Coifa, depurador ou exaustor: qual é a melhor escolha para apartamento? | Blog da Tenda Coifa, depurador ou exaustor: qual é a melhor escolha para apartamento? – Tenda



Cadastre-se e fique
por dentro das novidades.





Na hora de equipar a cozinha do seu apartamento, não deixe de lado a aquisição de um aparelho para absorver gorduras. Assim, será possível deixar seus revestimentos sempre belos e limpos. Afinal, o que escolher: coifa, depurador ou exaustor? Na hora de escolher móveis para um apartamento pequeno, é preciso equipar a cozinha para que os vapores de gordura não impregnem nas paredes e revestimentos. Então, surge uma dúvida muito comum. Afinal, qual é a melhor opção: coifa, depurador ou exaustor? Para solucionar essa questão, você precisa conhecer bem cada um desses aparelhos. Por esse motivo, preparamos este post completo sobre o assunto. Ao final, você saberá avaliar quais são as suas necessidades e fazer a melhor escolha. Quer saber mais? Acompanhe!

Qual é a diferença entre coifa, depurador ou exaustor?

Muitas pessoas confundem bastante esses três aparelhos, visto que, aparentemente, eles apresentam o mesmo objetivo. No entanto, eles têm diferenças e você deve escolher a opção certa para evitar o acúmulo de gorduras e odores na sua cozinha.

Coifa

Na hora de equipar a cozinha do seu apartamento, não deixe de lado a aquisição de um aparelho para absorver gorduras. Assim, será possível deixar seus revestimentos sempre belos e limpos. Afinal, o que escolher: coifa, depurador ou exaustor? Na hora de escolher móveis para um apartamento pequeno, é preciso equipar a cozinha para que os vapores de gordura não impregnem nas paredes e revestimentos. Então, surge uma dúvida muito comum. Afinal, qual é a melhor opção: coifa, depurador ou exaustor? Para solucionar essa questão, você precisa conhecer bem cada um desses aparelhos. Por esse motivo, preparamos este post completo sobre o assunto. Ao final, você saberá avaliar quais são as suas necessidades e fazer a melhor escolha. Quer saber mais? Acompanhe!

Qual é a diferença entre coifa, depurador ou exaustor?

Muitas pessoas confundem bastante esses três aparelhos, visto que, aparentemente, eles apresentam o mesmo objetivo. No entanto, eles têm diferenças e você deve escolher a opção certa para evitar o acúmulo de gorduras e odores na sua cozinha.

Coifa

A coifa é uma estrutura que pode ser elétrica ou não. Você pode simplesmente instalar um coletor em cima do fogão, o qual terá uma conexão com o ambiente exterior por um ducto. A própria pressão do ar quente vai direcionar os gases para fora. No entanto, essa não é uma opção muito interessante, pois é ineficiente. Para driblar esse problema, é possível instalar sistemas de exaustão e de depuração na estrutura, individualmente ou em conjunto. Isso vai demandar o consumo de energia elétrica para que o motor funcione. A seguir, vamos explicar os dois modos das coifas.

Exaustão

A exaustão funciona como um ventilador que joga o ar no sentido contrário. O ventilador não joga o ar para frente das pás para refrescar o ambiente? O exaustores empurram o ar para trás da pá para tirar os ar sujo do cômodo. Por isso, é essencial uma conexão com o exterior por meio de um ducto. Assim, uma estrutura semelhante a um ventilador de hélices será instalada em uma saída de ar. Quando ele é ligado, o ar interno é sugado e direcionado para fora, eliminando os vapores do ambiente.

Depuração

Aqui, o equipamento também suga o ar, mas não é necessário fazer uma conexão com o lado de fora do apartamento. Em vez de ser jogado fora, o ar é filtrado por uma tela que absorve a gordura. Esse motor é muito semelhante ao de exaustão, mas não precisa de uma saída para o meio externo. As partículas vão ficar retidas em um filtro de alumínio com carvão ativado, que vai neutralizar os odores e reter a gordura. Essa é uma opção essencial para quem mora em imóveis de alvenaria, pois, neles, não é possível fazer nenhuma modificação na estrutura das paredes. Apesar da possibilidade de uso duplo, a recomendação é evitar utilizar as coifas para a depuração, visto que há aparelhos mais específicos para essa tarefa. Afinal, o filtro de carvão compromete a potência do motor, tornando-o menos eficiente em relação à vazão do ar. Consequentemente, a taxa de renovação será menor e você pode não conquistar os efeitos desejados. Além disso, o processo pode gerar bastante ruído — o que causa incômodo, especialmente em ambientes pequenos. Com tudo isso, entre as opções, a coifa é a mais versátil, pois serve tanto para a depuração quanto para a exaustão do ar. No entanto, ela não é igualmente eficiente para as duas tarefas.

Depurador

O depurador é um eletrodoméstico que não necessita de nenhuma conexão com o meio externo por meio de ductos. Todo o processo de renovação do ar é feito por meio da filtragem de partículas dispersas no ar. Além disso, para se adaptar aos ambientes internos de qualquer tipo de construção, ele apresenta um motor interno que não apresenta um conjunto de hélices potentes. Isso faz com que seja limitado em relação ao fluxo de ar que consegue renovar. Todavia os melhores equipamentos compensam essa desvantagem com a tecnologia avançada. Por exemplo, há mantas filtrantes com alta capacidade de atração e absorção de gordura — potencializando a ação do aparelho. Além disso, o uso de carvão ativado retira rapidamente os maus odores. Por essa razão, eles são suficientes para o uso residencial, em que a cozinha é utilizada apenas para o cozimento das refeições do dia a dia de poucas pessoas. No entanto, se você utiliza seu apartamento para produzir alimentos para o comércio, talvez seja melhor utilizar uma coifa ou um exaustor. Algumas vantagens são:
  • o excelente custo-benefício, pois as versões mais básicas custam entre R$200 e R$300;
  • ocupa pouco espaço na cozinha, pois há modelos muito compactos;
  • praticidade, pois, como não é necessário instalar um ducto de saída, há mais espaço livre. Muitas pessoas, inclusive, instalam móveis planejados sobre o depurador;
  • são silenciosos, pois os fabricantes investem bastante em tecnologias de isolamento acústico do motor;
  • são econômicos, uma vez que são eficientes energeticamente e podem ser ligados somente durante o preparo dos alimentos.
Mesmo assim, apresenta algumas desvantagens importantes. A principal delas é a necessidade de limpar ou trocar o filtro de gordura periodicamente. Há pessoas que se esquecem de trocar e, com isso, o aparelho se torna ineficaz. Além disso, é mais lento na renovação do ar, então não é capaz de absorver totalmente a fumaça de um alimento queimado, por exemplo.

Exaustor

A expressão "exaustor" geralmente é utilizada para as coifas que não apresentam a capacidade de depurar o ar do ambiente. Nesse sentido, elas não apresentam nenhum tipo de filtro e devem sempre estar conectadas com o meio externo. Sua ação é basicamente a mesma da coifa no modo de exaustão. As hélices ligadas ao motor vão criar um fluxo negativo de ar, direcionando-o do ambiente interno para o externo.

Qual é o aparelho mais indicado para apartamentos pequenos?

Não há uma resposta única para essa pergunta. Tudo depende das características do seu apartamento e do seu uso da cozinha. Em relação ao primeiro critério, você deve deverá observar:
  • a estrutura da construção: nos prédios de alvenaria, a sustentação das paredes é feita pelos próprios tijolos. Então, qualquer furo maior poderá comprometer a estabilidade acima. Se a sustentação for por meio de colunas, é possível furar as paredes de tijolos, mas jamais deve-se modificar os pilares;
  • o tamanho: uma coifa com ducto em um espaço pequeno pode comprometer toda a funcionalidade da cozinha. Afinal, para otimizar o uso dos espaços, é normal que sejam instalados armários suspensos.
Quanto ao seu uso, o principal ponto a ser avaliado é se você utiliza a cozinha para produzir alimentos comercialmente. Hoje em dia, é muito comum que as pessoas façam doces, salgados ou marmitas dentro do próprio apartamento em vez de alugar um espaço comercial. Nesse caso, como haverá o uso constante, o depurador pode não ser suficiente para lidar com a grande quantidade de resíduos liberados. Além disso, as versões vendidas para uso residencial não foram planejadas para o uso contínuo. Então, a vida útil do motor poderá ser reduzida. Diante de tudo isso, você precisará avaliar com cuidado a sua escolha por coifa, depurador ou exaustor. O primeiro passo é verificar se a estrutura do seu apartamento permite a execução de furos na parede. Depois disso, analise suas necessidades e verifique qual opção apresenta um melhor custo-benefício ou uma melhor funcionalidade para as suas atividades diárias. Quer aprender mais dicas para decorar e equipar um apartamento pequeno, com cerca de 40 m² de espaço livre? Então, confira este post completíssimo sobre o assunto!



Todos os direitos reservados Tenda 2019
CPNJ: 09.625.762/0001-58