que surgir algum gasto inesperado, você terá condições de quitar a despesa sem prejudicar seu orçamento ou estilo de vida.

Além da reserva, recomenda-se que poupe dinheiro também para bancar o carreto da mudança, custos adicionais do financiamento imobiliário, pequenas reformas no imóvel, móveis, eletrodomésticos, etc.

Calcule todos os custos

Foto de uma mulher organizando as contas | Como calcular os custos para comprar um apartamento | Guia da Tenda | Blog da Tenda

Ao sair da casa dos seus pais, você será responsável por todas as contas de uma residência. Isso quer dizer que, você vai começar a pagar algumas despesas das quais ainda não estava acostumado. Então, antes da mudança, saiba quais serão os custos fixos de uma moradia:

  • Contas de consumo: água, luz, internet e gás;
  • Parcelas do financiamento;
  • Condomínio do prédio;
  • Impostos (IPTU);
  • Boletos de dívidas anteriores;
  • Compra de supermercado do mês;
  • Entre outros gastos.

Assim, com as despesas bem definidas, você terá uma noção de quanto será seu custo de vida ao morar sozinho.

Saiba como funciona um financiamento imobiliário

Foto de uma pessoa calculando um financiamento imobiliário | Com funciona um financiamento de imóvel | Guia da Tenda | Blog da Tenda

O financiamento imobiliário é a forma mais comum de comprar um imóvel no Brasil. Em resumo, é uma linha de crédito que os bancos disponibilizam para a aquisição de imóveis. Para ficar mais claro, o comprador paga um valor de entrada para o vendedor do imóvel e solicita um financiamento do valor restante para um banco. Assim, o comprador consegue financiar até 80% do valor do imóvel.

Existem também os financiamentos feitos em conjunto com programa habitacional, como o Casa Verde Amarela . Neste caso, o Governo Federal dá um valor de subsídio para ajudar as pessoas de baixa renda a comprarem a casa própria.

Além do mais, o Casa Verde e Amarela possui as menores taxas de juros do mercado imobiliário e tem uma grande parceria com a Construtora Tenda, facilitando a compra dos apartamentos Tenda.

Uma outra forma de financiar seu apartamento próprio e sair da casa dos seu pais é através do financiamento de imóveis pela Caixa . De modo geral, a Caixa Econômica Federal conta com uma linha de crédito habitacional com prazo de até 35 anos para que as pessoas paguem o imóvel.

Como contratar um financiamento imobiliário?

Para contratar um financiamento é preciso ter conhecimento de algumas informações que podem te ajudar no processo. Sobretudo, levar em conta os seguintes pontos na contratação de um financiamento:

  • Faça um planejamento para garantir uma boa entrada para pagar menos juros durante o financiamento. Além de que, é possível também utilizar o FGTS no valor de entrada na compra do imóvel;
  • Certifique-se que consegue fazer uma composição de renda para aumentar seu potencial de compra;
  • Tenha o seu nome limpo, garanta um score de crédito alto e o cadastro positivo;
  • Estude e escolha qual o sistema de amortização mais interessante para você (SAC, Price ou SACRE);
  • Tenha atenção ao Custo Efetivo Total, com as taxas e seguros obrigatórios do financiamento;
  • Faça a comparação das condições do financiamento imobiliário em diferentes bancos;
  • Analise qual proposta de financiamento tem as melhores condições para você.

Por fim, saiba que o valor das parcelas do financiamento não podem comprometer mais do que 30% da sua renda mensal. Então, evite de criar mais dívidas e mantenha uma boa reserva financeira para possíveis imprevistos. Se você ainda tem dúvidas de como funciona um financiamento imobiliário, confira o vídeo abaixo sobre as principais dúvidas sobre o tema.

Faça simulações de financiamento

Para que você tenha todas as informações dos valores que você deverá ter em mãos para comprar seu apartamento e sair da casa dos seus pais, o primeiro passo é fazer algumas simulações de financiamento.

Aqui na Construtora Tenda temos o Simulador de Financiamento . É uma ferramenta que vai te mostrar se você tem direito ao subsídio do governo (o maior benefício do Casa Verde e Amarela), qual o valor do benefício você pode conquistar, o custo aproximado das parcelas do financiamento, e por fim, o preço do apartamento que cabe no seu orçamento. Aproveite e faça quantas simulações você desejar!

Procure apartamentos que cabem no seu bolso

Mesmo que pareça óbvio, pesquise apartamentos que de fato você pode arcar com o custo do bem. Em outras palavras, não dê um passo maior que as pernas e analise o apartamento que caiba no seu orçamento. Com isso, você evita um enorme estresse. Vale lembrar também, que por lei as parcelas do financiamento não podem ultrapassar 30% da sua renda mensal.

Escolha um imóvel perto do seu trabalho ou faculdade

Para facilitar a escolha do imóvel, tente buscar apartamentos que estejam próximos do seu local de trabalho ou da faculdade. Assim, você evita de ficar horas no trânsito e facilita o seu deslocamento na cidade no dia a dia. Além disso, você vai conseguir ter mais qualidade de vida e também economizar um dinheiro com transporte.

Dica bônus: Pesquise sobre a reputação da construtora

Antes de comprar seu apartamento, verifique a credibilidade da construtora, principalmente se a compra for de um apartamento na planta. Confira quanto tempo de mercado a empresa tem, pesquise o histórico de entregas e a qualidade dos condomínios já construídos. Depois, consulte se a construtora tem processos judiciais devido a atrasos ou problemas com os clientes. Para isso, faça a consulta com o CNPJ da construtora.

Em especial, a Construtora Tenda tem mais de 50 anos o sonho da casa própria de mais de 130 mil famílias. Na sequência, veja o depoimento da jovem Evelyn, que conseguiu conquistar seu apartamento próprio sozinha com uma renda a partir de R$1.600,00.

Quais são as vantagens de sair da casa dos pais?

Para qualquer jovem, sair da casa dos pais é um passo muito importante na vida. Porém, existe seus prós e contras de morar com os pais. Na sequência, listamos algumas vantagens dessa grande mudança.

Mais privacidade

Para começo de conversa, ter privacidade é um dos grandes benefícios ao sair da casa dos pais. Isso porque, você não vai precisar dar satisfação onde você estava, com quem, ou se preocupar por ter alguém à espreita tentando ouvir suas ligações, etc.

Maior autonomia e liberdade

Sabe aquele sonho de fazer o que quiser, a hora que desejar e como quer, sem ter que dar satisfação para ninguém? Pois bem, ao morar sozinho você tem essa vantagem.

Você vai poder dormir e acordar a hora que quiser, limpar a casa quando der vontade e receber quem você desejar a qualquer momento. Porém, cada decisão que você tomar, as consequências serão somente suas também. Saiba que você terá que arcar com tudo o que acontecer com você, seja bom ou ruim.

Qualidade de vida

A saída da casa dos pais também pode ser uma vantagem na questão da qualidade de vida. Isso se você, por exemplo, morar perto do trabalho ou faculdade. Além disso, dependendo do tipo de condomínio que seu apartamento tiver, você poderá desfrutar das áreas de lazer do empreendimento.

Conquistar mais responsabilidade e maturidade

Um dos maiores e mais importantes benefícios ao sair da casa dos pais, é conquistar a maturidade e a responsabilidade da sua vida. Apesar de muitas pessoas não encararem bem essa questão, uma vez que tem que tomar suas próprias decisões. Cada escolha será baseada no seu orçamento, objetivos e crenças, e isso te dará um senso de responsabilidade por si. É assim que você vai construindo sua vida e sua forma de viver.

O que fazer ao sair da casa dos pais?

Foto de uma mulher negra sentada no sofá pesquisando na internet com dúvida | Como comprar um apartamento ainda jovem | Guia da Tenda | Blog da Tenda

Ao deixar de conviver com seus pais, é inevitável que você se depare com um mundo novo, onde é o único responsável por sua vida e sucesso. Contudo, sair da zona de conforto, gera muita insegurança em algumas pessoas, além do medo de cometer erros. Dúvidas de como será sua relação com seus pais, também podem surgir nesse momento. Além disso, é através da autonomia e liberdade que proporcionam o crescimento pessoal como individuo, garantindo o amadurecimento. A seguir, selecionamos alguns pontos essenciais que você precisa dar atenção assim que sair da casa dos seus pais e viver uma vida independente.

Tenha o controle das suas finanças

Certamente, muitos jovens que não tiveram uma boa educação financeira, passam por alguns problemas financeiros após saírem da casa dos pais. Então, para não passar por essa situação, é de suma importância ter controle sobre suas finanças. Um bom planejamento financeiro prevê gastos inferiores às despesas. Além disso, manter uma boa reserva de emergência vai lhe dar mais segurança e sanar qualquer imprevisto sem afetar no seu estilo de vida.

Aprenda a realizar as tarefas domésticas

Depois que você entrar no seu novo lar, junto com a liberdade, vem a responsabilidade de fazer todas as atividades da casa. Ao menos que você pague alguma diarista para fazer as tarefas de limpeza, no dia a dia é você quem mantem a ordem da sua própria residência. Isso incluir, lavar a louça, roupas, limpar a casa, entre outros afazeres domésticos. Num primeiro momento, para quem nunca fez isso na casa dos pais, pode parecer difícil. Mas, depois de aprender várias habilidades e criar tal responsabilidade, você perceberá que faz parte do seu processo de amadurecimento.

Não tenha medo de pedir ajuda

Entenda, não é porque você está morando sozinho que é obrigado a enfrentar todos os problemas e dificuldades por si só. Saiba que é preciso respeitar seus limites e entender que nem sempre você saberá resolver tudo. Até mesmo porque, é uma nova etapa que está vivenciando. Então, saiba com quem contar para te dar o suporte necessário nessa fase de transição. Pode ser um amigo ou até mesmo seus pais. O mais importante é sempre que perceber a necessidade, peça ajuda.

Mantenha um bom relacionamento com seus pais

Foto de uma família negra feliz tirando uma selfie | Como ter um bom relacionamento com os pais depois que sair de casa | Guia da Tenda | Blog da Tenda

Mesmo depois de mudar da casa dos pais, é inevitável que a relação com eles venha mudar. É um desafio fazer com que o relacionamento melhore entre pais e filhos, mas o mais importante é procurar sempre ter uma boa relação familiar. Nesse momento, é comum surgirem os sentimentos de solidão, preocupação, mas tudo pode ser resolvido com diálogo sincero entre todos. Desse modo, é a melhor forma de lidar com a distância. Por fim, sempre que puder, procure manter contato com seus pais e encontre uma maneira de equilibrar o contato com eles na sua nova realidade.

Saiba lidar com a saudade

De qualquer modo, é inevitável que a saudade venha surgir depois que você sair da casas dos seus pais. É impossível não sentir a falta deles, pois vocês conviviam diariamente. Procure aprender e entender sua nova realidade, e se adaptar a sua nova vida. O essencial é sempre que for preciso, mantenha o contato com seus pais e demais familiares, como seus irmãos.

Hoje em dia, com o avanço da tecnologia, isso ficou mais fácil. Seja por meio de vídeo chamadas ou mensagens pelo celular. O ideal é separar um momento da semana para manter o contato com seus familiares. Saiba que a saudade é recíproca da parte deles e é bom aliviar essa emoção sempre que possível. Portanto, é preciso ter um pouco de paciência logo depois da sua mudança, pois normalmente os pais sentem a “síndrome do ninho vazio”, um sentimento de tristeza causado pela saída dos filhos de casa.

Deu para perceber que sair da casa dos pais é uma decisão muito importante para você, porém não é uma mudança fácil. É preciso planejamento e muito diálogo com seus pais. Afinal de contas, conquistar a liberdade, cometer erros e acertos é caminhar para o seu amadurecimento que faz parte da sua jornada.

Por fim, se você ainda não escolheu seu apartamento, a Construtora Tenda tem o seu novo lar aqui! Confira os apartamentos à venda e aproveite os beneficio do programa Casa Verde e Amarela para conquistar seu imóvel próprio e sair da casa dos seus pais direto para seu apartamento próprio. Entre em contato com nosso time de atendimento!

Sobre a Tenda

Tenda é uma das maiores construtoras do Brasil e uma das empresas que integram a Bolsa de Valores de São Paulo. Listada no Novo Mercado da B3, a companhia tem o mais alto nível de governança corporativa do país.

Com mais de 50 anos de experiência no mercado imobiliário, a gente sabe que comprar um apartamento muitas vezes parece ser algo impossível para muitos brasileiros. Por isso, a nossa missão é colocar a conquista da casa própria ao seu alcance.

Acredite, com as nossas condições exclusivas somadas a grande parceria que temos com o programa Casa Verde e Amarela, o substituto do Minha Casa Minha Vida, você consegue ter o seu cantinho.

Nós já realizamos o sonho de mais de 120 mil famílias, provando que ter um imóvel próprio é possível. Para ajudar cada vez mais brasileiros, estamos presentes em capitais e regiões metropolitanas de nove estados do país. Existem apartamento à venda em São Paulo, Bahia, Ceará, Pernambuco, apartamentos à venda no Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná, Goiás e Minas Gerais.

Além de mais de 50 lojas físicas nos nove estados em que atuamos, também oferecemos a comodidade da Loja Virtual Tenda, um ambiente seguro e com todas as informações que você precisa para conquistar o seu imóvel. No nosso site, você também encontra ferramentas como o Simulador de Financiamento e a Calculadora dos Sonhos que te ajudam no planejamento da compra.

Conte com a gente para realizar o sonho de ter o seu apartamento! Estamos prontos para tirar as suas dúvidas e te acompanhar durante todo o processo.

Loja Virtual Tenda
Spotify Blog da Tenda
Autor do Post | Tenda Blog
Escrito por:

Tenda

Saia do aluguel e conquiste seu apartamento. Dê o primeiro passo agora mesmo.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

(0) Comentários
Este artigo ainda não possui comentário. Seja o primeiro.