COMO SACAR O FGTS PARA COMPRAR UM IMÓVEL?

Guia da Tenda

Se você que é trabalhador de carteira assinada e quer sair do aluguel, uma alternativa para realizar o sonho da casa própria é usar o FGTS no financiamento imobiliário. Porém, uma das principais dúvidas de quem quer fazer um financiamento é: como sacar o FGTS para comprar um imóvel? Então, para ficar por dentro de tudo sobre o assunto, confira todos os detalhes neste conteúdo.

Está sem tempo para ler agora? Então, ouça este conteúdo que está dividido em 3 partes para você! Aproveite a primeira aqui e, depois, confira as próximas no decorrer do artigo! Para ouvir é só clicar no play!

Tais, assistente virtual da Alea | Blog da Alea
Loja Virtual Tenda
Spotify Blog da Tenda

Como sacar o FGTS para comprar um imóvel?

A princípio, para sacar o FGTS na compra de um imóvel, você deve informar ao banco que pediu o financiamento para incluir o uso do saldo do Fundo de Garantia na operação. Então, se o financiamento for aprovado, na hora do pagamento do imóvel, o próprio banco será responsável por sacar o valor do FGTS e repassar ao vendedor da propriedade.

Quem tem direito de sacar o FGTS na compra do imóvel?

Como sacar o FGTS na compra de imóvel | Foto de uma pessoa segurando a Carteira Profissional | Guia da Tenda | Blog da Tenda

Antes de mais nada, todo trabalhador com carteira assinada que quer sacar o FGTS, tem o direito de usar o saldo para a compra da casa própria. Porém, é preciso ter pelo menos três anos de carteira assinada sob o regime CLT. Ainda mais, um ponto importante é que não precisam ser três anos consecutivos e também podem ser em empresas diferentes.

Além disso, a pessoa que pedir o financiamento com o FGTS não pode ter outro financiamento ativo no SFH (Sistema Financeiro de Habitação) e também não pode ser dono de outro imóvel residencial na cidade onde mora ou trabalha.

Quanto tempo leva para sacar o FGTS na compra do imóvel?

De modo geral, se você solicitar o saque do saldo do seu FGTS na compra da sua casa própria, normalmente, o prazo médio para liberação é de 30 a 40 dias. Logo, o banco em que você está fazendo o financiamento vai depositar o valor total do FGTS diretamente na conta do vendedor do imóvel. Ou seja, isso quer dizer que você não terá acesso a quantia em mãos, porque é uma operação feita entre o banco que está financiando sua casa própria e o vendedor da propriedade.

Quais são os documentos para sacar o FGTS para comprar um imóvel?

De início, a lista de documentos para sacar o FGTS na compra de um imóvel é essencial para a liberação do saldo. A seguir, confira a documentação necessária:

  • Carteira de trabalho – para comprovar o tempo de serviço sob o regime do FGTS;
  • Comprovante de residência atual;
  • Extrato da conta vinculado ao Fundo de Garantia;
  • Certidão de casamento ou de nascimento;
  • Carteira de identidade (RG);
  • CPF;
  • IPTU da casa ou do apartamento que será comprado.

Contudo, se você for um trabalhador autônomo e tem saldo do FGTS, também é possível usá-lo para financiar sua casa própria. Para isso, depois de separar toda a documentação acima, é preciso providenciar uma declaração junto à empresa que você trabalhou no regime CLT ou do sindicato em questão. Por fim, tire uma cópia de todos os documentos citados e organize junto aos documentos do financiamento.

Como usar o FGTS na compra do imóvel?

Tipos de financiamento | Foto de duas pessoas negociando compra de casa | Guia da Tenda | Blog da Tenda

Antes de mais nada, o que muitas pessoas não sabem é que o FGTS é um recurso muito utilizado pelos trabalhadores com carteira assinada e que querem comprar um imóvel.

No entanto, para usar o FGTS no financiamento de uma casa ou apartamento, é preciso seguir algumas regras que o Fundo de Garantia estabeleceu para o trabalhador e para o imóvel que será comprado. Na sequência, confira quais são os requisitos para usar o FGTS na compra de imóvel.

Confira agora o segundo áudio do conteúdo! Assim, ao terminar de ouvir, aproveite o último trecho mais abaixo desta página!

Pré-requisitos para o comprador usar o FGTS na compra do imóvel

De início, para comprar um imóvel com saldo do FGTS, você precisa atender as seguintes condições estabelecidas pelo fundo. Confira:

  • Ser brasileiro ou naturalizado;
  • Possuir mínimo de 3 anos de carteira assinada (não precisam ser anos consecutivos e pode ser em qualquer empresa);
  • Não ter nenhum imóvel em seu nome na mesma região da propriedade que será financiada;
  • Ter uma renda mensal suficiente para que as parcelas do financiamento não ultrapassem 30% do seu salário;
  • Não ter nenhuma pendência em instituições como SPC e Serasa;
  • Não possuir nenhum outro financiamento pelo SFH (Sistema Financeiro de Habitação) em andamento.

Da mesma forma que você tem requisitos para poder utilizar o FGTS no financiamento imobiliário, o imóvel também deve cumprir algumas exigências estabelecidas pelo Fundo de Garantia. A seguir, confira as condições.

Pré-requisitos para o imóvel ser financiado com o saldo do FGTS

Geralmente, em relação ao imóvel que será financiado com o saldo do FGTS, é importante destacar que a propriedade deve ser para moradia do trabalhador e não para aluguel. Além disso, confira as demais regras do Fundo de Garantia relacionadas ao imóvel:

  • A moradia deve ser urbana;
  • O imóvel não pode ter pendências na matrícula por dívidas do vendedor;
  • A propriedade deve custar até R$ 1,5 milhão;
  • O atual dono do imóvel não deve ter dívidas ou nome inscrito no cadastro de órgãos de proteção ao crédito (Serasa e SPC);
  • O imóvel não pode ter sido comprado com o uso do FGTS nos últimos três anos.

Todavia, essas informações não costumam sofrer tantas atualizações, mas é importante estar atento às novas regras que podem surgir.

Quais os tipos de financiamento que posso usar para sacar o FGTS na compra do imóvel?

Inicialmente, o interessado podia usar o saldo do FGTS apenas no financiamento de imóveis do Sistema Financeiro de Habitação (SFH). Em outras palavras, o SFH usa os recursos da poupança e do próprio FGTS para facilitar o financiamento da casa própria ou a construção de casas. Além do mais, esse tipo de modalidade financia imóveis de até R$ 1,5 milhão com juros limitados até 12% ao ano.

Aliás, o SFH é direcionado para pessoas de baixa renda e usado no programa habitacional Casa Verde e Amarela. Isso quer dizer que se você quiser financiar sua casa própria através do Casa Verde e Amarela, é possível utilizar o saldo do FGTS na compra do imóvel. Nesse sentido, vale lembrar também que você pode aproveitar os demais benefícios do programa, como o subsídio habitacional e as menores taxas de juros do mercado.

Contudo, até agosto de 2021, não era permitido usar o FGTS no SFI (Sistema Financeiro Imobiliário). Porém, o Conselho Curador do FGTS autorizou o uso do recurso no financiamento. Mas para isso, é necessário seguir as seguintes regras:

  • Os recursos do FGTS só podem ser utilizados se for a compra do primeiro imóvel;
  • O valor do imóvel não pode ultrapassar R$ 1,5 milhão;
  • A conta do FGTS do trabalhador deve ter mais de três anos.

Passo a passo de como utilizar o FGTS no financiamento imobiliário

Como usar o FGTS para comprar apartamento | Foto de um celular e um computador com o logo do FGTS | Guia da Tenda | Blog da Tenda

Entretanto, se você ainda tem alguma dúvida de como usar o FGTS na compra da casa própria, confira a seguir o passo a passo resumido para contar com esse benefício.

Verifique se você e o imóvel atendem aos requisitos do Fundo de Garantia

Como foi dito anteriormente, você e o imóvel precisam atender as condições do Fundo de Garantia para que seja liberado o saldo para o financiamento da propriedade.

Neste caso, você precisa ter três anos de trabalho com carteira assinada e não ter nenhum imóvel na região que mora ou trabalha, entre outras condições. Por outro lado, o imóvel não pode ter sido comprado com os recursos do FGTS nos últimos três anos, além de outros requisitos.

Aprovação de crédito

Antes de mais nada, você precisa procurar o gerente do banco, a construtora ou um corretor de imóveis para providenciar uma pré-aprovação do financiamento imobiliário.

Certamente, aqui na Construtora Tenda, você pode utilizar o Simulador de Financiamento, uma ferramenta que vai te dar os valores aproximados das parcelas do financiamento, se você tem direito ao subsídio do governo (benefício do Casa Verde e Amarela) e qual valor de desconto você terá no imóvel, e por fim, o apartamento que cabe no seu orçamento. Assim, no final da simulação gratuita, você pode pedir uma avaliação de crédito para nosso time de atendimento. Então, para saber mais detalhes de como funciona uma análise de crédito, assista o vídeo abaixo do canal oficial da Construtora Tenda no YouTube.

Escolha um imóvel regularizado

Sobretudo, este é um momento bem especial, pois você vai escolher o imóvel que cabe no seu orçamento. Então, separe toda a documentação para o financiamento imobiliário e para utilização do FGTS na compra da propriedade. Quer saber mais detalhes de quais são os documentos necessários para o financiamento? Assista o vídeo a seguir.

Esta é a última parte deste conteúdo em áudio! Ouça agora!

Assinatura do contrato de compra e venda do imóvel

Após a aprovação de crédito e escolha do imóvel, outro passo importante é a assinatura do contrato de compra e venda. Vale lembrar que é essencial ler e entender todas as cláusulas desse acordo. Além disso, exija que o contrato possua uma cláusula de que o vendedor garanta todas as documentações do imóvel devidamente regularizadas.

Informe ao banco que parte do financiamento será paga com saldo do FGTS

De modo geral, o banco vai pedir seus dados, do vendedor e do imóvel através da documentação do financiamento. Depois, a instituição fará uma vistoria e análise da documentação do imóvel. Se tudo der certo com a aprovação do financiamento, o banco fará a emissão do contrato com todos os valores de pagamento detalhados, incluindo o valor utilizado do seu saldo do FGTS.

Assinatura do contrato de financiamento e registro do imóvel

Depois que o banco liberar o contrato de financiamento, você deverá ir ao cartório de Registro de Imóveis da cidade onde está a propriedade. No cartório, a transferência do bem deve ser registrada na matrícula do imóvel. Isso porque, o número de matrícula do imóvel é exclusivo de um único bem e nele consta toda a história, descrição e dados do proprietário.

Pagamento do vendedor da propriedade e saque do FGTS na compra do imóvel

Assim que finalizar o registro do imóvel no cartório, o banco receberá a informação e fará o pagamento da propriedade ao vendedor. Além disso, o próprio banco financiador cuidará do processo de saque do FGTS no financiamento, sem que você precise se envolver.

Principais dúvidas sobre o FGTS para compra de imóveis

Como comprar um apartamento | Foto de uma mulher negra pensativa na frente do computador | Guia da Tenda | Blog da Tenda

Normalmente, é comum ter muitas dúvidas sobre como usar o FGTS na compra de um imóvel. Mas, pode ficar tranquilo, a seguir, trouxemos as principais respostas sobre o tema. Confira!

Como posso usar o FGTS no financiamento de imóvel?

Para começar, você pode utilizar o saldo do FGTS tanto no início do financiamento (para pagar parte do valor de entrada do imóvel) quanto durante o pagamento do crédito habitacional. Além disso, você pode usar o FGTS para amortizar as parcelas, reduzindo no valor das prestações, o prazo do financiamento ou na quitação do valor da dívida. Por último, é possível também utilizar o saldo do FGTS na redução de até 80% do valor das prestações do financiamento em 12 meses consecutivos. Então, se você quer saber mais detalhes de como funciona o uso do FGTS no financiamento de imóvel, assista o vídeo abaixo.

Em qual momento não posso usar o FGTS na compra de imóvel?

A princípio, você não pode utilizar o saldo do FGTS na compra de imóveis comerciais, reformas de residência, aumento de mais um cômodo em casa ou apartamento já construído, na compra de terrenos sem construção de moradia ou material de construção. Se alguém desrespeitar essa regra, poderá responder um processo por estelionato e terá que devolver o dinheiro ao governo.

Posso usar o FGTS para financiar um imóvel em qualquer lugar do Brasil?

Sim! Desde que o imóvel seja para ser a moradia do comprador e que atenda aos requisitos exigidos pelo Fundo de Garantia para o financiamento imobiliário.

Posso financiar um segundo imóvel com o FGTS?

Sim! Você pode usar o saldo do seu FGTS para financiar um segundo imóvel desde que o primeiro imóvel esteja quitado. Além disso, a segunda residência não pode estar na mesma cidade ou município vizinho ao primeiro.

É possível sacar o FGTS para ajudar algum parente a comprar um imóvel?

Não! O Governo não autoriza o uso do saldo do FGTS para ajudar parentes ou terceiros. Contudo, se você for financiar um imóvel através do Casa Verde e Amarela, é possível utilizar a composição de renda. Ou seja, você e mais três pessoas podem somar o salário para aumentar as chances de aprovação do financiamento. Neste caso, você e quem for compor renda podem utilizar o FGTS como valor de entrada do financiamento.

Posso utilizar o FGTS na reforma de casa?

Não! O saldo do FGTS não pode financiar reformas de moradias já existentes. Isso porque a finalidade do FGTS na compra de imóveis é para facilitar a conquista da casa própria e não para aperfeiçoamentos ou investimentos de um imóvel já pronto.

Posso utilizar o FGTS na compra de terreno?

Sim! Desde que a compra do terreno esteja acompanhada do financiamento da construção do imóvel. Porém, para compra somente do terreno sem previsão de construção, não é possível o uso do FGTS.

Posso usar o FGTS para compra de apartamento na planta?

Sim! Você pode utilizar o saldo do FGTS na compra de apartamento na planta através do programa Casa Verde e Amarela. Assim, além do FGTS, você pode aproveitar os demais benefícios do programa como a composição de renda e o subsídio do governo. Além disso, o Casa Verde e Amarela conta com as menores taxas de juros do mercado e para quem for utilizar o FGTS, os juros são ainda mais em conta.

Posso vender o imóvel comprado com FGTS?

Sim! Não existe nenhuma restrição ou impedimento para a venda de imóveis comprados com o uso do FGTS. Porém, se você financiou o imóvel há menos de 3 anos com o FGTS, o novo proprietário não poderá comprar com o saldo do FGTS dentro desse período.

Viu só que não é um bicho de sete cabeças sacar o FGTS para comprar um imóvel? Se você ainda está procurando um apartamento para aproveitar o seu saldo do FGTS e comprar sua casa própria, confira os apartamentos à venda da Construtora Tenda.

Sobre a Tenda

Tenda é uma das maiores construtoras do Brasil e uma das empresas que integram a Bolsa de Valores de São Paulo. Listada no Novo Mercado da B3, a companhia tem o mais alto nível de governança corporativa do país.

Com mais de 50 anos de experiência no mercado imobiliário, a gente sabe que comprar um apartamento muitas vezes parece ser algo impossível para muitos brasileiros. Por isso, a nossa missão é colocar a conquista da casa própria ao seu alcance.

Acredite, com as nossas condições exclusivas somadas a grande parceria que temos com o programa Casa Verde e Amarela, o substituto do Minha Casa Minha Vida, você consegue ter o seu cantinho.

Nós já realizamos o sonho de mais de 120 mil famílias, provando que ter um imóvel próprio é possível. Para ajudar cada vez mais brasileiros, estamos presentes em capitais e regiões metropolitanas de nove estados do país. Existem apartamentos à venda em São Paulo, Bahia, Ceará, Pernambuco, apartamentos à venda no Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná, Goiás e Minas Gerais.

Além de mais de 50 lojas físicas nos nove estados em que atuamos, também oferecemos a comodidade da Loja Virtual Tenda, um ambiente seguro e com todas as informações que você precisa para conquistar o seu imóvel. No nosso site, você também encontra ferramentas como o Simulador de Financiamento e a Calculadora dos Sonhos que te ajudam no planejamento da compra.

Conte com a gente para realizar o sonho de ter o seu apartamento! Estamos prontos para tirar as suas dúvidas e te acompanhar durante todo o processo.

 

Loja Virtual Tenda
Spotify Blog da Tenda
Autor do Post | Tenda Blog
Escrito por:

Tenda

Saia do aluguel e conquiste seu apartamento. Dê o primeiro passo agora mesmo.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

(0) Comentários
Este artigo ainda não possui comentário. Seja o primeiro.