Cadastre-se e fique
por dentro das novidades.





Está montando sua casa, mas tem dúvidas sobre como fazer isso sem dor de cabeça? Continue lendo e confira nossas dicas incríveis sobre reforma e decoração!


Pensar na decoração e mobília na hora de montar uma casa não é uma questão de luxo, mas um investimento em bem-estar e qualidade de vida que faz toda a diferença na composição dos ambientes de um imóvel.

A possibilidade de decoração vai depender muito do modo como o ambiente foi planejado. Além disso, ao montar uma casa, espera-se que o imóvel satisfaça as necessidades dos seus futuros moradores, seja adequado ao tamanho da família e aos aspectos práticos da vida cotidiana, aliando, sempre, conforto e bem-estar.

É por isso que a reforma e a decoração de uma casa são processos que se complementam e afetam, diretamente, a qualidade de vida dos seus moradores.

Porém, as variadas opções e multiplicidade de estilos e formas, tanto da decoração quanto da mobília, podem tornar esse processo uma fonte de ansiedade, indecisão e estresse. Portanto, antes e começar uma reforma em casa é necessário um projeto prévio que satisfaça sua família e represente o desejo final de todos.

No post de hoje mostraremos como um bom planejamento e alguns cuidados facilitam (e muito!) todas as etapas da reforma e decoração da sua casa. Vamos lá?

Invista em um bom projeto de iluminação

A iluminação é o aspecto principal a ser pensado, tanto no momento da reforma — a partir de maneiras de aproveitar as luzes naturais — quanto na parte da decoração, com luzes artificiais, como lâmpadas e abajures. Isso porque um bom projeto de iluminação é capaz de transformar qualquer ambiente, valorizando, ainda mais, o espaço.

Além disso, a iluminação pode mudar a sua percepção de um ambiente. Por exemplo, a iluminação de um escritório deve favorecer o foco. Nesse caso, é necessário que o espaço seja muito bem iluminado, com ofertas de iluminações diferentes, como: luminárias, luzes de LED e lustres.

Já a sala, sala de jantar e, principalmente, os quartos, devem ser ambientes mais confortáveis e acolhedores, com uma iluminação mais suave. Para criar a sensação de conforto nesses cômodos, o ideal é optar por lâmpadas de temperatura quente e mais amareladas.

Por fim, cozinha e banheiro pedem uma luminosidade mais intensa, para dar a sensação de espaço mais funcional. 

Escolha móveis que otimizem os espaços

Os móveis fazem parte da decoração e devem ser pensados de acordo com as medidas e estruturas da casa. Atualmente, a tendência para os móveis é a opção dos planejados, que aproveitam totalmente os espaços. Isso acontece por causa do tamanho dos apartamentos, que estão mais compactos.

Mas não se preocupe! Existem várias maneiras de aproveitar bem o espaço, sem perder conforto e qualidade.

Escolha móveis que otimizem o espaço, como camas e sofás retráteis. Dê preferência por estantes e móveis embutidos na parede para colocar a TV, use mesas laterais — e evite mesas de centro —     e escolha objetos que podem cumprir mais de uma função ao mesmo tempo.

Tenha cuidado ao escolher a estampa do papel de parede

O papel de parede deve ser usado com moderação. O ideal é que ele seja aplicado em uma das paredes do cômodo e, de preferência, que essa parede seja a menor e tenha uma janela. Assim, fica mais fácil não exagerar.

É importante, também, manter o equilíbrio de informações, sem que o papel de parede comece a competir com os móveis e detalhes do cômodo. Harmonize o traço e a cor do papel de parede e pense na funcionalidade que ele pode ter.

Mantenha os cômodos organizados

Um espaço organizado, com cada coisa em seu lugar, favorece a decoração e a sensação de conforto. Uma casa organizada é esteticamente mais bonita e mais funcional.

Por isso, invista em móveis planejados. Incorpore armários e estantes na cozinha e, nos quartos, planeje um armário que caiba todas as suas coisas, desde roupas a objetos pessoais.

Desse modo, a decoração vai se sobressair. Aquele tapete no chão do quarto, uma planta na janela ou um quadro em sua parede terá muito mais destaque se o ambiente não estiver poluído pela bagunça.

Escolha as cores dos cômodos de acordo com a sua funcionalidade

As cores, assim como a iluminação, provocam sensações variadas no nosso sistema nervoso — podem alterar e influenciar nosso humor e o modo como percebemos um ambiente.

Então, não use cores vibrantes em excesso, pois você pode perder o clima de calmaria e tranquilidade do ambiente. Tons pastel deixam cômodos, como quartos e home office, mais confortáveis. Assim, você tem a liberdade de usar cores mais vibrantes em uma parede da sala, por exemplo.

Pense nos detalhes

Os detalhes na decoração da casa remetem à personalidade dos seus moradores. Alguns móveis, enfeites, acessórios e cores escolhidos fazem com que um ambiente que poderia ser impessoal tenha a sua cara e seu jeito de ser.

Esses detalhes fazem com que a sua casa se torne mais agradável e aconchegante, tanto para você, que vive no local, quanto para suas visitas.

Faça um orçamento e se prepare para gastar mais

Mesmo incluindo e orçando todos os gastos, desde os materiais de construção até os detalhes, é natural que o gasto real seja maior. Reformas e obras acabam gastando mais do que o planejado, pois o orçamento pode falhar, algum material pode quebrar e falhas podem acontecer. Por isso, o mais indicado é que você tenha um dinheiro separado para esses imprevistos.

Considere o futuro

Se empenhar em um projeto de reforma e decoração de uma casa dá trabalho e, todo esse trabalho só faz sentido se você não pretende se mudar em poucos anos. Algumas reformas saem muito caras e o novo comprador da casa pode não valorizar.

Além disso, você terá pensado na mobília e nas dimensões ideais para esse ambiente, e pode ser que transpor para outro lugar não fique tão legal. Como já apontamos, reforma e decoração são partes do mesmo processo.

comece a se planejar

Agora que você já sabe das dicas de como montar uma casa e dos procedimentos que deve evitar, já é hora de começar o planejamento. Comece esboçando suas ideias e reunindo sua família.

Pense como os espaços do imóvel serão usados e como a mudança afetará, de forma positiva, a vida de todos. Depois disso, é hora de buscar profissionais apropriados e que já fizeram uma reforma parecida com a que você deseja. Por exemplo, se você quer reformar seu apartamento e ele faz parte de uma construção antiga, o mais indicado é buscar profissões com experiência nesse tipo de obra.

Outra boa dica é usar a experiência de pessoas que fizeram reformas e que chamaram sua atenção. Pergunte a elas o que mais gostaram depois da mudança, o que se arrependeram de fazer ou se algo gastou muito mais dinheiro do que deveria.

Gostou do nosso post sobre como montar uma casa? Agora que você já está por dentro das dicas de reforma e decoração, aprenda mais sobre como aproveitar o espaço de um apartamento pequeno.

Erros em decoração: não cometa estes 7 maiores erros

Erros em decoração: não cometa estes 7 maiores erros

Dicas Decor Tenda

Quem não adora pensar em formas diferentes e criativas de encher o lar de personalidade e estilo? Entretanto, é fácil se empolgar e cometer erros que podem resultar no efeito contrário ao que você deseja. Saiba mais:

Plantas que não precisam de luz: 7 plantas para colocar no apartamento

Plantas que não precisam de luz: 7 plantas para colocar no apartamento

Dicas Decor Tenda

O que acha de escolher plantas que não precisam de luz para decorar aquele cantinho especial dentro do seu apartamento? Confira nossas sugestões!

Veja 18 dicas incríveis de decoração de apartamento pequeno e simples

Veja 18 dicas incríveis de decoração de apartamento pequeno e simples

Dicas Decor Tenda

O que acha de escolher plantas que não precisam de luz para decorar aquele cantinho especial dentro do seu apartamento? Confira nossas sugestões!

Bricolagem: arte de personalizar a decoração da sua casa

Bricolagem: arte de personalizar a decoração da sua casa

Dicas Decor Tenda

Você já ouviu falar em bricolagem? A verdade é que provavelmente sim, mas talvez não tenha sido com esse nome. Isso porque, atualmente, essa prática é mais conhecida como “Faça Você Mesmo”. Sim, o texto de hoje é sobre a famosa arte do "Do It Yourself", ou DIY, que encontramos tanto pelas redes sociais!

Urban jungle: descubra como fazer uma floresta em seu apartamento

Urban jungle: descubra como fazer uma floresta em seu apartamento

Dicas Decor Tenda

Você já ouviu falar em urban jungle? Na tentativa de trazer mais verde para a vida da cidade grande, essa tem sido uma forte tendência entre decoradores, paisagistas e designers de interiores.
Todos os direitos reservados Tenda
CPNJ: 09.625.762/0001-58