Cadastre-se e fique
por dentro das novidades.





Escolher a cortina ideal para a sua casa pode parecer fácil, mas é uma tarefa que merece atenção. Quer saber como fazer uma boa escolha? Leia o nosso post! A cortina é um adorno importante para a decoração e pode dar um ar completamente diferente ao seu cômodo. Mas como escolher uma cortina para casa?


À primeira vista, isso pode parecer uma tarefa simples, mas são muitos os elementos que devem ser considerados na hora de tomar essa decisão. Afinal, é preciso pensar na praticidade, na decoração e, claro, no seu próprio estilo para chegar ao resultado mais adequado.

Para ajudar, separamos algumas dicas valiosas neste post! Quer conferir? É só vir com a gente!

Leve em conta as necessidade e a funcionalidade

O primeiro passo para escolher uma cortina para casa é identificar as suas reais necessidades e a funcionalidade que esse item terá. Você quer uma cortina para, por exemplo, proporcionar privacidade, controlar a luminosidade, decorar o seu espaço ou todas essas opções?

A partir desse tipo de análise, se torna bem mais fácil decidir qual é o melhor modelo, tecido e por aí vai. Além disso, também é importante pensar em fatores como a praticidade. Um material e um sistema de instalação que facilitem a retirada e o manuseio dessa peça são alguns detalhes que fazem toda a diferença.

Considere a localização da janela

Outro fator essencial a se levar em conta é a localização da janela para a qual você está escolhendo a cortina. Se ela for virada para a rua, por exemplo, pode ser uma boa ideia que a peça garanta mais privacidade, conseguindo tapar da visão de quem está de fora.

Uma boa alternativa para casos como esse é a utilização de dois tecidos que funcionem separadamente, sendo um mais leve e um mais opaco. Assim, você pode fechar apenas um deles quando quiser a entrada da luz natural e fechar os dois quando quiser privacidade.

Defina o tamanho da cortina

Quanto ao tamanho, uma dica é que as cortinas curtas sejam utilizadas, principalmente, nos quartos das crianças, para acompanhar a leveza e a descontração desse ambiente. Além disso, outra situação em que elas são recomendadas é quando há algum móvel ou bancada embaixo da janela, para que a estética e a funcionalidade não sejam afetadas.

Algo que costuma gerar muitas dúvidas é se a cortina deve ou não chegar até o teto. A resposta é: sim, isso é recomendável, desde que a diferença entre o teto e a janela seja de até 30 cm.

Pense bem na cor

Não há nenhum problema em usar cortina colorida ou estampada, desde que não prejudique o seu conforto visual ou a decoração do restante do cômodo. Por esse motivo, é importante ter atenção com alguns detalhes.

Cortinas em tons intensos ou escuros costumam reter mais calor, o que deixa o ambiente mais quente e abafado. Além disso, elas desbotam com maior facilidade no contato com a luz do sol. Dessa forma, e uma boa recomendação evitar essas tonalidades em locais em que a incidência solar é muito forte.

Escolha o tecido mais adequado

São muitas as opções de tecidos de cortinas para escolher. Para tomar uma decisão, é importante considerar diferentes fatores, como o estilo, a funcionalidade e a praticidade.

Se você for lavar essa peça na sua casa, uma opção é decidir por tecidos 100% sintéticos. Afinal, outros materiais podem ser de lavagem mais difícil ou, ainda, precisarem ser levados a lavanderias. É importante verificar, também, se o tecido é pré-lavado ou se tem uma porcentagem de encolhimento para evitar uma surpresa desagradável depois.

Independentemente do tecido, para diferentes modelos de cortina a utilização de um forro é uma ótima ideia. Afinal, ele ajuda a bloquear a luz solar e já serve como certa proteção para a peça.

Pense nas particularidades do ambiente

O cômodo em que a cortina vai ficar também faz toda a diferença. Afinal, isso influencia no estilo e no material mais recomendado para a peça. Nos banheiros, por exemplo, é importante evitar os modelos de tecido, pois elas podem acabar mofando com a umidade. Nesse ambiente, o mais indicado é o uso de persianas feitas em PVC.

É fundamental, ainda, ter cuidado com a escolha da cortina da cozinha, pois esse é um local em que pode haver fumaça e umidade, entre outros elementos. Outro ponto de atenção é verificar se ela acumula muita poeira, o que também pode ser prejudicial.  

Para finalizar este tópico, fica a dica de que cortinas em tons mais claros ou transparentes ajudam a criar a sensação de amplitude em um cômodo pequeno. Além disso, as persianas são boas opções, pois contribuem para aproveitar o espaço e facilitar a circulação.

Leve em conta a decoração do cômodo

Uma boa prática de decoração é deixar para escolher a cortina por último, depois de já ter definido os outros elementos e o estilo do seu cômodo. Isso ajuda a evitar que essa peça destoe ou que crie um contraste desagradável com o resto do ambiente.

As cortinas em cores neutras permitem que você tenha mais liberdade para alterar a decoração posteriormente. Por outro lado, se você optar por tons mais fortes ou por estampas e texturas, tudo bem! Isso também dá um toque bem especial ao ambiente. Só é preciso ter cuidado para criar harmonia com as outras cores e elementos ali presentes.

Outra dica valiosa é evitar a monotonia visual, que pode ocorrer quando há muitos elementos com a mesma cor em destaque. Isso pode ser facilmente resolvido com almofadas e outros itens estampados, além de uma iluminação adequada.

Para escolher o seu modelo de cortina, é preciso considerar também o seu estilo. As peças que levam rendas e tons pastel, por exemplo, combinam com um visual romântico, enquanto outras estampas e transparências podem levar tanto a estilos despojados quanto modernos.

Com essas dicas, fica bem mais fácil fazer uma escolha adequada e que caia bem na sua casa, você não acha? Esperamos que tenha gostado!

Não se esqueça de deixar um comentário contando o que você mais gostou nas nossas ideias para escolher uma cortina para casa!

Bricolagem: arte de personalizar a decoração da sua casa

Bricolagem: arte de personalizar a decoração da sua casa

Dicas Decor Tenda

Você já ouviu falar em bricolagem? A verdade é que provavelmente sim, mas talvez não tenha sido com esse nome. Isso porque, atualmente, essa prática é mais conhecida como “Faça Você Mesmo”. Sim, o texto de hoje é sobre a famosa arte do "Do It Yourself", ou DIY, que encontramos tanto pelas redes sociais!

Urban jungle: descubra como fazer uma floresta em seu apartamento

Urban jungle: descubra como fazer uma floresta em seu apartamento

Dicas Decor Tenda

Você já ouviu falar em urban jungle? Na tentativa de trazer mais verde para a vida da cidade grande, essa tem sido uma forte tendência entre decoradores, paisagistas e designers de interiores.

Decoração 2019: quais são as tendências para este ano?

Decoração 2019: quais são as tendências para este ano?

Dicas Decor Tenda

Quer ficar por dentro das tendências de decoração para 2019? Então, este post é para você. Continue lendo e confira!

Como proteger a casa: 10 cuidados que você deve ter antes de viajar

Como proteger a casa: 10 cuidados que você deve ter antes de viajar

Dicas Decor Tenda

Depois de meses de planejamento, o esperado período de férias está chegando. Pronto para aproveitar ao máximo e recarregar as energias? Antes de fechar as malas, porém, trate de proteger sua casa!

Decoração de carnaval: 12 dicas para preparar a casa para a festa

Decoração de carnaval: 12 dicas para preparar a casa para a festa

Dicas Decor Tenda

Você já tem planos para o Carnaval? Seja qual for seu jeito de comemorar, deixar a casa preparada para a folia é sempre uma ótima ideia. Confira nossas dicas para criar uma linda decoração de Carnaval!

9 aplicativos de decoração para transformar a sua casa

9 aplicativos de decoração para transformar a sua casa

Dicas Decor Tenda

Está decorando seu apartamento e quer ajudar? Este post é para você: leia e confira 9 aplicativos de decoração para transformar a sua casa!
Todos os direitos reservados Tenda
CPNJ: 09.625.762/0001-58