COMO FINANCIAR UM APARTAMENTO

Guia da Tenda

Conquistar o primeiro imóvel e realizar o sonho da casa própria é o desejo de grande parte dos brasileiros que ainda moram de aluguel. Para que isso se torne realidade, confira tudo sobre como financiar um apartamento.

Loja Virtual Tenda
Spotify Blog da Tenda

Em resumo, tanto bancos quanto construtoras oferecem essa possibilidade. Quer saber mais sobre essa modalidade e os diferentes tipos de financiamento? Então continue a leitura!

Esse conteúdo também está disponível na versão podcast. Aproveite a praticidade do áudio que preparamos para você. Para ouvir é só clicar no play!

O que é financiamento?

Como financiar um apartamento | Guia da Tenda | Blog da Tenda

O financiamento imobiliário é a forma mais comum no Brasil de adquirir imóveis. Basicamente, ele é uma compra à vista com o dinheiro de terceiros. Ou seja, um empréstimo bancário. Você utiliza o dinheiro para pagar o vendedor do imóvel e depois retorna o valor à instituição financeira ou construtora por meio de parcelas.

Dessa maneira, o comprador paga um valor de entrada para o vendedor e pede emprestado para a instituição o restante. Normalmente, é possível financiar até 80% do valor do imóvel.

Quais são as condições?

Como falamos, o financiamento imobiliário é um recurso fornecido por diferentes bancos e empresas e, por isso, as condições e os critérios variam. Porém, existem alguns requisitos mínimos para seguir com a modalidade:

  • é preciso ter, pelo menos, 18 anos (maioridade civil);
  • não possuir restrições de crédito, ou seja, nome sujo em cadastros como o SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) e Serasa;
  • ter formas de comprovar a renda.

Para ter o financiamento aprovado, é preciso passar por uma avaliação de crédito, que verifica a possibilidade do comprador de pagar o empréstimo.

Tipos de financiamento imobiliário

Como financiar um apartamento | Financiamento imobiliário | Guia da Tenda | Blog da Tenda

Agora que você entende o que é e quais são as condições para financiar um imóvel, é hora de conhecer as modalidades de financiamentos imobiliários e encontrar a melhor opção para você.

A princípio, o que os diferencia são as condições de pagamento. Por exemplo, as taxas de juros, a duração dos contratos e quanto do valor do imóvel é possível financiar. Confira!

Financiamento com bancos privados

Nos últimos anos, os bancos privados ampliaram a liberação de crédito para a aquisição de propriedades. Entretanto, essa modalidade é mais vantajosa para quem tem um maior poder aquisitivo ou tem estabilidade no emprego e assim, pode negociar as condições.

Os bancos trabalham com dois programas: o Sistema Financeiro da Habitação (SFH) e o Sistema Financeiro Imobiliário (SFI). A principal diferença eles é a possibilidade de utilização do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para o financiamento imobiliário, que só é aceito dentro do SFH.

Além disso, no SFH, os bancos não podem cobrar uma taxa de juros superior a 12% ao ano, mas há limites no valor do financiamento. Porém, fora do SFH, podem ser financiados imóveis com valores mais altos.

Direto com a construtora

Fazer um financiamento direto com a construtora pode oferecer algumas facilidades. Entre elas, vale destacar a possibilidade de negociação sem intermediários e a aprovação de crédito simplificada, uma vez que empréstimos de instituições financeiras costumam ser mais criteriosos e, consequentemente, mais difíceis.

Outra vantagem é que, diferentemente dos bancos, as construtoras têm autonomia para definir suas próprias condições de financiamento, não estando limitadas às regras do SFH. Por conta disso, as exigências podem variar de uma construtora para outra e até mesmo de um empreendimento para outro.

Financiamento pela Caixa Econômica Federal

O financiamento diretamente pela Caixa é muito popular no Brasil, graças aos programas habitacionais do Governo Federal, como o Minha Casa Minha Vida e o Casa Verde e Amarela. Essa opção oferece vantagens importantes para quem não possui uma renda familiar muito alta, por exemplo.

Ainda mais, graças aos programas, as famílias que têm menor renda pagam taxas, impostos e juros menores, justamente para que uma grande parcela da população realize o sonho da casa própria. Ao mesmo tempo, os prazos de pagamento são maiores, a entrada é facilitada e os compradores contam com o auxílio do subsídio.

Como financiar um apartamento

Como financiar um apartamento | Financiamento imobiliário | Guia da Tenda | Blog da Tenda

O financiamento oferece condições de pagamento e taxas de juros mais acessíveis. Ainda assim, é preciso atender a alguns critérios para conseguir a liberação do crédito. Mas não desanime! Confira nossas dicas de como financiar um apartamento para se preparar da melhor maneira para esse processo.

Organize suas contas

Antes de mais nada, é muito importante entender que o planejamento financeiro é fundamental para quem deseja financiar um imóvel. Como o valor é alto e o tempo de pagamento é longo, conhecer seus ganhos e despesas é essencial para se preparar para a compra.

Recomenda-se também que as parcelas do financiamento não ultrapassem mais de 30% da renda familiar. Lembre que, caso a sua renda individual não for o suficiente, você pode contar com a composição de renda. Desse modo, é preciso avaliar a situação financeira de todos os envolvidos.

Separe a documentação

Geralmente, os documentos essenciais são RG, CPF e certidão de nascimento ou casamento, se for o caso. Caso você utilize o FGTS na compra do imóvel, é preciso apresentar outros documentos. São eles:

  • extrato original e atualizado do FGTS;
  • comprovante de residência — de até 3 meses;
  • carteira de trabalho;
  • última declaração do Imposto de Renda (IR);
  • última declaração do IR do parceiro, caso esteja em um casamento ou união estável.

Aqui, a dica é procurar saber antecipadamente sobre as exigências da organização responsável pelo seu financiamento, uma vez que a documentação pode variar de um lugar para outro. Não seja pego de surpresa!

Utilize o simulador de financiamento

Essa ferramenta permite verificar o custo aproximado das parcelas do financiamento de um imóvel, já incluindo as taxas e os juros, de acordo com as suas condições financeiras.

Preenchendo algumas informações, como seu estado, idade e renda, você confere a estimativa do valor. Assim como o valor do benefício do subsídio que você tem direito. Fazer essa simulação ajuda a planejar a realização desse sonho, de uma maneira que caiba no seu bolso! Gostou? Então aproveite pra já conferir o Simulador de Financiamento da Tenda!

Encontre uma construtora de confiança

Já sabe tudo sobre como financiar um apartamento e quer dar o próximo passo? Então lembre de encontrar uma construtora de confiança e credibilidade.

A Tenda é uma das maiores parceiras dos programas habitacionais do Governo. Com a gente, você conta também com a facilidade de entrada, que pode ser dividida em até 60 meses. Para saber mais, acesse nossa Loja Virtual e conheça nossos apartamentos à venda. Acredite, com a Construtora Tenda você pode realizar o sonho da casa própria!

 

Loja Virtual Tenda
Spotify Blog da Tenda
Autor do Post | Tenda Blog
Escrito por:

Tenda

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

(0) Comentários
Este artigo ainda não possui comentário. Seja o primeiro.
Deixe seu contato

A gente quer compartilhar as novidades primeiro com você.