Cadastre-se e fique
por dentro das novidades.





Otimizar espaços é algo essencial em tempos em que os imóveis têm medidas cada vez menores e, em contrapartida, precisam atender a um número maior de funções, indo além da moradia e servindo como home office, ateliê para pequenos empreendedores etc.

Sabe aquela história de que morar em "apertamentos" só é bom para quem passa o dia inteiro fora e utiliza o imóvel, basicamente, para dormir? Pois bem, trata-se de uma ideia ultrapassada, do tempo em que as pessoas mobiliavam os ambientes com os mesmos móveis usados em suas antigas casas. Para um apartamento pequeno ser confortável, prático e funcional, basta saber como otimizar espaços, sem deixá-los superlotados.

Se esse assunto interessa você, acompanhe este artigo e descubra como aproveitar cada cômodo ao máximo!

Por que investir em um melhor aproveitamento dos espaços?

A otimização da área útil em apartamentos com dimensões reduzidas é fundamental para o bom aproveitamento do imóvel, refletindo, consequentemente, na melhora da qualidade de vida de toda a família.

Assim, sobra mais espaço para ter animais de estimação, brincar com as crianças, montar uma mini-horta, receber visitas confortavelmente e, até mesmo, para trabalhar em casa — o que é cada vez mais comum.

Na prática, o lar passa a se prestar a muito mais funções do que apenas dormitório, fazendo, inclusive, com que os moradores economizem, ao trocar as saídas de fim de semana por momentos de curtição em casa, por exemplo.

Qual é o segredo para otimizar espaços em apartamentos?

Arquitetos e designers de interiores, frequentemente, usam estratégias que permitem o melhor aproveitamento de cada espaço, melhorando o dia a dia dos moradores de apartamentos pequenos.

Para saber como otimizar espaços, confira 5 dicas indispensáveis aprovadas pelos experts:

Integre os ambientes

Apartamentos modernos já vêm com a cozinha e as salas de jantar e estar integradas, mas algumas pessoas insistem em subir paredes.

Não caia nesse erro e aproveite para usar os ambientes de forma conjunta, com elementos decorativos que conversem entre si.

No máximo, crie um balcão entre a cozinha e as salas — o qual pode ser usado para preparar as refeições, com direito a cooktop, e fazer lanches rápidos.

Para aumentar a sensação de amplitude, deixe os cômodos integrados no mesmo nível — inclusive a varanda, caso tenha — e instale o mesmo tipo de piso.

Explore as paredes

Vale a pena colocar ganchos para pendurar bolsas, nichos para exibir pequenos objetos e prateleiras para armazenar livros, filmes, retratos e outros. Essas são só algumas formas de decorar as paredes de maneira mais funcional do que usá-las apenas para pendurar quadros.

Também é bacana tirar proveito do efeito visual proporcionado pelo uso de espelhos. É possível instalá-lo em uma superfície inteira — com posição estratégica, como ao fundo da mesa de jantar — ou usá-lo emoldurado, apenas encostado na parede.

Por fim, armários de quinas, que vão do chão ao teto, são ótimos para guardar objetos maiores em cantos antes sem utilidade, como panelas na cozinha, produtos de limpeza na lavanderia, sapatos no quarto, papéis higiênicos e toalhas no banheiro etc.

Verticalize a decoração

Se o pé-direito for alto o suficiente, considere fazer um mezanino. O quarto costuma ser o local mais indicado para construir esse patamar superior, que pode servir de cama. Já o espaço sob ele pode ser transformado em uma ampla estação de trabalho.

Para otimizar ainda mais o “loft”, aproveite também o vão sob a escada que leva ao mezanino: ele pode ser utilizado como armário para guardar itens de escritório ou material escolar.

Também é possível aproveitar os degraus da escada, transformando-os em gavetas embutidas ou usando os vãos como prateleiras para revistas.

Faça a maior parte da marcenaria planejada

marcenaria planejada é a principal responsável pela organização de apartamentos pequenos e funcionais.

Ela permite aproveitar todo o espaço vertical e os cantos, otimizando o uso de guarda-roupas nos dormitórios e de armários e gabinetes na cozinha.

Para melhorar, disponha organizadores para pequenos objetos dentro das gavetas e deixe os eletrodomésticos maiores, como o micro-ondas e o fogão, embutidos.

Já os móveis soltos devem ser, preferencialmente, baixos e/ou vazados, para não criar barreiras visuais e diminuir a sensação de espaço. Se tiverem portas, como aparadores, prefira as de correr.

Por outro lado, peças que ficam no meio do caminho, atrapalhando a circulação, como mesas de centro, devem ser evitadas.

Invista em bons itens multiúso

Por mais que você goste de receber, ter uma mesa de jantar de grande porte pode ser um problema no dia a dia. Prefira um modelo pequeno e extensível, que possa ser aberto apenas em ocasiões especiais.

O mesmo vale para o sofá-cama, que permite abrigar visitas por mais de um dia. Já para quem tem filhos, o uso de bicamas, beliches ou treliches no lugar da cama convencional é uma ótima saída para aumentar o número de leitos disponíveis.

Para completar, um banco com baú vai além da função de assento e permite guardar roupas de cama, brinquedos, mochilas e muito mais.

Como acertar nas dimensões dos móveis, eletrodomésticos e companhia?

A primeira providência é medir as áreas livres para cada item. Compre apenas quando tiver certeza de que os espaços são suficientes, lembrando-se de que os objetos é que devem se adaptar ao espaço disponível — não o contrário.

Por isso, por mais bem conservados que estejam, desapegue dos móveis antigos. Afinal, de nada adianta ser bonito e ficar atravancando o espaço. O mesmo vale para o excesso de roupas e calçados: se não usa mais, passe para a frente.

Uma boa dica é vender os itens que não se adéquam mais ao novo lar em brechós, locais em que também é possível encontrar alternativas com ótimo custo-benefício para substitui-los.

Assim, o mais importante é otimizar espaços para atender as necessidades e os desejos dos moradores. Com menos bagunça e mais organização, até a qualidade de vida melhora consideravelmente.

Agora que você já sabe como aproveitar melhor cada cantinho do seu imóvel, confira o nosso Guia prático para decorar um apartamento pequeno!

Envelopamento de geladeira: o que é e por que usar na decoração?

Envelopamento de geladeira: o que é e por que usar na decoração?

Dicas Decor Tenda

Quer inovar na decoração do seu apartamento novo? Já pensou em aderir ao envelopamento de geladeira? Essa é uma técnica que está sendo muito usada e pode ser uma ótima opção para deixar a sua cozinha ainda mais estilosa. Continue lendo nosso texto e confira o passo a passo!

Como utilizar espelhos na decoração de ambientes pequenos?

Como utilizar espelhos na decoração de ambientes pequenos?

Dicas Decor Tenda

O uso de espelhos na decoração de ambientes pequenos é uma ótima estratégia para ampliar e sofisticar o ambiente, aliando elementos funcionais a características que trazem muita personalidade ao apartamento. Não é novidade que os espelhos criam a ilusão de que os ambientes são mais amplos. Mas a técnica pode ser ainda mais bem aproveitada se você entender que ela vai além do que simplesmente colocar qualquer espelho em um lugar aleatório do cômodo. É conveniente planejar e decidir quais características do ambiente serão ressaltadas. Para ajudar você nesse processo, vamos explicar como esses objetos criam a impressão de amplitude, quais são as técnicas que geram esse efeito e como usar espelhos na decoração dos diversos cômodos da casa. Acompanhe!

Confira este checklist antes de comprar os móveis para apartamento

Confira este checklist antes de comprar os móveis para apartamento

Dicas Decor Tenda

Providenciar os móveis e a decoração para um apartamento pode ser uma tarefa exaustiva, especialmente quando não há planejamento prévio. Saiba como fazer um checklist para mobiliar os ambientes do seu lar.

Piso para apartamento: você sabe como escolher o ideal?

Piso para apartamento: você sabe como escolher o ideal?

Dicas Decor Tenda

A escolha do piso para apartamento vai além de combiná-lo com a decoração de cada cômodo. É preciso escolher o tipo adequado para cada ambiente e levar em conta fatores como conforto, segurança e atenuação de ruídos. Você sabe como escolher piso para apartamento? Conhece os diversos tipos de pisos disponíveis no mercado e sabe qual é o mais adequado para cada ambiente? É importante que o piso harmonize com a decoração — ele pode até mesmo ser o protagonista da composição. Mas esse não é o único ponto a considerar. Por isso, criamos este post para explicar qual é a importância de fazer a escolha correta, o que deve ser levado em consideração nesse processo e como utilizar os principais tipos de pisos. Confira!

Nada de pânico: 8 dicas para ajudar você a mudar para o apartamento

Nada de pânico: 8 dicas para ajudar você a mudar para o apartamento

Dicas Decor Tenda

Antes de começar a encaixotar os pertences, saiba que mudar para apartamento exige alguns preparativos para que o novo lar se torne prático e confortável — mesmo quando sua metragem, comparada ao anterior, for consideravelmente reduzida. Quando chega a hora de organizar a ida para a casa própria, a alegria de se livrar do aluguel, ou da casa de algum parente, só não é maior por conta da ansiedade. Além da preocupação se o novo lar será suficientemente espaçoso para a família, há dilemas como saber o que levar, como embalar objetos, quais são as normas do condomínio para receber a mudança etc. Para facilitar o processo e acabar com as dúvidas, confira oito dicas sobre como se mudar para apartamento sem estresse nem aperto!

Tamanho não é documento! Aprenda a decorar um banheiro pequeno com estilo!

Tamanho não é documento! Aprenda a decorar um banheiro pequeno com estilo!

Dicas Decor Tenda

Descubra como decorar um banheiro pequeno com bom gosto e dê mais charme ao ambiente!
Todos os direitos reservados Tenda
CPNJ: 09.625.762/0001-58