Cadastre-se e fique
por dentro das novidades.





Um apartamento pequeno reflete o estilo de vida moderno, caracterizando-se por ser um imóvel com metragem enxuta, ambientes integrados e menor custo — tanto em relação ao valor da compra quanto no que diz respeito aos futuros gastos com manutenção.

Como já diz o ditado, tamanho não é documento — e isso também vale no que diz respeito às possibilidades de uso de um apartamento pequeno. Pode acreditar: as vantagens de imóveis menores vão muito além dos preços atrativos. O segredo para o melhor aproveitamento do espaço está em organizá-lo de maneira prática e decorá-lo com itens funcionais.

Quer saber como explorar cada cantinho do seu lar? Acompanhe este artigo e confira!

 

Por que imóveis menores viraram tendência?

Em média, 40 m² são mais do que suficientes para se viver bem. Esse tipo de imóvel atrai, principalmente, solteiros e jovens recém-casados, que passam a maior parte do tempo realizando atividades fora do lar. Ao mesmo tempo, esses imóveis têm caído também no gosto de pessoas com outros perfis, como aposentados cujos filhos já saíram de casa.

Vale destacar que, além dos valores mais acessíveis, os ambientes compactos não permitem acúmulos e bagunças, o que facilita na hora da limpeza e da organização. Assim, sobra mais tempo para os moradores aproveitarem o dia a dia!

Como decorar e organizar um apartamento pequeno?

Para que um imóvel atenda aos desejos e necessidades dos seus moradores, independentemente do quanto suas medidas sejam enxutas, é preciso fazer um planejamento de cada ambiente. Confira, abaixo, 7 dicas que fazem a diferença:

Eleja um estilo de decoração

Apartamentos pequenos combinam com decorações clean. Hoje em dia, destacam-se o minimalismo escandinavo, a modernidade industrial, a leveza de inspiração praiana, entre outros.

Para se decidir, veja referências em revistas e blogs de decoração, considere seu gosto pessoal e eleja a que tenha mais a ver com você.

Ter um estilo em mente ajuda a manter o foco e evitar exageros, além de facilitar na hora de combinar os móveis e objetos nos ambientes.

Deixe os cômodos integrados

Não cometa o erro de criar divisórias em cômodos integrados — uma característica de imóveis modernos. Existem estratégias mais inteligentes para momentos em que é necessário “isolar” um determinado ambiente.

Por exemplo: uma porta de correr com vidro jateado pode esconder a lavanderia em dias de varal cheio; uma coifa pode absorver o cheiro do preparo dos alimentos na cozinha, evitando que o odor se espalhe por todo o apartamento; etc.

Valorize a iluminação dos ambientes

Para tirar proveito da luminosidade natural — uma aliada para ampliar e trazer vida aos ambientes ­—, deixe as janelas desobstruídas. A privacidade fica por conta de cortinas ou persianas claras e com tecido anti-UV, para não “queimar” os móveis.

Ao escurecer, cabe ao projeto de iluminação artificial favorecer cada setor. Em espaços integrados, escolha um único tom para as lâmpadas. As frias (brancas) são mais indicadas, por conta dos preparos na cozinha.

Se desejar dar um clima intimista, use lâmpadas quentes (amareladas) na arandela instalada ao lado da cama (que ocupa menos espaço do que um abajur) e no pendente (menor do que um lustre cheio de penduricalhos) sobre a mesa de jantar.

Escolha cores mais neutras

ons neutros ajudam a ampliar os ambientes e devem ser priorizados nos pisos, azulejos e na pintura das paredes principais.

Por outro lado, o uso de um papel de parede (em uma estampa complementar à cor-base do lar) é uma boa estratégia para decorar um ambiente, como o quarto das crianças, sem perder nenhum centímetro de área útil.

Já os toques de cores mais intensas não são proibidos, mas devem ser pontuais. Reserve-os para almofadas, quadros e alguns objetos decorativos — de preferência, peças que mostrem sua personalidade.

Coloque espelhos em locais estratégicos

O uso de espelhos é um truque clássico para aumentar a impressão de amplitude nos ambientes. Eles podem ser instalados tanto na parede inteira quanto em uma faixa ampla, seja na vertical ou horizontal.

Na sala, vale a pena colocá-los no fundo da mesa de jantar; já nos quartos, ficam ótimos nas portas dos guarda-roupas ou acima das cabeceiras das camas.

Explore os espaços verticais

Invista em nichos e prateleiras para explorar o espaço existente nas paredes, que servem de suporte para livros, CDs, DVDs etc.

Se optar por uma estante, prefira modelos com estruturas metálicas, por serem mais finas e leves, dando impressão de amplitude.

A técnica de exploração das paredes permite, inclusive, ter um jardim ou uma horta dentro do apartamento. Basta fazer o cultivo vertical das espécies, instalando-as em um local com boa ventilação e luminosidade natural.

Aposte em móveis planejados, minimalistas e multifuncionais

Uma cama de casal modelo box é ótima para guardar as roupas de cama e banho e abrir mais espaço no guarda-roupa. E por falar nisso, o armário deve ter portas de correr e aproveitar todo o pé-direito.

No quarto das crianças, a cama pode ter gavetões para guardar brinquedos. Já para quem costuma receber visitas, vale a pena investir em um beliche ou sofá-cama.

Além disso, existem mesas de embutir ou expansíveis, que são abertas apenas na hora de usá-las, seja para fazer refeições, trabalhar ou estudar, poupando espaço nos outros momentos do dia.

O uso de organizadores em gavetas e atrás das portas também facilita o armazenamento de utensílios e pequenos objetos. Por outro lado, evite móveis pouco úteis e que atrapalham a passagem, como mesinhas de centro.

Como ter sucesso na escolha da decoração?

O mais importante para acertar na decoração é não esquecer de tirar todas as medidas antes de comprar os móveis, assim como os eletrodomésticos. Por fim, evite excessos e lembre-se de que menos é mais!

Viu só como é possível aproveitar cada cantinho e viver muito bem em um apartamento pequeno? Com soluções funcionais e uma dose extra de criatividade, o lar se torna mais organizado, confortável e fácil de cuidar! Isso sem contar a consequente economia de tempo e dinheiro. Tem coisa melhor?

Se você gostou deste artigo, aproveite para seguir a Tenda nas Redes Sociais e acompanhar essa e outras dicas!

Envelopamento de geladeira: o que é e por que usar na decoração?

Envelopamento de geladeira: o que é e por que usar na decoração?

Dicas Decor Tenda

Quer inovar na decoração do seu apartamento novo? Já pensou em aderir ao envelopamento de geladeira? Essa é uma técnica que está sendo muito usada e pode ser uma ótima opção para deixar a sua cozinha ainda mais estilosa. Continue lendo nosso texto e confira o passo a passo!

Como utilizar espelhos na decoração de ambientes pequenos?

Como utilizar espelhos na decoração de ambientes pequenos?

Dicas Decor Tenda

O uso de espelhos na decoração de ambientes pequenos é uma ótima estratégia para ampliar e sofisticar o ambiente, aliando elementos funcionais a características que trazem muita personalidade ao apartamento. Não é novidade que os espelhos criam a ilusão de que os ambientes são mais amplos. Mas a técnica pode ser ainda mais bem aproveitada se você entender que ela vai além do que simplesmente colocar qualquer espelho em um lugar aleatório do cômodo. É conveniente planejar e decidir quais características do ambiente serão ressaltadas. Para ajudar você nesse processo, vamos explicar como esses objetos criam a impressão de amplitude, quais são as técnicas que geram esse efeito e como usar espelhos na decoração dos diversos cômodos da casa. Acompanhe!

Confira este checklist antes de comprar os móveis para apartamento

Confira este checklist antes de comprar os móveis para apartamento

Dicas Decor Tenda

Providenciar os móveis e a decoração para um apartamento pode ser uma tarefa exaustiva, especialmente quando não há planejamento prévio. Saiba como fazer um checklist para mobiliar os ambientes do seu lar.

Piso para apartamento: você sabe como escolher o ideal?

Piso para apartamento: você sabe como escolher o ideal?

Dicas Decor Tenda

A escolha do piso para apartamento vai além de combiná-lo com a decoração de cada cômodo. É preciso escolher o tipo adequado para cada ambiente e levar em conta fatores como conforto, segurança e atenuação de ruídos. Você sabe como escolher piso para apartamento? Conhece os diversos tipos de pisos disponíveis no mercado e sabe qual é o mais adequado para cada ambiente? É importante que o piso harmonize com a decoração — ele pode até mesmo ser o protagonista da composição. Mas esse não é o único ponto a considerar. Por isso, criamos este post para explicar qual é a importância de fazer a escolha correta, o que deve ser levado em consideração nesse processo e como utilizar os principais tipos de pisos. Confira!

Nada de pânico: 8 dicas para ajudar você a mudar para o apartamento

Nada de pânico: 8 dicas para ajudar você a mudar para o apartamento

Dicas Decor Tenda

Antes de começar a encaixotar os pertences, saiba que mudar para apartamento exige alguns preparativos para que o novo lar se torne prático e confortável — mesmo quando sua metragem, comparada ao anterior, for consideravelmente reduzida. Quando chega a hora de organizar a ida para a casa própria, a alegria de se livrar do aluguel, ou da casa de algum parente, só não é maior por conta da ansiedade. Além da preocupação se o novo lar será suficientemente espaçoso para a família, há dilemas como saber o que levar, como embalar objetos, quais são as normas do condomínio para receber a mudança etc. Para facilitar o processo e acabar com as dúvidas, confira oito dicas sobre como se mudar para apartamento sem estresse nem aperto!

Tamanho não é documento! Aprenda a decorar um banheiro pequeno com estilo!

Tamanho não é documento! Aprenda a decorar um banheiro pequeno com estilo!

Dicas Decor Tenda

Descubra como decorar um banheiro pequeno com bom gosto e dê mais charme ao ambiente!
Todos os direitos reservados Tenda
CPNJ: 09.625.762/0001-58