Cadastre-se e fique
por dentro das novidades.





Finalmente chegou a hora de planejar sua lua de mel? Mas o que levar em consideração? Como fazer para não se endividar? Por onde exatamente começar? Nada de pânico. Estamos aqui para ajudar!


Para muitas pessoas, o casamento é uma data aguardadíssima, não é mesmo? Justamente por isso, requer uma boa organização prévia. Afinal, só assim tudo sairá perfeito no dia! Já com as alianças nos dedos, vem o momento privado da comemoração a união: a lua de mel. E você sabia que planejar lua de mel pode ser mais fácil e econômico só seguindo algumas dicas?

É isso mesmo: ao contrário do que muita gente pode pensar, organizar a viagem de lua de mel dos sonhos pode ser sim fácil e prático, ainda cabendo perfeitamente no orçamento do casal. Para isso, basta conferir as dicas que preparamos para você! Veja agora como planejar lua de mel sem estresse!

Avalie o valor disponível

O primeiro passo para ter uma lua de mel perfeita é saber quanto pode ser gasto. Com base nesse valor, que pode a princípio ser só uma estimativa, verifique quais são as possibilidades de destinos que cabem no bolso do casal.

Uma boa pedida para planejar financeiramente esse dia é já incluí-lo no orçamento do casamento, uma vez que a viagem de lua de mel é parte importante dessa etapa inesquecível. Vocês podem fazer uma reserva financeira especificamente para esse fim, juntando parte do dinheiro mês a mês.

Existe ainda a possibilidade da compra de passagens, hospedagem e eventuais entradas a shows e eventos com bastante antecedência, permitindo que tudo seja pago em parcelas pelo cartão de crédito. Só fique atento a suas condições financeiras para que esse momento especial não acabe se transformando em um tormento no futuro pelas dívidas, ok?

Decida o destino

Um gosta de praia enquanto o outro curte mais o friozinho da serra? Se cada um tem uma preferência, será preciso encontrar um meio-termo que agrade a ambos. Em relação a isso, lembre-se sempre de que o principal é que a viagem seja inesquecível para o casal, ficando eternamente marcada pelas boas experiências vividas a dois.

Para não correr risco, a melhor saída é decidir o destino juntos. Sem muita pressa para não se precipitarem, pesquisem locais, atrativos e diferenciais que poderão aproveitar durante a viagem. E o melhor é que esse planejamento a dois já pode ser bem divertido e até romântico!

Prefira a baixa temporada

O maior segredo para qualquer viagem ser mais barata é preferir fazê-la na baixa temporada. Normalmente, com exceção de dezembro, janeiro e julho, os demais meses do ano contam com preços mais acessíveis tanto de passagens aéreas como de hotéis para destinos nacionais. São meses mais baratos pela menor procura, já que não é período de férias de final de ano ou de recesso escolar.

Que tal considerar a possibilidade de alterar um pouco a data do seu casamento justamente para aproveitar as baixas temporadas para viajar gastando menos? Um mês para lá ou para cá talvez não faça grande diferença na hora de dizer o tão sonhado sim, mas pode representar uma grande economia para aproveitar a lua de mel!

Na verdade, ainda existe a possibilidade de deixar a lua de mel para um momento posterior ao casamento. A viagem não precisa necessariamente ocorrer logo após os noivos deixarem o altar. Coloque prós e contras no papel e pese o que vale mais a pena!

Pense no tempo de viagem

Dentro do planejamento da lua de mel, é preciso verificar também quanto tempo vocês terão para aproveitar a viagem. Se tiverem mais tempo para curtir esse momento, o planejamento não só pode como deve ser mais detalhado, verificando tudo o que o destino oferece e quais passeios poderão ser realizados sem comprometer o orçamento.

Por outro lado, se o tempo for mais curto, o ideal é preferir viagens para destinos mais próximos. Se for o caso, por que não ir de carro? Assim, vocês poderão aproveitar ao máximo esse momento a dois sem perder tempo! São inúmeras as possibilidades de destinos maravilhosos dentro do Brasil mesmo. Já pensou que aquele lugar especial pode estar mais perto do que você imagina?

Mas atenção: por mais que a viagem seja para muito pertinho e que vocês queiram economizar o máximo possível, nada de se hospedar na casa de parentes, combinado? Esse momento especial precisa ser aproveitado só por vocês.

Fique de olho nas promoções

A ideia é viajar de avião? Então trate de ficar atento às promoções! Hoje em dia, é possível acessar diretamente os sites das companhias áreas ou de empresas especializadas na venda de passagens, verificando preços, comparando e estimando custos sem nem precisar sair do sofá!

Saiba desde já que, em geral, quanto mais cedo você compra, menor é o preço cobrado. Só com um bom planejamento, portanto, você já consegue economizar (e muito), permitindo que o dinheiro extra seja aplicado na reserva de um hotel melhor ou na compra de ingressos para um passeio a mais no destino escolhido. Bem melhor, não acha?

Monte seu próprio pacote

Existem hoje agências de viagem especializadas em montar o pacote ideal para você aproveitar ao máximo esse momento. Vale ressaltar, porém, que para desfrutar dessa facilidade você pode ter que arcar com um custo maior. O que acha então de gastar um tempinho a mais para montar seu próprio pacote de viagem de lua de mel?

Definido o destino? Analise se o deslocamento será feito de carro ou avião. Se for preciso voar, compre logo as passagens. De uma forma ou de outra, faça reserva no hotel escolhido e pesquise sobre os atrativos que a cidade oferece. Com a ajuda da internet, também é possível fazer um planejamento dos gastos durante a viagem para não ser pego de surpresa com a fatura do cartão no mês seguinte. Para isso, basta planejar os passeios de cada dia, somando tudo!

Percebeu como planejar lua de mel não é um bicho de sete cabeças, como muitos pensam? E o melhor é que esse momento pode ser tão perfeito a ponto de caber direitinho no orçamento do novo casal!

Procuramos sempre produzir conteúdos especiais para quem ainda está decidindo sobre comprar ou não seu apartamento, como planejar lua de mel ou ajustar o orçamento familiar. Interessado? Curta nossa página no Facebook para ficar sempre por dentro das novidades!

Como planejar os gastos com educação dos filhos? aprenda em 6 dicas

Como planejar os gastos com educação dos filhos? aprenda em 6 dicas

Economia doméstica

Quanto você está disposto a investir na educação dos seus filhos? Já pensou que se trata de um investimento de longo prazo? Você está preparado para essa jornada? Acompanhe nosso post para entender!

Como ter qualidade de vida sigas estas 9 dicas

Como ter qualidade de vida sigas estas 9 dicas

Economia doméstica

Comer melhor, cuidar do corpo, dormir bem, trabalhar com prazer, fazer exercícios, correr do estresse, evitar os vícios, cultivar as amizades e sorrir mais: descubra como esses 9 hábitos simples ajudarão a alavancar sua qualidade de vida!

Orçamento familiar: entenda as despesas fixas de uma casa

Orçamento familiar: entenda as despesas fixas de uma casa

Economia doméstica

Entender como as despesas fixas de uma casa afetam seu planejamento financeiro é essencial caso você queira organizar melhor seu orçamento, estabelecer novos planos e criar metas de investimento para o seu dinheiro.

Educação financeira infantil: como ensinar os filhos a ter uma boa relação com o dinheiro?

Educação financeira infantil: como ensinar os filhos a ter uma boa relação com o dinheiro?

Economia doméstica

A educação financeira é um aspecto que deve começar já na infância. Isso quer dizer que você é o primeiro modelo para os seus filhos. Quer saber como ser um bom exemplo? Leia o nosso post e descubra!

Como organizar o orçamento familiar para conquistar a casa própria?

Como organizar o orçamento familiar para conquistar a casa própria?

Economia doméstica

Quer realizar o sonho da casa própria, mas não sabe por onde começar? Organizar o orçamento familiar é o primeiro passo. Neste texto, você encontra dicas incríveis para alcançar esse objetivo. Confira!

Elencamos 5 dicas para eliminar sua dívida do cartão de crédito

Elencamos 5 dicas para eliminar sua dívida do cartão de crédito

Economia doméstica

A dívida do cartão de crédito parece uma bola de neve. Basta pagar o mínimo uma única vez e o valor aumenta consideravelmente. Agora, mesmo com as mudanças na regra, muita gente ainda fica devendo às operadoras e acaba com restrições, sem perspectivas de limpar seu nome.
Todos os direitos reservados Tenda
CPNJ: 09.625.762/0001-58